LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Moto Z3 Play: tela 18:9 e câmera dupla, sem esquecer do custo-benefício | Vídeo TudoCelular

06 de junho de 2018 137

A Motorola enfim oficializou seu novo intermediário Moto Z3 Play, que chega com mudanças pontuais para se adequar ao novo padrão visual da empresa, incluindo traseira em vidro, que havia sido abolida no Moto Z2 Play, tela 18:9 com ótimo aproveitamento frontal e módulo duplo de câmeras na parte traseira, tudo sem abrir mão dos Moto Snaps que continuam compatíveis mesmo se você tiver as versões da primeira geração.

O aparelho foi apresentado em São Paulo na manhã deste dia 6 de junho, e já está nas lojas por R$ 2.299, demonstrando que a empresa continua focando no custo-benefício como grande diferencial frente a concorrentes. Para efeito de comparação, o Galaxy A8 Plus, que possui especificações similares, foi lançado por nada menos que R$ 2.699, enquanto o Xperia XA2 Ultra custava R$ 2.399 em seu lançamento.

Nós do TudoCelular.com já estamos com o Moto Z3 Play em mãos, e chegou a hora de abrir a caixa para ver o que a Motorola incluiu em termos de acessórios, sendo esse um ponto bastante elogiado por consumidores da marca. Além disso, já vamos fazer um rápido teste no AnTuTu com ele para ver sua pontuação, e aproveitar para tirar umas fotos e matar a curiosidade de quem quer ver suas câmeras em ação o quanto antes.

Embalagem e acessórios

A gente aproveitou para pegar um bundle com o Moto Snap de áudio da própria Motorola, mas é só isso que tem a mais em relação ao modelo vendido avulso no varejo. Aliás, é possível encontrar o Moto Z3 Play em vários bundles que dão um bom desconto no valor de um módulo.

A caixa continua no mesmo estilo visto no Moto Z2 Play, mas agora com detalhes em preto que criam um contraste legal em relação ao vermelho vivo.

Tirando o Snap, eis os acessórios que acompanham todos os Moto Z3 Play:

  • Kit de manuais
  • Cabo USB-C
  • Fone de ouvido estéreo
  • Adaptador de fone de ouvido USB-C
  • Carregador de parede Turbo Power 15W
  • Ferramenta para abrir a gaveta híbrida
Design

O Moto Z3 Play vem com elementos que lembram vários modelos da marca, indo desde o próprio Moto Z2 Play com as quinas arredondadas até o Moto X4 com a parte traseira coberta por vidro e a organização do módulo duplo de câmeras. Vale lembrar que o primeiro Moto Z Play também tinha a traseira em vidro, mas a Motorola mudou isso na geração seguinte e agora aparentemente resolveu voltar atrás, abrindo mão da resistência para entregar um visual mais bacana.

O painel frontal é quase todo coberto por sua enorme tela de 6 polegadas com proporção 18:9, que a empresa chama de Max Vision. Acima dela ficam apenas a saída de som, a câmera de selfies e alguns sensores, enquanto abaixo temos o logo da empresa. Sim, a Motorola tirou o flash frontal, justamente um dos grandes diferenciais da linha Moto Z Play.

Já a parte traseira é bem similar ao que tínhamos em seu antecessor, com logo centralizado e a área da câmera pouco acima, dessa vez acomodando dois sensores, dois LEDs e o laser auxiliar de foco. Temos ainda os conectores magnéticos dos Moto Snaps, que criam um contraste interessante com o tom escuro do dispositivo.

Na lateral direita temos a grande mudança que é a nova posição do leitor de impressões digitais. Assim como fazia a Sony até os modelos lançados este ano, temos leitor lateral no Moto Z3 Play, permitindo que você tenha seu aparelho desbloqueado assim que o pega em mãos, não importando se ele está com a tela para cima ou para baixo.

Por ali estão também os botões de volume, enquanto curiosamente o botão de energia foi passado para a lateral oposta, o que pode confundir muita gente já que seria mais cômodo usar o próprio leitor de impressões digitais para esse fim.

Outra alteração feita pela Motorola, mas essa não devendo agradar tanto, foi a remoção da porta P2 para fones de ouvido, então se quiser ouvir suas músicas sem incomodar os outros terá que usar o adaptador entregue na caixa ou comprar um fone Bluetooth. A gaveta de chips também mudou, e agora é híbrida, te obrigando a escolher se quer usar dois chips nano-SIM ou um chip e um cartão microSD.

No geral o design do novo Moto Z3 Play agrada, sendo familiar por remeter a outros aparelhos da marca ao mesmo tempo em que entrega algo próprio, como a posição do leitor de digitais e os conectores dos Moto Snaps. Claro, se você tiver mãos pequenas ele pode acabar incomodando um pouco, mas considerando que temos basicamente as mesmas dimensões do Moto Z2 Play ele deve agradar à maioria sem grandes problemas.

Hardware e software

O Moto Z3 Play vem de fábrica com a plataforma Snapdragon 636, que é bem mais potente que a versão usada em seu antecessor e a mesma que a ASUS adotou em seu Zenfone 5. Isso nos garantirá desempenho de sobra para todo tipo de tarefa por algum tempo, sendo possível jogar mesmo jogos mais pesados como PUBG Mobile com gráficos no máximo e fluidez suficiente para uma boa experiência de jogatina.

Como dito, rodamos a ferramenta de benchmark AnTuTu para ver a pontuação, e o Moto Z3 Play não decepcionou ao marcar cerca de 113 mil pontos. Isso o coloca acima dos principais rivais, reforçando que ao menos em força bruta você não terá com o que se preocupar ao decidir por comprar o aparelho da Motorola.

Um ponto que ajuda nesse desempenho é o software entregue pela empresa, que se assemelha bastante ao que vimos na linha G6 apresentada há algumas semanas. Temos o Android 8.1 Oreo rodando de fábrica com uma interface que lembra o "Android Puro", mas traz várias funcionalidades e apps nativos que a distanciam da versão idealizada pela Google.

Ainda vamos precisar de testes mais completos, como nosso teste prático de velocidade, jogos e outras ferramentas de benchmark, mas a impressão que fica nesse primeiro momento é que o Moto Z3 Play honra e muito a fama de seu antecessor, se destacando em meio ao mar de intermediários presentes no mercado nacional.

  • Tela de 6 polegadas Super AMOLED com Motorola Max Vision
  • Resolução Full HD+ (2160 x 1080 pixels)
  • 4 GB de RAM
  • 64 GB de armazenamento interno, com expansão via cartão microSD (até 2TB)
  • Chipset Qualcomm Snapdragon 636
  • Processador de oito núcleos Kryo 260 rodando em até 1,8 GHz
  • Adreno 509 como placa gráfica
  • Câmera dupla de 12 MP f/1.7 + 5MP no sensor auxiliar e flash dual LED
  • Câmera frontal de 8 MP f/2.0
  • Bateria de 3.000 mAh com tecnologia de carregamento Turbo Power
  • Android Oreo 8.1
Câmeras

A Motorola segue a onda de câmeras duplas, levando agora para a linha Moto Z Play seu jogo de sensores no mesmo estilo visto anteriormente no Moto X4. Temos uma câmera principal de 12 megapixels, enquanto o sensor secundário conta com 8 megapixels e lentes grande-angulares para fotos mais impactantes e que captam uma área maior da cena.

Nossos testes comprovam que os novos sensores realmente se saem bem, ao menos em um primeiro contato, conseguindo balancear bem as cores e trabalhar sem problemas com áreas muito contrastadas, onde são exibidas partes muito claras e outras muito escuras.

Como esse foi um ponto onde o Moto Z2 Play foi bastante criticado, vamos torcer para a empresa ter dado uma atenção maior dessa vez, mas só poderemos saber ao certo em nosso comparativo logo mais com seus principais rivais.

A câmera frontal vai no mesmo ritmo, mas infelizmente a empresa abriu mão do flash LED nas selfies, sendo necessário usar a própria tela para iluminar suas fotos em locais mais escuros. Não vimos resultados maravilhosos nesse primeiro momento, mas considerando que concorrentes também não foram nada bem podemos dizer que o Moto Z3 Play não decepciona.

Conclusão

A Motorola preferiu não arriscar com o Moto Z3 Play, entregando mudanças pontuais para tentar manter o grande sucesso alcançado pela linha desde a sua primeira versão. Temos uma tela ainda maior, câmera dupla e hardware mais potente, mas sem abrir mão da retrocompatibilidade com todos os Moto Snaps lançados até aqui.

Por falar em abrir mão, a grande crítica fica para a remoção da porta P2, o que obrigará os usuários a partir para adaptadores (está incluso, ao menos) ou fones Bluetooth, que consequentemente consomem mais bateria do aparelho.

Mais detalhes do Moto Z3 Play ficam para os testes de desempenho, bateria, tela e câmeras que faremos com ele nas próximas semanas, então fique ligado para não perder nada e aproveite para comentar abaixo o que achou do novo intermediário.

O Motorola Moto Z3 Play está disponível na Carrefour por R$ 1.099 e na Americanas por R$ 1.208. O custo-benefício é médio. Existem 38 modelos melhores. Para ver as outras 43 ofertas clique aqui.
(atualizado em 22 de novembro de 2019, às 18:07)

137

Comentários

Moto Z3 Play: tela 18:9 e câmera dupla, sem esquecer do custo-benefício | Vídeo TudoCelular
Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Novembro 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular