LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Warner recebe autorização do CADE para licenciar filmes da Universal no Brasil

13 de janeiro de 2021 3

A Warner Bros. foi recentemente beneficiada por uma grande decisão do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), na qual a produtora que autorização oficial para licenciar filmes da Universal no Brasil, algo que pode ser benéfico para ambos os lados.

Durante a pandemia causada pela Covi-19, a indústria cinematográfica sentiu bastante o impacto, pois muitos cinemas foram fechados e produções que estavam em andamento adiadas ou até mesmo canceladas, registrando um grande prejuízo financeiro para muitas empresas.

O contrato com duração que pode ser superior a dois anos, o CADE deixa claro que essa opção tem como propósito minimizar os custos, bem como aumentar a eficiência, algo que reduzirá consideravelmente os impactos já citados. No parecer de número 1/2021/CGAA4/SGA1/SG, o CADE diz:

A operação consiste no licenciamento pela Universal para a Warner dos direitos de exibição cinematográfica no Brasil de filmes da Universal. Dessa forma, caso a operação se materialize, todos os filmes que a Universal decidir, a seu critério, disponibilizar para exibição cinematográfica no Brasil serão licenciados pela Universal à Warner, que, por sua vez, será a responsável pelo sublicenciamento dos referidos filmes aos proprietários de cinemas. As requerentes registram que a operação em tela não abrange nem envolve qualquer outra atividade das requerentes, em especial, a produção de filmes.

As requerentes enfatizam que o acordo em tela não impacta as decisões relativas à produção e/ou aquisição de direitos sobre filmes de ambas as empresas e seus correspondentes lançamentos no mercado nacional. Acrescentam que, na parceria em questão, a Universal definirá, de forma autônoma, o plano de lançamento e de marketing de cada um de seus filmes - o que engloba o orçamento total e a estratégia, mas que será executada pela Warner[1]. Destaque-se ainda que, segundo as requerentes, a Warner, nos termos da parceria em questão, deve sempre buscar sublicenciar os filmes da Universal na máxima medida comercialmente possível junto aos cinemas.

(i) pela frequente oscilação de participação de mercado no período de 2007 a 2018;

(ii) pela comprovação de que o sucesso de bilheteria de um ou alguns filmes, de fato, impactam substancialmente o market share em um dado período;

(iii) pela a quantidade de distribuidores, Majors ou independentes, que alcançam o ranking das maiores bilheterias no período;

(iv) por casos concretos de contestação dos rivais em caso de tentativa de aumento unilateral de preços por parte do distribuidor líder do mercado

Apesar de só terem documentado isso agora, a Universal afirma que já possui acordo com outras produtoras, seja para licenciamento ou sublicenciamento desde novembro de 2016. Levando em conta os grandes filmes que estão por vir, os lucros com bilheteria podem passar da casa dos bilhões, mas tudo vai depender de como vai estar o processo de imunização quando eles forem oficializados.

Atualmente a Universal possui alguns grandes títulos engatilhados para serem distribuídos, como é o caso de “007 - Sem Tempo Para Morrer” e “Velozes & Furiosos 9”. Já a Warner conta com “Esquadrão Suicida 2”, “Matrix 4”, “Duna”, “Godzilla Vs. Kong”, “Space Jam: A New Legacy” e “Minions 2: A Origem do Gru”.


3

Comentários

Warner recebe autorização do CADE para licenciar filmes da Universal no Brasil
Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020

Android

O melhor celular para comprar de presente no Natal 2020

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas