LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Licenciamento da arquitetura x86 pode ser o futuro da Intel, diz CEO

23 de abril de 2021 23

As arquiteturas x86 e ARM protagonizam uma das maiores concorrências já vistas no ramo da tecnologia — de um lado, a Intel se mantém extremamente fiel à sua arquitetura operando em CISC; de outro, diversas companhias passaram a desenvolver chips baseados na arquitetura da Arm Holdings, como o Apple M1 e os novos processadores da NVIDIA, tal que pretende comprar a empresa detentora da arquitetura.

Para aqueles que estão familiarizados com esse antagonismo, é indiscutível que a Intel é contrária a todos os aspectos da concorrente, contudo, uma nova declaração de Pat Gelsinger, CEO da empresa, acaba de mudar totalmente essa percepção. De acordo com o executivo, é possível que a arquitetura x86 tenha grandes avanços nas mãos de fabricantes parceiras, contrariando qualquer expectativa.

A arquitetura x86, datada do ano de 1976, é utilizada até os dias atuais pela Intel.

Em recente conferência, ao ser questionado se a Intel consideraria permitir que os clientes co-projetassem seus próprios produtos através de uma licença semelhante à da ARM, Gelsinger confirmou que os núcleos x86 estarão disponíveis nos serviços de fundição e disponíveis para os desenvolvedores projetarem com eles.

Acreditamos que a capacidade de nossos clientes tirarem proveito da arquitetura x86 desta forma será uma mudança significativa na forma como as pessoas pensam sobre "ARM versus x86", pois parte disso foi que não estávamos dando a eles a flexibilidade para projetar sobre essa propriedade intelectual.

O CEO também reconhece que, apesar da excelência da arquitetura x86, as fabricantes licenciadas poderiam levar os processadores a um patamar totalmente novo, sendo otimizados para as mais diversas aplicações. "Agora estamos abrindo as portas da nossa propriedade intelectual, as portas de nossos principais processos e tecnologias", disse Gelsinger.

A notícia é, absolutamente, um marco na história da Intel, que se manteve como detentora única da arquitetura por 45 anos. O desenvolvimento do Windows 10X para ARM e o adeus à Apple podem ser apontados como alguns dos fatores que levaram a gigante de Santa Clara a flexibilizar seu modelo de negócios.

Em adição à criação do Intel Foundry Service no mês passado, afinal, as recentes novidades podem significar uma nova era da empresa, que promoveu um investimento inicial de US$ 20 bilhões para a construção de novas fábricas e deverá apoiar os fabricantes parceiros.

O que você acha? Licenciar a arquitetura x86 para outras empresas é uma boa ideia? Comente sua opinião!


23

Comentários

Licenciamento da arquitetura x86 pode ser o futuro da Intel, diz CEO
  • x86 é um conjunto de instruções. É são estas instruções que podem colocar arquiteturas do tipo "risc" no chinelo, pois as instruções quando solicitadas podem dar resposta muito mais rápido do que se fossem processadas sem otimização. É não é porque é velha que é ruim, pelo contrário o IPC só sem aumentando com o tempo. Já tentaram embarcar tanto outra arquitetura quanto outro S.O. e a coisa não caminha devido ao legado, legado eu digo o que já foi desenvolvido e que em muitos casos não seria portado para a nova arquitetura. Um exemplo é o Linux que já está aí a anos, em muitos casos é mais eficiente que o Windows mas em muitos ambientes não consegue derrotá-lo.

      • Fico pensando em celular com processador ARM e sistema operacional Windows 10X.

        Obviamente isso é um retrocesso, mas imagine um *AMD Ryzen 5300U*
        que tem o TDP padrão de 15W mas pode ser manejado até 10W (Mesmo TDP do Snapdragon 888), sendo usado em um smartphone com Windows 10X mais 16gb de RAM LPDDR5 e 512gb UFS 3.1.

        É óbvio que existem várias limitações, a principal delas é o aquecimento/resfriamento, mas isso poderia ser resolvido usando metal líquido e cobre.

        Imagine jogar jogos de 2013 como Batlefield 4 ou GTA 5 em 720p 60fps no seu celular usando um controle de Xbox ou Playstation através da Vega 6 dessa APU.

        Mesmo com o desempenho reduzido para comportar os 10W de TDP, ainda seria excelente.

          • X86 e x64 chegou o seu fim estou esperando arm de 128 bis. X86 e x64 Não processa 64 bits eles são ineficientes a Intel e AMD focam GHz único meio de fazer tarefas rápidas. Processador consomem muita energia processam rápido e muito ineficientes, arm não consomem muito tem uma eficiência muito próximo de processadores convencional.

              • Qual real motivo modificação do barramento de 64 bits para 128 bits? A arquitetura de 32 bits só começou a ser substituída por causa da limitação de acesso de apenas 4 gb de ram, isso só deixaria as aplicações extremamente pesadas, e memória ainda hoje tem limites físicos e as vezes não são tão baratas, agora que a frequência alterna sim, pois cada processador tem sua forma de trabalhar, Arm precisa de mais instruções, mas como não vivemos mais nos anos 80 e não precisamos mais programar em baixo nível com tanta frequência, Risc se tornou muito mais viável, mas cada plataforma tem suas vantagens e desvantagens.

                  • Desde quando a AMD foca em GHz? Ela sempre lançou oq o público pediu, mais núcleos e threads, com 7nanometros tem ainda menos GHz q a Intel com seus 14+++++++++nanometros, A Intel sim estava focando em GHz para compensar sua litografia relançada tantas vezes e com poucas melhorias

                      • Essa é boa, x64 não processa 64bits kkkkkkkkTem cara de funkeiro e fala lorota, tudo num só pacote!!!
                        Dando risada anos luz aq kkkkkk

                          • Processamento Bruto da arquitetura X86 aibda é muito superior a ARM.

                            O que observamos é Microsoft empurrando seu sistema a cada ano para "Linux", ja a Apple é outra que faz de sua linguagem fechada uma copia apeimorada dos sistemas abertos. isso tudo favorece a ARM.

                            Mas quando se trata de computação "pesada" arquiteturas da IBM, Oracle, Cisco, intel e AmD ainda saem a frente a legas de distância.

                              • Nunca li tanta bobagem em uma mensagem só. X64 não processa 64 bit ? Esperando processadores de 128 bit? Você precisa aprender sobre arquitetura de hardware e processadores antes de falar esse tipo de coisa

                              • Extranho está matéria ou a afirmação da intel, pois pelo que sei o x86 é um concorcio, é para mudar as regras do jogo acredito que terá se sem com aval de todos, e a intel sempre foi o entrave....

                                • Acho bem compilado pelo time da decisão....dificilmente alguém além de Intel e AMD vai se aventurar em gastar bilhões licenciando e desenvolvendo uma arquitetura até hoje praticamente na mão das duas empresas.

                                  • Orgulhosamente vai se dar mal a cada ano

                                      • Nao adianta a eficiencia energetica dos RISC é unanime e a ARM está anos-luz á frente com SoC's em todas as aplicaçoes

                                        • Não sei se haverá progresso, por ser uma decisão tardia frente a RISC/ARM.

                                            • Tarde demais, a Nvidia tentou por anos licenciar o x86.

                                                • Licencia logo que a RISC-V já está chegando.

                                                  Economia e mercado

                                                  Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

                                                  Android

                                                  Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

                                                  Android

                                                  Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

                                                  Windows

                                                  Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos