LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Bolsonaro ataca Facebook, mas sua página usa configuração que impede comentários com fotos

17 de fevereiro de 2021 163

Atualização (17/02/21) - JB

O presidente Jair Bolsonaro acusou o Facebook de censura e chegou a ameaçar retaliação com um aumento de impostos para redes sociais. No entanto, tudo indica que o problema nunca foi a empresa de Mark Zuckerberg.

De acordo com informações da coluna Radar, a própria equipe do presidente configurou a página para não receber comentários com fotos. Essa opção sempre esteve disponível para administradores de páginas e é um dispositivo que evita que seguidores publiquem material inadequado.

Quando alguém quer comentar uma postagem do presidente pode enviar uma figurinha, avatar ou emoji. O próprio Facebook mostra que o administrador desativou os comentários com imagens.

Em alguns casos, os seguidores até conseguiram postar uma foto. No entanto, isso foi feito usando um link do Google Drive. Por enquanto, o presidente e sua equipe não comentaram o assunto.


Texto original (16/02/21)

Após o Facebook implementar algumas restrições, Jair Bolsonaro criticou a plataforma em vídeo publicado nesta semana. O presidente disse que acionou a Advocacia Geral da União (AGU) e garantiu que vai trabalhar com o parlamento para aumentar os impostos cobrados de redes sociais.

Segundo Bolsonaro, o Facebook está impedindo que seus seguidores possam anexar imagens nos comentários de suas publicações. A rede social alega que a medida foi pensada para prevenir a disseminação de Fake News.

Durante conversa com apoiadores em Santa Catarina, Bolsonaro também atacou a imprensa:

Com todo respeito, eu sou um qualquer do povo: proibir anexar imagens a título de proteger fake news. O certo é tirar de circulação - não vou fazer isso, porque sou um democrata - tirar de circulação Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Antagonista, são fábricas de fake news.


Bolsonaro também reclamou que o bloqueio do Facebook é um ato de "censura" e disse que o caso não está sendo tratado pela mídia:

Logicamente que se alguém extrapolar alguma coisa, tem a Justiça para recorrer. Agora o Facebook bloquear a mim e a população é inacreditável. E não há uma reação da própria mídia, ela se cala. Falam tanto da liberdade de expressão para eles em grande parte mentir com matérias. Agora para a população é uma censura que não se admite.

Apesar desse ser o primeiro ataque direto do presidente ao Facebook, a chamada "ala ideológica" do governo vem trabalhando para dificultar a atuação das redes sociais. Segundo o Globo, há projetos de lei para impedir a remoção de conteúdo, proibir pedidos de explicação e investigações sobre o bloqueio de contas.

Cabe lembrar que, apesar de culpar a imprensa, o próprio presidente e o Ministério da Saúde já tiveram suas publicações classificadas como Fake News pelo Twitter. Em outro episódio recente, o blogueiro Allan dos Santos teve o seu canal banido do YouTube pelo mesmo motivo.


163

Comentários

Bolsonaro ataca Facebook, mas sua página usa configuração que impede comentários com fotos
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020