LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Não é só Claro e Nextel! Fusão entre T-Mobile e Sprint é aprovada judicialmente nos EUA

12 de fevereiro de 2020 0

Fusões entre operadoras não são uma exclusividade do mercado brasileiro. Enquanto por aqui Claro e Nextel acertaram no final do ano o acordo de união entre as duas empresas após aprovação pelo Cade, nos Estados Unidos, duas das maiores operadoras estão em negociação.

Por lá, T-Mobile e Sprint haviam selado um acordo, que foi interrompido após apelação de um grupo de estados, liberados por senadores da Califórnia e de Nova Iorque. Contudo, de acordo com a agência Reuters, o juiz federal Victor Marrero, do Tribunal Distrital dos EUA, aprovou a compra da operadora. A fusão já havia sido aprovada pela FCC, autarquia federal que exerce o mesmo papel da Anatel no Brasil, regulando as telecomunicações no país.

Na sentença, o juiz rejeita o argumento de que a operação violaria as leis antitruste e aumentaria o preço final para o consumidor.

As empresas realizaram testes em dezembro e, na ocasião, disseram que uma joint venture ajudaria as companhias a desafiarem Verizon e AT&T, tornado a marca fundida a terceira principal operadora do país, com preços competitivos e velocidade de internet.

No caso da fusão, a união significou também uma convergência de espectro e uma oportunidade para o futuro, já que unir a banda baixa da T-Mobile e a banda média da Sprint permitirá uma implementação mais rápida do 5G.


Quem se opôs ao acordo tentou contra-argumentar dizendo que a operação reduziria a concorrência e levaria a perda de empregos. Para o senador Richard Blumental, a fusão criará "outro gigante das telecomunicações em um mercado já perigosamente consolidado".

Contudo, os argumentos não foram suficientes e o negócio, que gira em torno de US$ 26 bilhões, prosseguiu com a aprovação do juiz, que não vê evidências suficientes de acordo para aumentar preços ou diminuir a qualidade do serviço. Com isso, a tendência é que a decisão final seja tomada em julho deste ano, embora senadores prometam lutar e apelar contra a decisão.


0

Comentários

Não é só Claro e Nextel! Fusão entre T-Mobile e Sprint é aprovada judicialmente nos EUA
Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Fevereiro 2020

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular