LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Netflix deverá deixar de usar tecnologia de alta definição após determinação da Justiça do Rio

28 de junho de 2022 3

Na última semana, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) restabeleceu liminar que determina que a Netflix deixe de usar uma das tecnologias patenteadas de compressão de vídeos da desenvolvedora americana de softwares DivX.

O prazo para a Netflix cumprir a decisão venceu na última sexta-feira (24). Caso a ordem não seja cumprida, a gigante do streaming terá multa diária de R$ 50 mil.

A liminar havia sido derrubada no ano passado, mas foi restabelecida pelos desembargadores da 24.ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio após decisão que contou com dois votos favoráveis e um contra. A Netflix é acusada pela DivX de ter quebrado uma de suas patentes por utilizar a tecnologia no Brasil sem possuir licença para isso.

A tecnologia patenteada da companhia de software americana faz a compressão de vídeos em alta definição para reprodução em maior velocidade, sem perdas na qualidade de imagem. Ela é de extrema importância em vídeos no formato Ultra HD e 4K.

Segundo o advogado da DivX, Carlos Aboim, a companhia procurou a Justiça para proteger novos investimentos no desenvolvimento dessa e de novas tecnologias. A decisão pela liminar foi pelo seu caráter suspensivo imediato, algo que não seria possível com um recurso.

Reprodução: DivX.

A Netflix alega não ter utilizado a patente da DivX, mas Aboim diz que o uso da tecnologia foi comprovado em cinco pareceres técnicos apresentados como provas no Tribunal do Rio e elaborados por professores de centros de pesquisa de referência em território nacional, como USP, UFRJ, UFF, UERJ e PUC-Rio.

Entretanto, a companhia de software americana frisa que não haverá prejuízos para assinantes da Netflix. A tecnologia DivX é reconhecida por patentes em diversos países ao redor do mundo, o que faz com que a disputa entre ambas as empresas seja mundial. Em 2018, o Brasil concedeu patente a tecnologia através do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

A Netflix ainda não se manifestou sobre a decisão da Justiça brasileira. Em 2021, uma liminar havia sido concedida para a gigante do streaming deixar de utilizar a tecnologia da DivX, mas a plataforma recorreu da decisão e ofereceu uma garantia de R$ 10 milhões enquanto o processo estivesse em andamento. A oferta havia sido aceita e a decisão provisória foi derrubada.

Esse é mais um dos problemas que a gigante do streaming enfrenta, após sua perda histórica de assinantes. Em maio, foi revelado um processo movido por acionistas, que alegam que a empresa não foi honesta sobre as dificuldades que enfrentava.

Netflix

Desenvolvedor: Netflix Inc

Grátis - oferece compras no app

Tamanho: Varia de acordo com a plataforma

Veja também


3

Comentários

Netflix deverá deixar de usar tecnologia de alta definição após determinação da Justiça do Rio
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Asus

ASUS lança novo celular gamer ROG Phone 5s e 5s Pro no Brasil; confira os preços

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas