LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Briga de gigantes: Elon Musk supera dono da Louis Vuitton e se torna a pessoa mais rica do mundo

29 de setembro de 2021 26

Atualização (29/09/2021) - LR

A Forbes revelou na última terça-feira (28) que Elon Musk, bilionário CEO da Tesla e SpaceX, retomou ao posto de pessoa mais rica no mundo, posição conquistada brevemente por ele em janeiro deste ano mas que rapidamente foi superada por Jeff Bezos, atual CEO da Blue Origin.

Até então a primeira posição era ocupada pelo francês Bernard Arnault, diretor-executivo do grupo LVMH (Louis Vuitton Moët Hennessy), que em agosto foi nomeado pela revista Forbes a pessoa mais rica do mundo por possuir um patrimônio líquido de US$ 191,1 bilhões, superando Jeff Bezos e Elon Musk, que estava no terceiro lugar.


O mais recente ranking lista Musk com um total de US$ 207,8 bilhões na primeira colocação e Bezos logo em seguida com uma fortuna de aproximadamente US$ 193,6 bi.

Segundo relatórios, a crescente alta no valor das ações da Tesla pode ter impulsionado o CEO da empresa para a liderança como a pessoa mais rica do planeta, sendo que apenas neste ano a montadora atingiu uma alta de 720% no valor de suas ações de mercado, conforme relata a Forbes.

Já faz tempo que Jeff Bezos e Elon Musk brigam pelo título de homem mais rico do mundo e embora o fundador da Amazon tenho a levado a melhor em diversas ocasiões, inclusive encabeçando a lista da Forbes pelo quarto ano consecutivo, isso não significa que ele está imune de ter sua fortuna superada.

A prova disso é que o francês Bernard Arnault, mais conhecido como o diretor-executivo do grupo LVMH (Louis Vuitton Moët Hennessy), foi coroado como o mais rico do mundo pela Forbes nesta segunda-feira (07).

Segundo o levantamento da revista, Arnault acumula uma fortuna de US$ 191,1 bilhões, superando os US$ 186,2 bilhões de Bezos.

No final de maio, Arnault já havia superado a fortuna de Bezos, mas o fundador da Amazon conseguiu retomar a liderança em seguida.

Vale lembrar que Bezos anunciou recentemente que irá deixar o posto de CEO da Amazon em breve, atuando na empresa apenas como um consultor e focando sua atenção em outras empresas.

Será que veremos Bezos perdendo para sempre a liderança da lista dos mais ricos?

Texto original - 17/02/2021

Na última terça-feira (16), o bilionário estadunidense Jeff Bezos ultrapassou seu rival Elon Musk no ranking das pessoas mais ricas do mundo e reassumiu a liderança da lista, de acordo com a classificação em tempo real da Forbes.

A disputa pelo título de mais rico do mundo tem se tornado acirrada nos últimos meses, conforme a fortuna dos dois bilionários se aproximam cada vez mais. O sul-africano dono da Tesla ultrapassou Bill Gates em novembro do ano passado e de lá para cá viu sua riqueza crescer ainda mais, até ultrapassar Jeff Bezos no mês passado.

Imagem: reprodução

Agora, o atual CEO da Amazon acaba de reivindicar o posto de mais rico do mundo, o qual ocupava desde 2017, após a fortuna de Musk “encolher” um pouco. A justificativa para isso são as ações da Tesla – uma das principais fontes de rendas de Elon – que caíram cerca de 2,4% na última terça-feira e fez o empresário perder US$ 3,9 bilhões em fortuna. Agora, cada fatia da empresa vale cerca de US$ 796,22.

Em agosto do ano passado, Jeff Bezos se tornou a primeira pessoa do mundo a atingir uma fortuna de US$ 200 bilhões. De lá para cá, se manteve bem em seu posto até ser ultrapassado temporariamente pelo rival no mês passado.

Elon Musk e Jeff Bezos são concorrentes no setor de exploração espacial. Enquanto o sul-africano é fundador e CEO da SpaceX, o dono da Amazon também comanda a Blue Origin, empresa que desenvolveu um protótipo de módulo lunar para o programa Artemis da NASA.

Vale lembrar que no começo de fevereiro, Bezos anunciou sua saída do comando da Amazon e não será mais o CEO da empresa. Ele passará o cargo para Andy Jassy, enquanto foca suas atenções em seus outros projetos, como a própria Blue Origin, bem como suas fundações, a Bezos Earth Fund e a Amazon Day 1 Fund e no seu periódico, o The Washington Post.


26

Comentários

Briga de gigantes: Elon Musk supera dono da Louis Vuitton e se torna a pessoa mais rica do mundo
Economia e mercado

Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Windows

Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos