LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

A união faz a força! TIM e Vivo compartilharão rede celular em 2.7 mil cidades

20 de dezembro de 2019 3

As operadoras TIM e Vivo anunciaram ontem ao mercado o fechamento de dois contratos para o compartilhamento de redes celular, concluindo assim uma negociação que demorou quase 5 meses para acontecer.

Graças a essa parceria, ambas começarão a dividir a cobertura 2G e criar redes unificadas (chamadas de single grid) de 3G e 4G em cidades com menos de 30 mil habitantes, permitindo assim a ambas economizar recursos e ampliar a disponibilidade de sinal e dando maior suporte a clientes de ambas as operadoras.

Segundo comunicado enviado pelas empresas à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a expectativa é que 400 novas cidades serão cobertas já no primeiro ano de contrato, revelando assim o potencial de benefícios atrelado ao acordo.

Um dos principais pontos citados nos contratos é diretamente relacionado à criação da rede unificada baseada em tecnologia 2G com potencial para atender 2.7 mil cidades, havendo o desligamento das estações que podem gerar sobreposição, além de liberar o espectro para que seja utilizado em novas tecnologias.

Já no que tange às tecnologias mais recentes (ou seja 3G e 4G), a proposta é que ambas trabalhem juntas em cidades que contam com menos de 30 mil habitantes, podendo ser realizado de duas formas: caso uma delas já opere, o sinal poderá ser utilizado pela outra ou caso ambas operem, uma seja desligada para posterior compartilhamento da outra.

Graças ao acordo entre as operadoras, a tendência é que a disponibilidade atenda a mais usuários

Com isso, ambas as operadoras terão obrigações e movimentações equivalentes em ambos os casos, ou seja, quando houver ampliação de regiões, ambas farão na mesma quantidade e, caso ocorra o desligamento, o bolo de cidades será dividido ao meio também.

Cabe observar que, mesmo tendo ocorrido o acordo entre as duas, ainda é necessário que o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprove a negociação, algo que segundo as operadoras não deve ser problema tendo em vista que ambas manterão autonomia comercial e gestão de clientes de forma independente, não figurando uma unificação de empresas.

E aí, o que você achou da ideia das operadoras de trabalhar em conjunto para aumentar a rede? Conta pra gente nos comentários!


3

Comentários

A união faz a força! TIM e Vivo compartilharão rede celular em 2.7 mil cidades
Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Janeiro 2020

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular