LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

EUA proíbem venda de novos aparelhos da Huawei e ZTE por "risco à segurança nacional"

26 de novembro de 2022 34

A Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos (FCC) sancionou na última sexta-feira (25) uma decisão que proíbe a venda de quaisquer aparelhos de telecomunicação da Huawei, ZTE e outras fabricantes sediadas na China. O órgão regulador norte-americano afirma que tais aparelhos representam um “risco inaceitável à segurança nacional”.

Esse é o mais novo capítulo da política que visa restringir a presença de empresas chinesas nos Estados Unidos, cujos primórdios datam do governo de Donald Trump, e segue evoluindo com a equipe de Joe Biden. O veto sobre a comercialização de produtos dessas fabricantes teve votação unânime pelos cinco membros da FCC.

(Imagem: Reprodução)

Anunciadas em 14 de outubro e passando a viger na última sexta-feira (26) sob pressão do governo, as regras estendidas da FCC impedem que a Huawei, ZTE, Hytera, Dahua e Hikvision — e respectivas subsidiárias — tenham seus produtos de telecomunicação homologados.

Sem o processo de aprovação de produtos pela Comissão Federal de Comunicações, os aparelhos não podem ser utilizados ou vendidos legalmente nos Estados Unidos. Esse movimento foi possibilitado por uma lei

A Hytera possui certo reconhecimento no Brasil devido ao seu extenso portfólio de radiocomunicadores com inteligência artificial. Dahua e Hikvision são fabricantes de equipamentos de sistemas de vigilância, como câmeras, sensores e alarmes.

ZTE também foi banida da rede 5G do Canadá por conflitar com "interesses do país" (Imagem: Reprodução)

“A FCC está comprometida em proteger a segurança nacional, garantindo que equipamentos de comunicação não confiáveis não sejam autorizados para uso dentro de nossas fronteiras”, disse Jessica Rosenworcel, presidente da FCC, em seu comunicado oficial.

Não é a primeira vez que a entidade trata a Huawei como uma “ameaça”. Embargos impostos pelos Estados Unidos através da FCC serviram como um dos primeiros banimentos das chinesas em 2020, mirando somente o banimento de suas redes de telecomunicação e impedindo o uso de recursos criados no país — como os serviços do Google.

Posteriormente, o Canadá seguiu o país vizinho e baniu a Huawei — uma das maiores fornecedoras de equipamentos de telecomunicações — e ZTE de sua rede 5G.

Ainda há investigações acerca de supostos casos de espionagem da China nos Estados Unidos. De acordo com Lisa Monaco, vice-procuradora-geral, aplicativos como o TikTok e empresas chinesas do setor de telecomunicações “não devem ser confiáveis” ​​para lidar com dados pessoais dos cidadãos norte-americanos.


34

Comentários

EUA proíbem venda de novos aparelhos da Huawei e ZTE por "risco à segurança nacional"
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Economia e mercado

Motorola lança primeira conta digital do mundo integrada a um smartphone

Asus

ASUS lança novo celular gamer ROG Phone 5s e 5s Pro no Brasil; confira os preços