LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Oi vendida para AT&T? Plutão volta a ser planeta, preço do iPhone 11 e + | Plantão TC

02 de setembro de 2019 41

Chegou a hora de mais uma edição do Plantão TC, onde separamos as principais notícias da última semana para que você possa ficar por dentro de tudo o que rolou de mais importante em um único lugar.

Nesta edição vemos que a Apple finalmente marcou data para apresentar seus novos iPhones, a Samsung oficializou a chegada do Galaxy Note 10 ao Brasil, a AT&T pode comprar a Oi, os novos Motorola One Zoom e Moto E6 Plus tiveram mais detalhes vazados, e Plutão foi chamado novamente de planeta pelo chefe da NASA.

Ficou curioso? Então confira nosso resumo abaixo!

iPhone 11: detalhes, preço e data de lançamento

A Apple marcou a data oficial de lançamento de seus novos iPhones. Com evento agendado para o dia 10 de setembro, resta apenas uma semana para que possamos conhecer todos os detalhes dos novos aparelhos oficialmente, mas assim como em anos anteriores resta muito pouco para ser revelado.

Os novos iPhone 11, 11 Pro e 11 Pro Max foram alvos de muitos vazamentos nas últimas semanas, sendo possível termos uma ideia bem clara do que está por vir.

Como novidades para esta edição do Plantão TC, ficam os supostos preços a serem cobrados por eles, partindo de US$ 750 no iPhone 11, US$ 1.000 no iPhone 11 Pro, e US$ 1.100 no iPhone 11 Pro Max.

Também vimos fotos de algumas capinhas que confirmam o nome comercial dos aparelhos e o espaço considerável para a área das câmeras traseiras, então se você é do grupo que ainda torce para que o design não se confirme, é melhor começar a se conformar.

Detalhes do Motorola One Zoom e mais imagens do Moto E6 Plus

O One Zoom deve ser o próximo grande lançamento da Motorola, tendo vazado bastante nas últimas semanas. Ao contrário de One Vision e One Action, porém, ele não viria vinculado ao projeto Android One, trazendo de fábrica apps e serviços da Amazon como o Alexa.

Nesta semana vimos mais imagens e detalhes do aparelho, reafirmando seu visual com câmera quádrupla “de dominó” na parte traseira, entalhe de gota na tela, opções de cores, além do conjunto fotográfico e de processamento que será entregue.

As grandes novidades em relação aos vazamentos anteriores estão para a bateria de 4.000 mAh, bem maior do que o que se esperava até então, e para as especificações das câmeras, com sensor principal de abertura f/1.7 e frontal de 25 megapixels. O preço também seria um pouco mais amigável, de 400 euros.

Quem vazou também foi o Moto E6 Plus, que deve chegar ao mercado nas cores cinza, vermelho e vinho. O aparelho está bem bonito para um modelo de entrada, mas ainda não temos nenhum detalhe sobre processador, armazenamento ou resolução de câmeras.

Imagens do Mate 30 Pro, que chega com Android mas sem serviços Google

A treta entre China e Estados Unidos está longe de acabar, e a Huawei parece ter sido mesmo escolhida como bode expiatório nessa disputa. Depois de muitas incertezas, bloqueios e desbloqueios, a chinesa se viu mais uma vez proibida de usar serviços do Google em seus próximos lançamentos, e pelo visto isso afetará as vendas do Mate 30, agendado para ser anunciado no dia 19 de setembro na Alemanha.

O aparelho foi bastante vazado nos últimos dias, reforçando a presença de um notch bem largo na parte frontal e o módulo circular onde ficam as quatro câmeras traseiras, além de detalhes técnicos como a presença do Kirin 990 e do Android 10 já rodando de fábrica.

Mesmo contando com o robozinho verde, ele deve usar como base o sistema AOSP sem serviços do Google, o que significa que usuários vão ter que apelar para outras formas de instalar os aplicativos. É algo parecido ao que aconteceu com a linha Nokia X da Microsoft.

Ainda vamos precisar esperar mais duas semanas para ver se a situação melhora, ou se a Huawei usará o seu plano B, HarmonyOS, apresentado recentemente e antes do que pensava.

Galaxy Note 10 chega ao Brasil por até R$ 6.800

No último Plantão falamos sobre os brindes e período de pré-venda da linha Galaxy Note 10 no Brasil, e ela foi finalmente oficializada nesta segunda-feira.

Além da confirmação do que já havíamos revelado com exclusividade, tivemos também o preço oficial que será cobrado pela Samsung, ficando dentro da margem prevista. O Galaxy Note 10 parte de R$ 5.300, enquanto o Galaxy Note 10 Plus pode ser encontrado por R$ 5.700 ou R$ 6.800, dependendo da quantidade de armazenamento.

AT&T pode comprar a Oi

Não é de hoje que a Oi passa por problemas financeiros sérios, pedindo recuperação judicial em 2017 e nem assim conseguindo sair do buraco. Pelo visto a saída para a crise na empresa será a venda completa de seus ativos para a estadunidense AT&T, que no Brasil é dona da SKY.

A própria AT&T já se manifestou oficialmente sobre o assunto, confirmando o interesse em concretizar a transação ainda em 2019, mas para isso depende de mudanças na legislação de propriedade cruzada. Com tantas pautas em discussão no Senado, resta ver se o Presidente Jair Bolsonaro consegue atender ao pedido do presidente da AT&T e levar essa discussão adiante nos poucos meses que ainda restam até dezembro.

Veto de Bolsonaro contra Lei das Fake News derrubado

Por falar no Presidente da República, Bolsonaro viu seu veto à Lei das Fake News derrubado pelos congressos da Câmara e Senado essa semana. A lei será aplicada em casos em que o usuário sabe que aquela informação é mentirosa, e mesmo assim a compartilha com o intuito de prejudicar a imagem de um candidato em uma corrida eleitoral, rendendo de 2 a 8 anos de reclusão.

Ainda não há um prazo para a lei entrar em vigor, sendo esperada a criação de uma comissão para analisar melhor o funcionamento da lei e seus dispositivos, já que não há uma regulamentação de como ela será aplicada e quais os fatores que definirão se uma notícia é ou não falsa, além da ciência sobre isso de quem a compartilhou.

Chefe da NASA considera Plutão como planeta

A vida dos estudiosos do sistema solar não é nada fácil, em especial em relação a Plutão. Desde 2006 que temos reviravoltas sobre considerar ou não o mais distante corpo de nosso sistema como planeta.

E parece que mesmo o consenso da comunidade científica sobre tê-lo como um “planetóide”, ou um planeta anão, não foi capaz de convencer Jim Bridenstine, chefe da NASA, que durante uma coletiva afirmou categoricamente que considera Plutão como o nono planeta do sistema solar porque “foi assim que ele aprendeu”.

A declaração causou certo alvoroço na comunidade científica pelo fato de Bridenstine não ser exatamente um cientista de carreira, chegando ao posto de diretor da NASA por indicação de Donald Trump em 2017.

Além disso, a regra criada em 2006 para definir o que seria considerado um planeta foi amplamente aceita pela comunidade, não sendo dado qualquer contraponto pelo chefe da NASA que a invalidasse.


41

Comentários

Oi vendida para AT&T? Plutão volta a ser planeta, preço do iPhone 11 e + | Plantão TC
Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Agosto 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular