LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus: novas restrições são aplicadas após nova onda de casos na Coreia do Sul

23 de junho de 2020 0

O coronavírus está se espalhando cada vez mais em todo o mundo, entretanto, a Coreia do Sul já havia noticiado que teria acabado com o surto da doença. Entretanto, apesar de novas vacinas estarem sendo desenvolvidas, incluindo uma de Oxford que já está sendo testada no Brasil, nenhum local está 100% imune a pandemia e, por conta disso, novos casos surgiram no país asiático.

Somente nas últimas 24 horas a Coreia do Sul registrou 17 novos casos em grupos de grandes escritórios e armazéns, o que é muito preocupante, afinal, infelizmente eles não devem ser os únicos infectados nestes grupos de trabalhadores. Isso levou Jung Eun-kyeong, chefe do Centro de Controle de Doenças da Coreia (KCDC), a concluir que o país está entrando na segunda onda de contágio.

A primeira onda, segundo Jung, ocorreu até o final de abril e desde maio o número de casos foi subindo novamente. Durante alguns dias foi até registrada uma queda imensa na quantidade de novos casos, de mil para zero por três dias seguidos, entretanto isso parece estar prestes a mudar.

Segundo o chefe do KCDC, o centro dos novos casos está localizado em Seul e a pandemia deve perdurar por meses. Diante disso, Daejeon ao sul da capital, já está adotando medidas de restrição para reuniões em público e até mesmo enrijecimento do distanciamento social novamente, de acordo com o prefeito.

As medidas mais rígidas só seriam tomadas caso o número de infectados ultrapassasse 30 em 3 dias e mais de 70% dos leitos hospitalares fosse ocupada.


No total, a Coreia do Sul já contabilizou com mais de 12 mil infectados desde janeiro, 280 pessoas já faleceram por conta da COVID-19 e estatísticas apontam que atualmente há 1.277 casos ativos da doença no país.

Apesar disso, tudo indica que a Coreia do Sul não deve adotar as medidas de lockdown, mas sim medidas para distanciamento social seguidas por rastreamento de contato com medidas de acompanhamento e testes para identificar infectados e novos possíveis surtos e também o próprio coronavírus.


0

Comentários

Coronavírus: novas restrições são aplicadas após nova onda de casos na Coreia do Sul
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 65.487 mortes em 1.623.284 casos confirmados | Relatório diário

Google

Nearby Share: "AirDrop do Google" começa a chegar aos usuários Android em versão beta

Apple

Agora tem widgets? iOS 14 e todas as suas novidades | Hands-on em vídeo

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Junho 2020