LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Intel se posiciona sobre vazamentos de arquivos e confirma segurança de clientes

10 de agosto de 2020 3

Atualização (10/08/2020 às 13h54) - por RSD

Após ter confirmado a veracidade de vazamentos de 20 GB de dados ocorridos na semana passada, a Intel emitiu uma nota ao TudoCelular reforçando as investigações que realiza em busca dos responsáveis.

A empresa revelou que boa parte do conteúdo já havia sido disponibilizado em outras fontes, com alguns dos documentos sendo de fato originados do Centro de Recursos e Design da companhia, plataforma utilizada para distribuição de conteúdo sensível para clientes e parceiros.

A boa notícia é que a gigante de Santa Clara confirmou não ter encontrado nenhum arquivo que contenha dados sensíveis de clientes ou dados pessoais até o momento. No entanto, as investigações continuam.

Você confere a nota a seguir, na íntegra:

“Com base em nossa investigação e análise em andamento dos documentos, muitas das informações parecem ter sido disponibilizadas anteriormente em várias fontes da web, enquanto algumas parecem vir do Centro de Recursos e Design da Intel, que hospeda informações para uso por nossos clientes e parceiros e outras entidades externas que se registraram para acesso. No momento, não temos conhecimento da inclusão de nenhum cliente ou dados pessoais” - Intel, em nota enviada ao TudoCelular

Texto original (07/08/2020 às 13h21)

A Intel tem enfrentado sérios problemas diante da pressão que a AMD, sua principal rival, vem exercendo em todos os segmentos do mercado, além das dificuldades que sofre em suas linhas de produção, tendo inclusive adiado o lançamento de suas primeiras CPUs a utilizarem nova litografia de 7nm. O mercado respondeu imediatamente, derrubando o valor das ações da companhia, com um possível processo judicial no horizonte.

E pelo jeito, os desafios da empresa parecem não ter fim, com o anúncio de um grande vazamento de dados sensíveis dos produtos da fabricante, ocorrido nesta semana. Mais de 20GB de arquivos internos contendo informações sobre códigos de BIOS de processadores da família Kaby Lake, além de ferramentas, firmware e da ainda não anunciada linha Tiger Lake. Felizmente, conteúdo relacionado aos clientes e funcionários da Intel não estão inclusos.

O anúncio partiu do engenheiro de software Till Kottman, que possui histórico de publicar conteúdo interno de grandes companhias de tecnologia, em sua conta no Twitter. Segundo ele, sua fonte foi capaz de invadir um dos servidores da gigante de Santa Clara hosteados pela Akamai que não estava bem protegido.

A Intel confirmou a veracidade do conteúdo vazado, mas não acredita que tenha sofrido uma invasão. De acordo com análises preliminares da companhia, o conteúdo teria origem do Intel Resource Center e Design Center, plataforma utilizada pela fabricante para compartilhar conteúdo técnico com clientes e parceiros, o que indicaria que alguém com acesso ao portal seria o responsável. A empresa confirmou que as investigações continuam em andamento.


3

Comentários

Intel se posiciona sobre vazamentos de arquivos e confirma segurança de clientes
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 158.456 mortes em 5.468.270 casos confirmados | Relatório diário

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Setembro 2020

Apple

Agora tem widgets? iOS 14 e todas as suas novidades | Hands-on em vídeo

Tech

De Peste Antonina à Covid-19: pandemias que abalaram o mundo | Detetive TudoCelular