LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

5G no Brasil: Claro pede regras para leilão sem "aventureiros" e apoia uso de filtros para TV

15 de setembro de 2020 2

Após inúmeros adiamentos, parece que enfim o leilão para as frequências mais altas do 5G no Brasil tem um prazo definido para acontecer: entre os meses de abril e maio de 2021. A informação partiu do ministro das comunicações, Fábio Faria, que afirmou ainda estar em um trabalho com a equipe do ministério para definir "quem pode trazer mais benefícios ao Brasil na tecnologia 5G".

O evento é muito aguardado, por ser o ponto inicial para que a verdadeira tecnologia 5G no Brasil seja implantada. O país já conta com solução mais modesta em funcionamento, o 5G DSS, que se estabelece na infraestrutura do 4G para fornecer as velocidades da nova geração, mas que na prática deixa bastante a desejar, conforme mostraram os testes realizados pelo TudoCelular.

Com o novo prazo do leilão definido, fabricantes e operadoras já começaram a expressar suas opiniões e preocupações a respeito dos procedimentos da implementação da nova rede. A Claro é a mais recente delas, tendo declarado durante o Painel Telebrasil, do site Tele.Síntese, a importância do estabelecimento de regras para o leilão que obriguem o uso do espectro 5G por seus compradores.

De acordo com o presidente da operadora, José Félix, as medidas são necessárias para evitar que "aventureiros" adquiram faixas da nova rede para revenda posterior. O executivo também comentou a possibilidade da migração dos serviços de TV via satélite para a Banda Ku, solução sugerida pela Anatel caso os filtros de antena, que devem impedir a interferência da rede 5G no sinal de televisão. Para ele, o uso dos filtros é a a melhor saída, por custar menos e ser mais rápida.

Com novo prazo para o leilão 5G definido, a Claro manifestou sua preocupação com a possível revenda do espectro e a migração da TV por satélite para a Banda Ku.

Félix afirmou que “a questão da interferência já foi muito estudada e já foi mostrado que pode ser mitigada através do uso de filtros. É uma discussão que não sei a quem interessa. Por que faríamos uma migração com custo de 3,5 bi de reais? Seria uma transferência de recursos públicos para a TV por satélite, beneficiando somente os radiodifusores. Não faz o menor sentido. Uma migração dessa natureza não é simples, demandaria muito tempo”.

A Claro é a principal usuária da Banda C, em que opera a TV por satélite atualmente, e já realiza investimentos para a ativação de mais um satélite por meio da StarOne, subsidiária da operadora.


2

Comentários

5G no Brasil: Claro pede regras para leilão sem "aventureiros" e apoia uso de filtros para TV
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 141.741 mortes em 4.732.309 casos confirmados | Relatório diário

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Setembro 2020

LG

Moto G8 Plus vs LG K51S: mais câmeras fazem fotos melhores? | Comparativo

Android

Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review