LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Intel pode lançar chip ASIC "Mina Bonanza" para mineração de Bitcoin em fevereiro

20 de janeiro de 2022 2

A Intel supostamente anunciará um processador voltado para mineração de criptomoedas como o Bitcoin em fevereiro, durante a Conferência Internacional de Circuitos de Estado Sólido IEEE (ISSCC).

Aliás, a fabricante de chips pode já ter encontrado o primeiro cliente do chamado "Mina Bonanza". A startup GRIID, que se prepara para ser lançada ao público na NYSE por cerca de US$ 3,3 bilhões, aparentemente adquiriu a novidade.

O Mina Bonanza é um processador ASIC (circuíto integrado de aplicação específica) que pode oferecer níveis de tensão rasos e permanecer eficiente em termos energéticos na mineração de Bitcoin. A Intel não confirmou se o chip estaria disponível para compra ou se seria apenas um projeto conceitual.

Arquivos apontam que a GRIID tem planos para operar três instalações industriais, processando 48 megawatts de energia em cada instalação, e fechou um acordo de longo prazo com a Intel para receber chips ASIC:

[...] firmou um contrato de fornecimento definitivo com a Intel para fornecer ASICs que esperamos que alimentem nosso crescimento. O pedido inicial fornecerá unidades a serem entregues em 2022 e a GRIID terá acesso a uma parcela significativa dos futuros volumes de produção da Intel.

A mineração de Bitcoin requer tecnologia ASIC para garantir uma vantagem – tanto no desempenho quanto na eficiência – que os processadores gráficos não podem oferecer.

O sistema é proposto para reduzir o consumo geral de energia durante a mineração em aproximadamente 15%. Imagem: Reprodução

A Intel apresentou uma patente em novembro de 2018 descrevendo ideias semelhantes para "mineração de Bitcoin de alto desempenho". Segundo essa documentação, o ASIC por trás da Mina Bonanza será capaz de concluir cálculos com a mesma eficácia que outros ASICs, mas eliminando a necessidade de cálculos repetidos ou redundantes. O sistema é proposto para reduzir o consumo geral de energia em aproximadamente 15%.

"Intel-designed BZM2" é o nome oficial dado ao chipset Mina Bonanza da Intel. A expectativa é que a fabricante comece a vender seus ASICs próprios no final deste ano, tornando-se concorrente de empresas como Bitmain e MicroBT, com a GRIID recebendo pelo menos 25% da reserva inicial até 2025.


2

Comentários

Intel pode lançar chip ASIC "Mina Bonanza" para mineração de Bitcoin em fevereiro
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Asus

ASUS lança novo celular gamer ROG Phone 5s e 5s Pro no Brasil; confira os preços

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas