LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Apple se recupera mais rápido e vendas do iPhone crescem 225% na China

29 de julho de 2020 19

Por mais que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) tenha reduzido a demanda por smartphones, o mercado chinês começa a retomar seu ritmo normal de crescimento. Isso foi observado nos últimos relatórios publicados pelas principais empresas de análise.

Nesta semana, a Counterpoint Research divulgou que a Huawei continua líder no mercado de smartphones da China. Contudo, o que realmente chamou a atenção foi o desempenho da Apple. Isso porque a gigante de Cupertino vendeu cerca de 13 milhões de iPhones no segundo trimestre deste ano.

Quando comparamos esse número com o resultado do primeiro trimestre, esse aumento chega a ser de incríveis 225%. Claro que isso é resultado da retomada após o momento mais agudo da pandemia na China, que aconteceu entre os meses de janeiro e março.

A Apple vendeu apenas 500 mil iPhones no primeiro trimestre, mas a recuperação foi rápida após a China conseguir superar o período mais difícil da pandemia.


Segundo dados da Shanghai CINNO Research, o iPhone 11 é o modelo mais popular da Apple na China. Flora Tang, analista da Counterpoint Research, também destacou o importante papel do iPhone SE:

Desde setembro do ano passado, o iPhone 11 é o celular mais vendido pela Apple no mercado chinês. O lançamento do iPhone SE também ajudou na recuperação da empresa, sendo que isso mostra o forte apelo que a marca tem junto ao consumidor chinês.

Além de ter conseguido se recuperar no mercado de smartphones, a Apple também teve um bom desempenho na venda de serviços, algo muito importante para sua estratégia. As receitas da App Store no segundo trimestre foram de US$ 4,4 bilhões, ou seja, um crescimento de 13% em relação ao mesmo período do ano passado.

iPhone 12 e o 5G

Considerado um dos países mais avançados do mundo quando o assunto é a nova rede 5G, a China já tem uma grande demanda por smartphones habilitados para a tecnologia. Por isso, o iPhone 12 pode ampliar ainda mais as vendas da companhia de Cupertino.

Contudo, analistas de mercado alertam que o preço precisa ser competitivo, uma vez que a China é um mercado considerado difícil e tem potencial para venda de até 70 milhões de iPhones:

Se a Apple desenvolver políticas de preços atraentes, esperamos que o iPhone 5G seja imediatamente procurado na China. Os consumidores chineses entenderam completamente os benefícios do 5G e as operadoras também estão promovendo pacotes 5G a preços competitivos - Fu Lola Tang, analista da Counterpoint Research.

O Apple iPhone 11 está disponível na Casasbahia por R$ 4.226. Para ver as outras 155 ofertas clique aqui.
(atualizado em 12 de agosto de 2020, às 03:56)

19

Comentários

Apple se recupera mais rápido e vendas do iPhone crescem 225% na China
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 103.026 mortes em 3.109.630 casos confirmados | Relatório diário

LG

Moto G8 Plus vs LG K51S: mais câmeras fazem fotos melhores? | Comparativo

Android

Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review

Google

Nearby Share: "AirDrop do Google" começa a chegar aos usuários Android em versão beta