LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Moto G9 Plus vs One Fusion Plus: mesmo chip, experiências diferentes | Comparativo

29 de outubro de 2020 45

Buscando um intermediário avançado da Motorola e bateu a dúvida entre o Moto G9 Plus e One Fusion Plus? O dois possuem configuração parecida com design diferenciado. Um tem furo na tela e outro traz câmera pop-up. E aí, você deve escolher apenas pela aparência ou o conjunto faz diferença? Vamos conferir os pontos fortes e fracos de cada para saber qual é a melhor escolha.

Índice do comparativo

Design

Motorola Moto G9 Plus

Motorola One Fusion Plus

O G9 Plus é o maior celular da linha e supera o Fusion Plus em medidas: sendo maior, mais largo e pesado. A qualidade de construção é a mesma nos dois com corpo feito de plástico nas laterais e traseira.

O Fusion aposta em câmera pop-up para livrar a tela de qualquer tipo de entalhe, enquanto o outro traz furo no canto esquerdo. Na traseira temos as câmeras organizadas em bloco saltado no G9 Plus, já o Fusion tem o design convencional da Motorola com as câmeras organizadas em linha vertical.

78.1 x 169.98 x 9.89 mm
6.8 polegadas - 2400x1080 px
76.9 x 162.9 x 9.6 mm
6.5 polegadas - 2340x1080 px
Ir para página de comparação

Ambos podem ser encontrados na cor azul. Enquanto o G9 Plus tem uma opção de cor dourada, o Fusion Plus aposta na tonalidade branca. Aliás, esta cor tem frente clara, diferente dos demais celulares da Motorola que sempre trazem moldura preta ao redor da tela.

E depois de anos incorporando o sensor de digitais no logo na traseira, Motorola finalmente apostou em algo diferente no G9 Plus. Agora o leitor biométrico fica na lateral direita integrado ao botão de energia e ele ainda traz de vantagem conectividade NFC.

E iniciamos o comparativo com um ponto para cada.

Multimídia e software

Tela e som


Procurando tela OLED? Esqueça, a Motorola apostou em painel IPS LCD. Ambos possuem resolução Full HD+ com o G9 Plus apresentando mais polegadas. Será que há diferença na qualidade? Os dois alcançam o mesmo nível de brilho máximo, então se busca um celular para uso fora de casa pode escolher qualquer um. O problema do G9 Plus é que a tela é mais escura nas bordas e ao redor do furo.

O nível de contraste e ângulo de visão também são parecidos, com o Fusion sendo um pouco melhor. A reprodução de cores também é melhor no modelo mais antigo da Motorola, com cores mais próximas da realidade, enquanto o Moto G9 Plus tende para tons frios deixando o branco azulado. Você pode minimizar isso nas configurações de tela.

A Motorola vinha apostando em som estéreo na linha Moto G Plus, mas o G9 ficou de fora. Aqui temos som mono em ambos, com o Fusion Plus entregando potência sonora um pouco superior e áudio mais equilibrado entre graves, médios e agudos. O G9 Plus tem som mais abafado e distorce um pouco no máximo. Os dois trazem o mesmo fone de ouvido e entregam qualidade sonora similar.

O Fusion Plus leva ponto duplo por ser melhor em multimídia.

Software


A Motorola não é muito de inovar em software e aqui temos experiência similar com ambos. Eles saem da caixa com Android 10 e a mesma interface limpa que estamos acostumados. Além dos gestos tradicionais há o My UX com algumas opções de customização onde é possível alterar o tamanho e formato dos ícones da tela inicial, mudar a fonte do sistema, e escolher uma cor de destaque para os atalhos do Android na tela de notificações.

O diferencial do Moto G9 Plus está na Tela Interativa, que nada mais é do que um menu flutuante que é acessado ao tocar duas vezes no leitor biométrico. É algo similar ao Tela Edge da linha Galaxy, mas aqui você fica limitado apenas a seis aplicativos à sua escolha que pode salvar como favoritos.

Com relação a atualizações, os dois devem receber pelo menos o Android 11. Mas não espere muito além disso.

Damos empate na parte de software.

Desempenho
Quanto menor o tempo, melhor

O hardware é quase idêntico entre os dois. O Fusion Plus vem equipado com o Snapdragon 730 e o G9 Plus com Snapdragon 730G. A única diferença é a velocidade da GPU e isso não chegou a impactar em nosso teste de velocidade. Ambos apresentam mesmo desempenho multitarefas e fica claro que a Motorola poderia ter sido mais generosa na quantidade de RAM, já que os dois sofrem para segurar muitos apps abertos ao mesmo tempo.

Em benchmarks temos pequena vantagem apenas na pontuação da GPU. No AnTuTu a diferença nos pontos não passa nem de 5%. Em jogos também temos desempenho similar com PUBG rodando em HD na qualidade Alta e demais com ótima fluidez no máximo. O software da Motorola permite bloquear notificações enquanto joga, mas não há configurações avançadas para jogos.

Damos empate em desempenho.

Bateria
Quanto maior o tempo, melhor (exceto recarga)

Mesmo tamanho de bateria com chip similar e mesma resolução de tela. Esperávamos ver autonomia próxima, mas para nossa surpresa o Fusion Plus rendeu 5 horas a mais em nosso teste. Isso quer dizer que quando o G9 Plus descarregar, você ainda terá um quarto da bateria para usar no Fusion Plus.

A Motorola foi mais generosa com o carregador no G9 Plus que entrega 12W a mais de potência e isso ajudou a reduzir o tempo de recarga em 40 minutos, o que é muito bom, mas ainda poderia ser melhor. Esperar mais de 1h e meia para um celular com carregador de 30W recarregar é muito, mas é melhor do que as mais de 2h com Fusion.

Damos um ponto para cada em bateria.

Câmeras

Outro ponto que os dois celulares da Motorola têm em comum é o conjunto de câmeras. Temos o mesmo sensor principal de 64 MP, uma câmera secundária com lente grande-angular, uma dedicada para macros e outra para desfoque de fundo.

Por incrível que pareça, a qualidade fotográfica não é a mesma. Parece que Motorola não se esforçou em otimizar o software do G9 Plus e ele registra fotos com nitidez inferior e mais ruídos – até mesmo de dia. As cores são próximas e o HDR funciona bem nos dois. À noite terá fotos mais claras no G9 Plus, porém em troca de imagens granuladas e com texturas inferiores.

Nenhum empolga com a ultra-wide, porém o Fusion Plus sofre menos à noite com a lente mais ampla – há modo noturno que não faz muita diferença em nenhum. A sua macro tem resolução superior e com isso registra fotos com maior nitidez. Já a de desfoque funciona bem nos dois e apresenta poucos erros.

Damos ponto ao Fusion Plus por melhor conjunto traseiro de câmeras.

Fotos tiradas com o Motorola Moto G9 Plus

Assim como no conjunto traseiro, na frontal também temos a mesma câmera nos dois. A qualidade é bastante similar. De dia terá boas fotos, mesmo em locais fechados, porém à noite perde-se nitidez e os ruídos ficam evidentes. O desfoque de fundo apresenta algumas falhas, mas gera um bom efeito. O HDR fica mais limitado e será normal ver fotos com luz estourada de fundo.

Damos empate em selfies.

Fotos tiradas com o Motorola One Fusion Plus

Ambos gravam vídeos em 4K. De dia a qualidade é próxima, apenas nota-se nitidez superior no Fusion. Essa diferença aumenta muito em locais mais escuros e é nesses momentos que vemos o quanto a câmera do G9 Plus decepciona. Os dois apresentam boa estabilização e foco ágil, mas o G9 Plus tende a ficar mais lerdo quando a iluminação é precária. Na captura de som temos vantagem para o Fusion. Com a frontal terá vídeos similares com ambos.

Encerramos câmera com o último ponto para o Fusion.

Preço

O One Fusion Plus chegou ao mercado em meados de 2020 por R$ 2.500, mesmo valor que a Motorola chegou cobrando recentemente no Moto G9 Plus. E como esperado, o mais antigo pode ser encontrado em ofertas mais generosas e acabará saindo um pouco mais barato. Claro que o preço do G9 Plus vai desvalorizar mais com o tempo, mas será difícil vê-lo custando muito menos do que seu irmão mais velho.

Encerramos o comparativo com o último ponto para o One Fusion Plus.

8.2 Hardware
7.7 Custo Benefício

Motorola Moto G9 Plus

Comparar Aviso de preço
8.3 Hardware
8.1 Custo Benefício

Motorola One Fusion Plus

Comparar Aviso de preço

Conclusão

É, parece que o Moto G9 Plus não é capaz de superar o Fusion Plus. Fica claro que Motorola errou no preço do seu recente lançamento e ele não consegue competir com celulares do mesmo segmento. Vale mais a pena ir no modelo com câmera pop-up, assim você se livra do furo na tela, terá o mesmo desempenho com bateria que dura mais e melhor conjunto de câmeras para fotos e vídeos.

O G9 Plus só valerá a pena quando custar R$ 400 a menos do que o One Fusion Plus. Menos do que isso não fará sentido para ter um celular com câmeras piores à noite e pior experiência multimídia. Exceto se você realmente fizer questão de ter NFC e preferir o leitor biométrico na lateral.

RESULTADO

Motorola One Fusion Plus: 10 PONTOS

  • Mais compacto e sem furo na tela
  • Tela com melhor uniformidade
  • Som mais equilibrado
  • Software limpo
  • Bom desempenho com apps e jogos
  • Maior autonomia de bateria
  • Melhor conjunto de câmeras
  • Boa câmera de selfies
  • Melhor filmadora
  • Mais barato em promoções

Motorola Moto G9 Plus: 5 PONTOS

  • Leitor biométrico mais prático e NFC
  • Software otimizado
  • Bom desempenho com apps e jogos
  • Menor tempo de recarga
  • Boa câmera de selfies
(atualizado em 24 de novembro de 2020, às 05:04)

45

Comentários

Moto G9 Plus vs One Fusion Plus: mesmo chip, experiências diferentes | Comparativo
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 169.485 mortes em 6.087.608 casos confirmados | Relatório diário

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Setembro 2020

Apple

Agora tem widgets? iOS 14 e todas as suas novidades | Hands-on em vídeo

Tech

De Peste Antonina à Covid-19: pandemias que abalaram o mundo | Detetive TudoCelular