LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Comparativo em tamanho real: Redmi K20 e Moto Z4 contra outros intermediários

30 de maio de 2019 31

O mercado de smartphones teve duas principais novidades no segmento de intermediários premium nesta semana. Na terça-feira (28), a Xiaomi apresentou os novos aparelhos da sua subsidiária. Entre eles, estava o Redmi K20.

Já nesta quinta-feira (30), a Motorola oficializou o Moto Z4 apenas para o mercado internacional, por enquanto, e com direito a suporte ao Moto Snap 5G.

Para saber como ambos os recém-anunciados smartphones se comportam contra os seus principais rivais do mesmo segmento, o TudoCelular preparou um comparativo em tamanho real entre eles e outros modelos atuais. Confira:

Redmi K20 vs Moto Z4 vs Galaxy A70 vs Mi 9 SE vs P30 Lite
74.3 x 156.7 x 8.8 mm
6.39 polegadas - 2340x1080 px
75 x 158 x 7.35 mm
6.4 polegadas - 2340x1080 px
76.7 x 164.3 x 7.9 mm
6.7 polegadas - 2400x1080 px
70.5 x 147.5 x 7.45 mm
5.97 polegadas - 2340x1080 px
72.7 x 152.9 x 7.4 mm
6.15 polegadas - 2312x1080 px
Ir para página de comparação

Notch em gota predomina

Entre os intermediários premium introduzidos em 2019, é possível constatar uma preferência pelo notch em forma de gota. Esse tipo de entalhe está presente em quatro dos cinco listados: Moto Z4, Galaxy A70, Mi 9 SE e P30 Lite. No entanto, na busca por aumentar o aproveitamento frontal sem precisar de um corpo grande, o Redmi K20 optou por uma câmera pop-up, a fim de obter um design full screen.

Por falar em tamanho, o único que se sobressai nessa característica é o modelo da Samsung, com uma tela de 6,7 polegadas. Os demais preferiram um tamanho de, no máximo, 6,4 polegadas, que não passasse de 16 cm de altura.

Imagem: Reprodução

Várias câmeras sem ser flagship

Outra tendência demonstrada pelo grupo de aparelhos é a presença de um conjunto de três câmeras traseiras já no segmento intermediário, sem precisar ser flagship para contar com essa opção. Apenas o aparelho da Motorola manteve apenas um sensor principal.

É possível observar ainda que a câmera primária de cada um tem, ao menos 24 MP – com maior frequência de 48 MP (Redmi K20, Moto Z4 e Mi 9 SE). A característica também reflete uma prioridade para as fotos nessa faixa de smartphone.

Redmi K20 Motorola Moto Z4 Samsung Galaxy A70 Xiaomi Mi 9 SE Huawei P30 Lite
Tela 6,39" 6,4" 6,7" 5,97" 6,15"
Chipset

Qualcomm Snapdragon 730

2x 2.2 GHz Kyro 470 Gold + 6x 1.8 GHz Kyro 470 Silver

Qualcomm Snapdragon 675

2x 2.0 GHz Kryo 460 Gold + 6x 1.7 GHz Kryo 460 Silver

Qualcomm Snapdragon 675

2x 2.0 GHz Kryo 460 Gold + 6x 1.7 GHz Kryo 460 Silver

Qualcomm Snapdragon 712

2x 2.3 GHz Kyro 360 + 6x 1.7 GHz Kyro 360

Huawei HiSilicon Kirin 710

4x 2.2 GHz Cortex-A73 + 4x 1.7 GHz Cortex-A53

GPU Adreno 618 Adreno 612 Adreno 612 Adreno 616 Mali-G51 MP4
RAM 6/8 GB 4 GB 6 GB 6 GB 4/6 GB
Armazenamento 128/256 GB 128 GB 128 GB 64/128 GB 128 GB
Câmera traseira 48 MP + 8 MP + 13 MP 48 MP 32 MP + 8 MP + 5 MP 48 MP + 13 MP + 8 MP 24 MP + 8 MP + 2 MP
Câmera frontal 20 MP 25 MP 32 MP 20 MP 32 MP
Dimensões e peso

156.7 x 74.3 x 8.8 mm

191 gramas

158 x 75 x 7.35 mm

165 gramas

164.3 x 76.7 x 7.9 mm

183 gramas

147.5 x 70.5 x 7.45 m

155 gramas

152.9 x 72.7 x 7.4 mm

159 gramas

Bateria 4.000 mAh 3.600 mAh 4.500 mAh 3.070 mAh 3.340 mAh

Hardware quase top de linha

Nos componentes internos, a promessa é que o usuário sinta uma experiência próxima de um flagship. Apenas o celular da Huawei conta com chipset de marca própria – HiSilicon Kirin 710 –, o qual permite realizar todas as tarefas sem qualquer problema.

Já os outros quatro optaram por hardwares da Qualcomm, entre a série 600 e a 700. O destaque fica para o Redmi K20, com o Snapdragon 730 – considerado uma versão muito próxima ao Snapdragon 845, o modelo top de linha do ano passado.


Memórias para não passar apuros

Assim como os chipsets, as memórias também entregam configurações semelhantes aos carros-chefes das marcas. Todos contam com, ao menos, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno.

Outra diferença ocorre na interface do usuário presente em cada aparelho – somente se repete com a MIUI nos dispositivos Redmi K20 e Mi 9 SE. A escolha da personalização do Android 9 Pie fica por conta da preferência do consumidor quanto ao que ele entende ser mais familiarizado.

E aí, qual leva vantagem no comparativo em tamanho real entre os intermediários premium? Diga para a gente!

(atualizado em 20 de julho de 2019, às 02:56)

31

Comentários

Comparativo em tamanho real: Redmi K20 e Moto Z4 contra outros intermediários
Android

Melhores smartphones: TOP 5 do TudoCelular para você | Julho 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular