LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Moto G 5G Plus vs Mi 10 Lite: qual celular 5G intermediário você deve comprar? | Comparativo

22 de janeiro de 2021 26

Está pensando em trocar de celular e quer investir logo em um aparelho 5G para não ter que trocar tão cedo? Temos aqui uma boa disputa entre o Moto G 5G Plus e o Mi 10 Lite. Eles buscam oferecer o melhor custo-benefício para quem já está de olho na nova geração da internet móvel. Qual dos dois será a melhor compra? Neste comparativo do TudoCelular você vai conferir os pontos fortes e fracos de cada modelo para ajudar na sua escolha por um bom celular 5G.

Índice do comparativo

Design

Motorola Moto G 5G Plus

Mi 10 Lite

Começamos pelo design e aqui temos dois celulares bastantes diferentes. O Motorola é mais comprido com sua tela no padrão cinema 21:9, o que o torna ótimo para ver filmes, mas pode complicar o uso com uma mão ao tentar alcançar as notificações no topo. Sem falar que o leitor de digitais fica integrado ao botão de energia na lateral em posição alta e será ruim de usar para quem tem mãos pequenas.

Outro ponto que pode incomodar no Moto G é o furo duplo para as câmeras de selfie. O acabamento todo em plástico também pode decepcionar alguns. Já o seu rival até tem laterais também em plástico, mas a traseira é de vidro e tem proteção Gorilla Glass 5. A moldura da tela apresenta menos bordas e o leitor biométrico integrado ao display é mais prático.

74 x 168 x 9 mm
6.7 polegadas - 2340x1080 px
74.77 x 163.91 x 7.98 mm
6.57 polegadas - 2340x1080 px
Ir para página de comparação

O intermediário da Xiaomi é mais compacto, fino e leve, além de apostar em entalhe mais tradicional que não devora tanto da tela. Na parte traseira temos bloco saltado com quatro câmeras em cada. O Motorola se destaca por ter um flash gigante que realmente ilumina mais.

Em termos de conectividade, além do 5G, há as mesmas versões do Wi-Fi, Bluetooth e NFC. A vantagem do Mi 10 Lite está em também oferecer infravermelho para usar o celular como controle remoto.

Começamos com o primeiro ponto para a Xiaomi.

Multimídia e software

Tela e som


Em tela temos uma boa disputa. A Xiaomi aposta no bom AMOLED com contraste infinito para preto perfeito e amplo ângulo de visão. Já a Motorola decidiu ir de IPS LCD, porém com taxa de 90 Hz para maior fluidez. O que você acha melhor: cores vibrantes ou animações mais ágeis?

O Moto G entrega bom nível de brilho, mas o rival vai além com seu modo externo, o que ajuda bastante em dias ensolarados. Ambos possuem suporte a HDR10 que funciona com os principais serviços de streaming. É, temos que admitir, é uma escolha difícil aqui – ainda mais se você curte tela bem calibrada, e nisso o modelo chinês ganha.

Xiaomi e Motorola podem ter caprichado na tela, mas pecaram no áudio. Há apenas uma saída de som aqui e a potência é apenas mediana. O Moto G tenta reproduzir graves, mas como seu alto-falante é pequeno, o som sai abafado. O Mi 10 Lite entrega mesma potência sonora, mas foca mais nos agudos que ofuscam os médios. O Xiaomi é melhor para vídeos, enquanto nenhum é recomendado para músicas. Pelo menos o Motorola vem com fone na caixa que ajuda a quebrar o galho.

Daremos empate no quesito multimídia.

Software


Temos Android 10 de ambos os lados. A interface da Motorola traz apenas o essencial e vem com poucos extras como os gestos já conhecidos. A novidade fica para o novo gesto que reduz a interface para facilitar o uso com apenas uma mão. Também há um menu flutuante que é ativado ao tocar duas vezes no leitor biométrico. Nele você pode adicionar seus apps favoritos ou criar atalhos.

O Mi 10 Lite entrega mais funcionalidades e poder de customização. Ele já vem com app de controle remoto para usar o infravermelho para controlar eletrônicos na sua casa, tem Always on Display que exibe efeito luminoso nas bordas para notificações, e há até atalhos para dispositivos IoT na tela de bloqueio.

As duas interfaces fluem bem e podemos declarar empate em software.

Desempenho
Quanto menor o tempo, melhor

O Moto G vem equipado com o Snapdragon 765 e seu rival aposta no mais poderoso Snapdragon 765G. A diferença está apenas na velocidade da CPU e em pequenas melhorias para o consumo em energia em standby. Isso poderia dar vantagem ao modelo da Xiaomi, mas como a Motorola foi mais generosa na quantidade de RAM do modelo vendido no Brasil, temos um melhor desempenho no multitarefas.

A velocidade superior do processador garantiu ao Mi 10 Lite alguns pontos extras nos testes de benchmarks. No caso do AnTuTu não chegamos a ter uma diferença nem de 10%. Em jogos temos ótimo desempenho com ambos e não vimos problema para rodar nenhum game para Android. A tela de 90 Hz do Moto G 5G Plus ajuda a quebrar o limite dos 60 fps, mas tenha em mente que a grande maioria dos jogos ainda não tira proveito disso.

O Moto G leva a melhor em desempenho.

Bateria
Quanto maior o tempo, melhor (exceto recarga)

O Motorola tem quase 900 mAh a mais de bateria, o que poderia garantir algumas horas a mais de autonomia, mas a tela com velocidade maior cobra seu preço. Você pode travar o painel em 60 Hz se quiser que a bateria dure mais. Ainda assim, os dois garantem duração para o dia inteiro.

Se a bateria do Moto G rende alguns minutos a mais, ela também demora alguns minutos extras para recarregar. No final das contas, nenhum dos dois acaba levando vantagem nessa briga.

E por isso, daremos um ponto a cada.

Câmeras

Será que teremos empate no final? Cada modelo possui câmera de 48 MP e você já poderia esperar por resultados similares, mas é aqui que a Xiaomi mostra que seu software faz melhor uso do hardware. O Mi 10 Lite registra imagens mais nítidas com melhores cores e HDR mais eficiente. O Moto G apresenta ruídos nas sombras até mesmo em fotos tiradas de dia.

Nenhum chega a empolgar com a câmera ultra-wide, mas a do modelo chinês é um pouco melhor. A câmera macro do Motorola tem resolução superior e permite registrar mais detalhes de objetos, mas o foco é meio problemático. A de desfoque funciona bem nos dois, seja com pessoas ou objetos. Já o modo noturno apresenta melhores resultados no Mi 10 Lite.

Damos ponto ao Xiaomi em conjunto traseiro de câmera.

Fotos tiradas com o Motorola Moto G 5G Plus

O Moto G tem duas câmeras frontais, sendo uma com lente ultra-wide. Isso permite que você tire selfies com mais pessoas sem se espremer para caber todo mundo na foto. No geral, as fotos tiradas com o Mi 10 Lite são um pouco melhores, mas com o Motorola você ganha maior flexibilidade. O modo retrato apresenta falhas em ambos, mas não peca tanto no HDR com o intermediário da Xiaomi.

Daremos um ponto a cada em selfies.

Fotos tiradas com o Mi 10 Lite

Na filmadora também temos uma boa disputa. Os dois gravam vídeos com qualidade similar de dia, possuem boa estabilização para lidar com os tremidos e o foco é ágil mesmo em locais mais escuros. Filmar à noite já favorece o modelo chinês, sem falar que o Mi 10 Lite permite gravar com a traseira e frontal ao mesmo tempo, além de ter filmagem em câmera lenta com a frontal.

Encerramos câmera com ponto para o Mi 10 Lite.

Preço

O Moto G 5G Plus chegou custando R$ 3 mil e pode parecer muito caro para um modelo da linha Moto G que tinha a proposta inicial de ser barata. Porém, você paga isso pelo 5G e os 8 GB de RAM. O rival da Xiaomi não foi lançado oficialmente por aqui, mas pode ser encontrado por preço mais acessível no mercado cinza. E é sempre bom lembrar que você não terá garantia.

Se busca apenas o mais barato, então o Xiaomi será a escolha.

8.4 Hardware
7.4 Custo Benefício

Motorola Moto G 5G Plus

Comparar Aviso de preço

Conclusão

Se você estava buscando um celular 5G com preço mais acessível, agora já sabe qual comprar. O Mi 10 Lite é melhor no geral do que o Moto G 5G Plus. Ele tem melhor acabamento, tela com brilho mais forte e belas cores, passa menos tempo na tomada e a bateria rende bem, registra melhores fotos e vídeos, e tudo isso custando menos.

As vantagens para o Motorola ficam para a tela de 90 Hz que garante maior fluidez em alguns jogos, melhor desempenho no multitarefas por ter mais RAM e a câmera ultra-wide frontal para registrar selfies com a turma toda. Se você tem medo de se arriscar em celular sem garantia, o Moto G 5G Plus pode ser uma compra mais interessante, mas no geral o rival da Xiaomi vale mais a pena.

RESULTADO

Xiaomi Mi 10 Lite: 9 PONTOS

  • Mais compacto e melhor acabamento
  • Tela com brilho mais forte e melhores cores
  • Som voltado para os agudos
  • Software mais recheado de recursos
  • Menor tempo de recarga
  • Melhores câmeras
  • Melhores selfies de dia
  • Melhor filmadora
  • Menor preço

Motorola Moto G 5G Plus: 6 PONTOS

  • Painel de 90 Hz
  • Som voltado para os graves
  • Software bem otimizado
  • Desempenho superior
  • Maior autonomia de bateria
  • Câmera ultra-wide para selfies
(atualizado em 08 de março de 2021, às 21:02)

26

Comentários

Moto G 5G Plus vs Mi 10 Lite: qual celular 5G intermediário você deve comprar? | Comparativo
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020