LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

5G completa dois anos no Brasil com cerca de 28 milhões de usuários

08 de julho de 2024 2

O 5G completou dois anos do início de sua instalação no Brasil em 6 de julho. Considerando as faixas de frequências de 2,3 GHz e 3,5 GHz, já são mais de 810 municípios com torres licenciadas e sinal ativo em cerca de 589 cidades, com cobertura média de 45% e 28 milhões de usuários com smartphones compatíveis.

Com base no cronograma estabelecido pelo edital do 5G em 2021, até o final deste mês, é necessário que a quantidade de antenas nas capitais dos estados e no Distrito Federal seja de, no mínimo, uma para cada 30 mil habitantes. Espera-se que todas as cidades do país — 5.570 municípios — recebam sinal de 5G até o final de 2029.

(Imagem: Reprodução)

Democratizando o acesso à rede móvel de quinta geração, fabricantes de celulares passaram a dar atenção a um segmento específico: celulares básicos com 5G.

Exemplos de aparelhos disponíveis no mercado brasileiro incluem o Samsung Galaxy A15 5G, Motorola Moto G34, Redmi Note 13 5G, entre outros. Atualmente, existem 195 dispositivos compatíveis com 5G de 22 diferentes fabricantes homologados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no Brasil.

Além disso, operadoras regionais começaram a ativar suas redes por meio de modelos de negócios inovadores. A Ligga, por exemplo, anunciou seus planos em credenciar provedores de internet locais para ampliar sua oferta de serviços em 5G, ajudando a cumprir suas obrigações previstas no edital da rede.

(Imagem: Reprodução)

O Brasil demonstra um ritmo acelerado de implantação da nova geração da rede móvel. Apesar de burocracia e restrições, o número de estações rádio base (ERB) licenciadas nas capitais na faixa de 3,5 GHz já supera 21,3 mil — mais de três vezes maior em comparação com a meta prevista no edital, que era de 6.402 estações.

Um dos obstáculos para a instalação do 5G no Brasil, por sinal, foi a necessidade de migrar o sinal aberto de televisão da Banda C para a Banda Ku, possibilitando a liberação da quinta geração da rede móvel sem problemas de interferência. Atualmente, 4.302 municípios já estão liberados para utilizar a faixa de 3,5 GHz.

Há também a necessidade de uma atualização geral nos ordenamentos municipais em relação ao que é estabelecido pela Lei Geral de Antenas. 704 municípios já possuem lei aprovada, segundo dados acessados nesta segunda-feira (08).

Segundo um levantamento da Ookla referente ao ano de 2023, o Brasil é um dos países com a maior velocidade de download do 5G. A velocidade média no recebimento de dados na internet móvel foi de 52,26 Mbps, enquanto o upload ficou em 12,75 Mbps, representando um aumento de 44,88% e 14,66%, respectivamente.

Veja mais!


2

Comentários

5G completa dois anos no Brasil com cerca de 28 milhões de usuários
Economia e mercado

Huawei Kirin 9010L: chipset inédito é encontrado em smartphone intermediário da chinesa

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Windows

Versão 122 beta do Microsoft Edge com melhorias e atualização de recursos