LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Nintendo reforça que não aumentará o preço do Switch, ao menos por enquanto

09 de novembro de 2022 4

Atualização (09/11/2022) - GS

Em seu último briefing de lucros, a Nintendo reforçou que não tem planos de aumentar os preços dos consoles Nintendo Switch, embora também não descarte a possibilidade de aumentar os preços no futuro.

Atualmente, o mundo inteiro está enfrentando uma enorme onda de inflação econômica, levando algumas empresas, como Sony e Meta, a aumentar os preços de hardware lançados anteriormente, como o PlayStation 5 (embora o Brasil ainda esteja ileso desse aumento) e o headset Meta Quest 2 VR. Até o chefe do Xbox, Phil Spencer, sugeriu que, após as festas de final de ano, a Microsoft pode ter que aumentar os preços dos consoles ou do Game Pass. No entanto, a Nintendo não está seguindo o exemplo, embora continue "monitorando" a situação.

Conforme relatado por Takashi Mochizuki, da Bloomberg, durante o último briefing de lucros da Nintendo, a empresa respondeu a uma pergunta sobre possíveis aumentos de preços e disse que “não tomará tais ações neste momento”, mas acrescentou que “continuará monitorando [a] situação” e “considerará cuidadosamente” se precisar mudar de rumo e aumentar os preços do Switch.

Em agosto, o presidente da empresa havia garantido que eles não pretendiam aumentar os preços, mas caso isso realmente se torne uma tendência entre os concorrentes, vai ficar difícil manter os preços atuais. Embora muitos acreditem que a empresa está se preparando para o lançamento de um sucessor do Switch, o modelo atual ainda vende bastante, o que dá sentido a um possível aumento.

Atualização (26/08/2022) - GS

No início da semana, a Sony pegou todos de surpresa ao anunciar um aumento nos preços do PS5, culpando a inflação mundial. A medida fez com que muitos se preocupassem com a possibilidade de Xbox e Nintendo seguirem pelo mesmo caminho, mas parece que, ao menos por enquanto, estamos seguros.

Depois da Microsoft confirmar que não pretende aumentar os preços dos Xbox Series, a Nintendo anunciou que também não tem planos de aumentar os preços do Switch.

Há alguns dias, Shuntaro Furukawa, presidente da Nintendo, falou para os investidores que eles não pretendiam aumentar os preços do Switch, mesmo com os atuais desafios do mercado.

Esta semana, a divisão britânica da empresa reforçou a afirmação:

Como nosso presidente, Sr. Furukawa, declarou na 82ª Assembleia Geral Anual de Acionistas em junho:



Embora não possamos comentar sobre estratégias de preços, atualmente não temos planos de alterar o preço de nosso hardware devido à inflação ou aumento dos custos de aquisição em cada país. Determinaremos nossas futuras estratégias de preços por meio de deliberações cuidadosas e contínuas.



Embora o preço final para os consumidores seja sempre determinado pelos varejistas, como afirmou Furukawa, a Nintendo não tem planos de aumentar o preço comercial de seu hardware.

Essa certamente é uma ótima notícia e permite que os jogadores tenham opções mais acessíveis, principalmente com o período natalino se aproximando.

Ainda não sabemos como o aumento de preços do PS5 irá impactar as vendas do console e embora alguns analistas acreditem que os efeitos serão mínimos, teremos que esperar para descobrir.

Texto original - 16/08/2022

A Nintendo compartilhou novidades animadoras sobre um possível aumento de preços para os consoles Nintendo Switch, Nintendo Switch Lite e Nintendo Switch OLED.

Nos últimos meses, alguns fãs começaram a ficar preocupados sobre como a inflação poderia fazer com que videogames como Switch aumentassem o preço do dispositivo, além é claro da escassez de unidades em estoque por conta da crise dos componentes eletrônicos.

Embora a Nintendo não tenha dado indícios de que pretende aumentar os preços, parece que a empresa não tem planos nesse sentido, ao menos em um futuro próximo.

Em uma conversa com o Nikkei, Shuntaro Furukawa, presidente da Nintendo, foi questionado sobre a possibilidade de aumentar os preços do Switch no futuro. Mesmo com os aumentos nos custos de fabricação, a empresa não pretende repassar isso para os consumidores através dos aumentos de preço.

Não estamos considerando isso no momento, por dois motivos. Para poder oferecer um entretenimento único para uma gama maior de consumidores, queremos evitar um sobrepreço para os consumidores. Nossa competitividade é a variedade de entretenimento no mundo e sempre pensamos na precificação em termos de valor da diversão que oferecemos. Nossos produtos também incluem softwares. A Nintendo vendeu mais de 100 milhões de unidades do Switch até o momento e é importante manter o momento do negócio em geral. Em termos gerais, um yen mais fraco faz com que as vendas domésticas do Switch sejam menos lucrativas.

Mesmo que o modelo Switch OLED se torne menos lucrativo para a empresa, eles não planejam aumentar os preços de vendas.

Vale lembrar que mesmo com os rumores de que a Nintendo pode lançar um novo console no futuro, a empresa ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, sendo assim, manter as vendas do Switch em alta é a melhor solução.

Veja também!


4

Comentários

Nintendo reforça que não aumentará o preço do Switch, ao menos por enquanto
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Asus

ASUS lança novo celular gamer ROG Phone 5s e 5s Pro no Brasil; confira os preços

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas