LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

IDC prevê forte alta nas vendas de notebooks, tablets e produtos de casa inteligente em 2021

04 de fevereiro de 2021 0

Produtos de Casa Inteligente, notebooks e tablets devem ter grande crescimento no mercado brasileiro em 2020. Essa é a previsão da IDC Brasil, que revelou hoje sua visão para o mercado de tecnologia em evento online para jornalistas do país.

Em um amplo relatório, a consultoria analisou uma série de variáveis tecnológicas, que envolvem desde o mercado de impressões, nuvem, segurança digital, inteligência artificial e também abordou a visão sobre o 5G no país.

Casa inteligente

De acordo com a IDC, o mercado de equipamentos para automação doméstica deve ultrapassar a marca de US$ 291 milhões em 2021, um aumento de 21% em relação ao ano anterior. A pandemia, com as pessoas passando mais tempo em casa, fez aumentar a procura por dispositivos de automação, como câmeras, lâmpadas, sensores, trancas eletrônicas, hubs e smart speakers, que evoluíram e estão mais simples para instalar e interagir.

A IDC estima que a quantidade global de vendas destes produtos cresça, em média, 11,9% nos próximos anos. O mercado brasileiro apresentará crescimentos na casa de 30%. O estudo não inclui smart TVs, que já é visto como um mercado sólido e maduro. As perspectivas da IDC estimam que os produtos que puxarão o mercado são os de monitoramento e segurança (câmeras), com 32%; elétricos (plugs, interruptores e lâmpadas), com 32%; e smart speakers, que devem crescer 25%.

A consultoria entende que é um mercado diversificado, com empresas nacionais e multinacionais competindo, e observa uma mudança: a disputa antes se dava na qualidade do software e agora passa a ser mais competitivo pela amplitude do software.

Notebooks e tablets

Para o mercado de notebooks e tablets, a IDC é ainda mais otimista, prevendo uma forte retomada, puxada pelo segmento corporativo. Segundo o relatório, 40% do valor do mercado de notebooks será vendido ao segmento corporativo (que inclui educação); serão mais de US$ 1,6B em produtos. Home office e doméstico seguirão fortes, mas as compras realizadas para empresas deverão acelerar o mercado. O crescimento deve ser de 9% neste ano, comparado a 18% em 2020, puxado pelos modelos corporativos, que deverão ter alta de 25%

Já em tablets, o segmento B2B terá participação de 18,6% do valor do mercado, totalizando US$ 103 milhões em produtos. Nesse caso, o setor de educação deverá ser o que mais demandará esses produtos, para facilitar o processo de educação à distância. Por aqui, a tendência é de 24%Q de crescimento neste ano, ante queda de 13% em 2020, alta puxada fortemente pelo segmento corporativo, com 71%.

Popularização do 5G

A IDC vê em 2021 a chegada dos elementos para o início da massificação da tecnologia de 5ª geração no Brasil, com leilões de frequências, implementações em larga escala e geração de novas receitas.

Diferente de outras gerações de conectividade móvel, a chegada do 5G não demorou uma década para acontecer. E se as outras gerações de internet traziam benefícios especialmente para o consumidor na época, o 5G será especialmente benéfico para o segmento B2B, que impulsionará outras tecnologias, já que o mercado de smartphones está bem mais maduro. A IDC estima que, nos anos 2021-2022, o 5G proporcionará a geração US$ 2,7B de novos negócios.


0

Comentários

IDC prevê forte alta nas vendas de notebooks, tablets e produtos de casa inteligente em 2021
Economia e mercado

Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Windows

Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos