LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

MediaTek lidera, Qualcomm é vice e UNISOC avança no mercado de chips para celulares na China

12 de julho de 2022 14

Segundo um novo relatório publicado pela CINNO Research nesta terça-feira (12), a MediaTek segue líder no maior mercado de celulares do mundo, a China. A fabricante taiwanesa manteve sua impressionante participação de mercado acima de concorrentes de peso, especialmente a Qualcomm, sua maior rival.

Campeã nas vendas de processadores para celulares mais baratos, a MediaTek lidera o ranking com 8,4 milhões de unidades vendidas entre abril e maio de 2022. Isso representa um crescimento significativo de 15,1% em apenas um mês. A título de comparação, entre março e abril, o volume foi de 7,3 milhões de unidades.

(Imagem: CINNO Research)

Outro detalhe interessante a ser observado é que a MediaTek é a empresa que menos sofreu perdas em comparação a maio de 2021. Na relação anual, o decaimento de vendas foi de apenas 3,3%. Rivais como a Qualcomm e Apple perderam até 16% do volume de vendas, enquanto a UNISOC encolheu 47,7% e a HiSilicon amarga com 81,5% de perdas.

Apesar da demanda reduzida no mercado chinês, a Qualcomm conseguiu entregar bons resultados ao vender cerca de 6,5 milhões de chips entre abril e maio de 2022, registrando um crescimento mensal de 4,1%.

A Apple não observou grandes mudanças no mesmo período e manteve cerca de 3 milhões de vendas — tais que se refletem diretamente nas vendas de iPhone. A baixa demanda de seu último lançamento, o iPhone SE de 3ª geração, acabou por ser compensada pela alta demanda do iPhone 13.

A UNISOC registrou cerca de 500 mil unidades vendidas entre abril e maio de 2022, recuperando as vendas do mês anterior em 9,4%. A HiSilicon, por sua vez, é a menos beneficiada de todo o ranking ao sofrer a maior perda anual e encolher em relação ao mês anterior, tendo enviado somente 400 mil unidades de chips.

A “queda livre” da HiSilicon, fabricante pertencente à Huawei, pode ser justificada com vários fatores que variam entre a pandemia de coronavírus agravada na China e os banimentos comerciais da empresa nos Estados Unidos — país que detém várias tecnologias utilizadas em seus processadores “Kirin”.

Veja mais!

O Xiaomi 11T está disponível na Amazon por R$ 2.869. O custo-benefício é médio mas esse é o melhor modelo nessa faixa de preço. Para ver as outras 9 ofertas clique aqui.
(atualizado em 17 de agosto de 2022, às 18:56)

14

Comentários

MediaTek lidera, Qualcomm é vice e UNISOC avança no mercado de chips para celulares na China
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Asus

ASUS lança novo celular gamer ROG Phone 5s e 5s Pro no Brasil; confira os preços

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas