LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Orçamento do Farmácia Popular para 2023 está defasado em R$ 1,8 bi; Valor é o menor desde 2013

22 de novembro de 2022 14

O orçamento que está previsto para o programa Farmácia Popular em 2023 está defasado em quase R$ 1,8 bilhão e é o menor desde 2013. A informação vem do Instituto Brasileiro de Saúde e Assistência Farmacêutica (Ibsfarma). No caso, o órgão fez os cálculos que resultaram nesse número.

Em geral, o valor destinado ao programa é de R$ 1,018 bilhão, de acordo com a proposta orçamentária do governo para 2023. Outro detalhe importante é que o número de atendimentos vem caindo e apresentou um decréscimo em comparação com 2015, ano em que o programa teve o maior valor de recursos. O Ibsfarma explicou a situação ao G1:

O projeto Farmácia Popular do Brasil vem enfrentando, desde 2017, a diminuição dos recursos destinados a ele. Por consequência, a diminuição de postos de atendimento à população e a queda da quantidade de beneficiários vem prejudicando a iniciativa.

Na modalidade gratuidade, o programa terá uma defasagem e R$ 1,4 bilhão em 2023. Segundo o instituto (que também atende pelo nome de “Cuida Brasil), o impacto disso será a menor disponibilidade de medicamentos usados para tratar condições como diabetes, asma e hipertensão. O resto do valor é em relação à modalidade de copagamento: R$ 373,3 milhões.

Em meio a novidades como a possibilidade de produção de chips em território nacional e até a construção de componentes da categoria no país, o problema com o programa pode ser prejudicial para muitas pessoas. Entretanto, vale lembrar que a proposta orçamentária foi enviada em agosto e ainda se encontra em tramitação. Ou seja, podem ocorrer mudanças.



14

Comentários

Orçamento do Farmácia Popular para 2023 está defasado em R$ 1,8 bi; Valor é o menor desde 2013
  • Vamos pensar um pouco! O atual governo pegou um Brasil quase quebrado, precisando reorganizar-se em todas as áreas. Além disso pegou uma pandemia e uma guerra. Foi um governo que foi mais bombardeado pelo sistema corrupto. E por todas as dificuldades eu vi o presidente ser pelo seu povo. Muitos que abrem a boca e enchem criticando, hoje esquecem que se chegou a esse ponto foi por que a corrupção e a falta de capacidade dos governos anteriores roubou de todos nós! Esse governo estava reorganizando coisas para quem sabe se tivéssemos um próximo mandato as coisas fluírem melhor. Eu sou dá área de saúde e todas as pessoas que precisaram de um tratamento especial e recorreram a justiça e ganhou os teve sem o governo recorrer para outras estâncias judiciais e eu nunca vi isso. No tempo da pandemia não faltou remedio para doenças crônicas. Um governo não vai agradar a todos e vai errar, também. Porém, o brasileiro ainda não aprendeu o quanto a corrupção é falta de capacidade e competência é maléfica para todos. Pois, tudo nessa vida, volta de uma forma ou de outra.

    • Interessante.... Vamos à informação corretas, meus caros? São as noticias de Setembro desse ano! E agora vem espalhando como Fake News em mais diversas mídias!

      O texto do Executivo ainda não foi votado pelos parlamentares. Mas, se confirmado, os repasses do programa devem cair dos atuais R$ 2,04 bilhões para R$ 804 milhões no próximo ano. Ou seja, o previsto segundo TudoCelular que é R$ 1,8 Bi está complemente equivocado! Mas sim o Previsto é R$ 2,04 bi! E Não haverá cortes!

      E culpar o Bolsonaro é um erro!

      Por quê? Por que quem faz os cortes visando para 2023 é a Casa Civil, procurando adentrar dentro das leis do teto de gastos, certamente não haverá cortes... Mas se houver cortes, é da responsabilidade da equipe de transição do governo "eleito" do Lula, pois o Orçamente está aprovado, agora se houver cortes, cobrem do Lula, oras bolas!

      Pois como sempre digo... a memória do povo é fraca e curta ou é seletiva! Pois o desmonte da Farmácia Popular começou com o TEMER! Enfim, é um programa criado no segundo ano do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o Farmácia Popular reduzir o impacto do preço dos medicamentos no orçamento das famílias de baixa renda, ao fornecer gratuito ou com até 90% de descontos de produtos e medicamentos. No entanto, ele vem sendo atacado desde o governo de Michel Temer (MDB), após o golpe que depôs a presidenta Dilma Rousseff (PT), conforme lembra a médica Bernadete Perez Coelho, vice-presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco). Por sua vez, o ex-ministro da Saúde Arthur Chioro, médico sanitarista e professor universitário observa que o corte tem na raiz os efeitos da Emenda Constitucional do governo Temer que estabeleceu o chamado ?Teto de Gastos?. Desde então, a medida vem limitando investimentos sociais até os próximos 20 anos. O que vai impactar inclusive no orçamento do Ministério da Saúde de 2023 como um todo. Ele foi entrevistado na manhã de hoje pela jornalista Marilu Cabañas, da Rádio Brasil Atual.

      Isso porque, a previsão de recursos para o próximo ano é de R$ 149,9 bilhões, ainda menor do que o orçamento deste ano, de R$ 150,5 bilhões.

      Na época de pandemia ninguém reclamou... Em 2020 e 2021 foram repetidos os mesmos valores. Mas vale lembrar que a verba para Atendimento à População para Prevenção, Controle e Tratamento de HIV/AIDS, outras Infecções Sexualmente Transmissíveis e Hepatites Virais somam um total - R$ 407 milhões Estavam destinados, porém com o corte, foi reduzido para R$ 373,3 milhões. De acordo com dados do Boletim Epidemiológico Especial HIV/Aids de 2021 foram registrados 13.501 no ano passado. Segundo o documento, especialistas do ministério afirmam que há uma diminuição de casos nos últimos anos. Porém, suspeitam que exista também uma subnotificação, já que profissionais da saúde foram direcionados para atuar no combate à pandemia de COVID-19.

      Enfim... Aqui FAKE NEWS NÃO! Façam a reportagem correta!

        • Meu bem, concordo parcialmente, os fundos de investimentos para HIV/AIDS sofreram cortes SIM de 2017 a 2022 (trabalho como farmacêutico na área no HC-UFMG), falo como paciente da área também, lembro que no início do ano fui buscar minha medicação e estava prestes a acabar e quando fui puxar os dados do sistema, fazer as solicitações quase não havia mais fundos para PREP/PEP/TARV e testes...
          Tanto que esses cortes estão sendo apurados conformes links abaixo:
          https://agenciaaids.com.br/noticia/hiv-aids-pode-voltar-a-ser-pandemia-com-cortes-de-verbas-do-governo-federal-destaca-seculo-diario/

          https://www.mpf.mp.br/ac/sala-de-imprensa/noticias-ac/mpf-apura-corte-de-verbas-do-governo-federal-em-programas-de-combate-ao-hiv

          Cê vai me desculpar, nenhum governo é santo, mas o governo Bolsonaro tá sendo O PIOR para a saúde, educação e cidadania!

          Lembrando: POLÍTICO NÃO FOI FEITO PRA IDOLATRAR, FOI FEITO PARA SERVIR O POVO! LULA TEM DE TER IGUALMENTE COBRADO!

          • Tudo. Absolutamente tudo que era programa voltado pra classe pobre o Desgoverno Satanaro sucateou ou destruiu.
            E teve um monte de gente pobre, pequenos comerciantes que votaram e apoiam essa 3ª Besta Fera.
            Citando Jesus, eu diria que "Satanaro veio pra roubar, matar e destruir."

              • faz arminha.

                  • Sinceramente, eu me pergunto como alguém defende esse governo ainda... (Lembrando que não sou petista). Lembro bem que ele tirou verba do combate ao HIV, cortou verba de pesquisas da universidade pública, cortou verba até da ciência em pesquisa para vacinas e etc. Eu lembro que cheguei a ir no hospital onde faço o acompanhamento para o HIV e chegar lá as medicações estarem quase no fim, aquilo foi ASSUSTADOR! Só quem é HIV+ sabe o medo que é de ficar sem o TARV, pois a nossa vida depende desses 2 comprimidos ao acordar...

                    • O governo tirou verba da Farmácia Popular, do combate ao HIV, da Educação, da Saúde em geral, tudo isso para garantir verba para o ORÇAMENTO SECRETO que o centrão exige e sempre exigiu, vai deixar um rombo segundo notícias de quase 400 bilhões de reais, o Bolsonaro é o governo que mais gastou no cartão corporativo e meteu sigilo nisso, só para vocês terem ideia, os gastos deles são maiores que de Dilma e Temer somados. Só em alimentos no avião presidencial o cara gastou mais de 3 milhões de reais e eu fico perguntando, ele estava morando no avião para gastar 3 milhões em alimentações, bebidas super caras e etc?

                        • Cara você sabe o que é o orçamento secreto, que o próximo governo já mudou de nome e foi aprovada pela câmera e foi vetada pelo atual presidente e que os nossos congressistas derrubaram o veto? %uD83E%uDD23%uD83E%uDD23%uD83E%uDD23%uD83E%uDD23%u D83E%uDD23

                            • O Duro é querer fazer a quebra de sigilo de 100 anos... Fico com dó dos seguranças do bolsonaro, assim que forem liberados ao publico, é bandidos querendo fazer chantagem em cima do trabalhador como esses seguranças! E tem nada a ver com contas secretas e nada mais...

                            • %uD83D%uDC48

                                • Faz arminha. Cadê o gado?

                                    Android

                                    Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

                                    Android

                                    Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

                                    Asus

                                    ASUS lança novo celular gamer ROG Phone 5s e 5s Pro no Brasil; confira os preços

                                    Especiais

                                    Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas