LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

POCO M3 vs Moto G9 Power: qual o melhor celular entre os gigantes de bateria? | Comparativo

03 de abril de 2021 34

Poco M3 e Moto G9 Power possuem muito em comum: tela IPS LCD, Snapdragon 662, 4 GB de RAM, conjunto triplo de câmeras e bateria de 6.000 mAh. Com isso surge aquela dúvida básica: qual é o melhor para comprar? O TudoCelular vai te ajudar listando os pontos fortes e fracos de cada um para que você faça a escolha correta.

Índice do comparativo

Design

Poco M3

Motorola Moto G9 Power

Se tem uma coisa diferente entre os intermediários acessíveis da Xiaomi e Motorola é o design. Enquanto o Moto G9 Power tem visual mais tradicional com corpo simples feito de plástico e câmeras agrupadas em formato cooktop, o Poco M3 foge do convencional e tem traseira com textura que imita couro, além de bloco gigante de vidro para deixar o design mais harmônico.

O modelo chinês é mais compacto e leve; isso se deve pela diferença no tamanho de tela. Ele tem bordas mais compactas e entalhe em formato de gota. A textura na traseira melhora a pegada, deixando-o menos escorregadio. O G9 Power é mais esticado com tela no padrão cinema e adota furo para câmera de selfies no canto superior esquerdo.

77.3 x 162.3 x 9.6 mm
6.53 polegadas - 2340x1080 px
76.69 x 172.14 x 9.66 mm
6.78 polegadas - 1640x720 px
Ir para página de comparação

Você prefere leitor biométrico na traseira como no G9 Power ou integrado ao botão de energia na lateral como no Poco M3? Aqui a escolha vai do gosto de cada usuário, já que ambos apresentam boa velocidade no desbloqueio e raramente falham.

Em termos de conectividade temos destaque para o Poco por trazer sensor infravermelho. Já em termos de Wi-Fi e Bluetooth não há diferença entre os dois. E se você busca por conexão NFC, então pode esquecer ambos.

Começamos o comparativo com o primeiro ponto para o Poco.

Multimídia e software

Tela e som


Se busca o melhor celular para ver filmes, então a escolha ideal será o Moto G9 Power. Ele traz tela maior e formato ultrawide, o que reduzirá bastante aquelas faixas pretas que vemos em filmes. Além disso, sua tela alcança brilho mais alto e tem contraste superior. O preto parece mais preto e as cores apresentam maior vivacidade. Fica claro que a Poco economizou bastante na tela do M3.

Mas nem tudo é inferior no modelo chinês. Enquanto a Motorola adotou resolução apenas HD, a Poco investiu em painel Full HD. O que é mais importante para você: uma imagem mais nítida ou melhores cores e brilho mais forte?

Se a Motorola leva vantagem em imagem, a Poco vence em som. É uma pena que o G9 Power não tenha som estéreo como o seu antecessor. O M3, não apenas tem duas saídas de som, como a qualidade é muito superior a celulares baratos. Com ele você tem graves, médios e agudos na medida. Claro, não sentirá as batidas nas músicas, mas é superior ao som distorcido do rival com excesso de agudos.

A Motorola leva vantagem apenas por fornecer um fone de ouvido com o aparelho. É um acessório básico e que quebra o galho, mas valerá a pena investir em fone melhor para ouvir músicas.

Daremos empate em multimídia: G9 Power ganha em tela e o M3 em som.

Software


A Motorola vem decepcionando em software atualmente e está cada vez mais lenta na liberação de atualizações do Android. A verdade é que a Xiaomi também peca no suporte e muitos dos seus aparelhos estão defasados sem receber nem os pacotes mensais de segurança. E para piorar tudo, a empresa ainda solta software com bugs que até podem inutilizar o aparelho.

Se você se importa em ter um celular atualizado, então está buscando no lugar errado. Ambos estão presos no Android 10 e sem data para receber o Android 11. Já em termos de recursos temos um software mais completo no Poco M3, mas por outro lado sofre mais com otimização e tem um gerenciamento de RAM muito precário.

Poderíamos dar empate, mas é inaceitável o padrão de qualidade de software da Xiaomi. Então damos ponto ao G9 Power.

Desempenho
Quanto menor o tempo, melhor

Mesmo processador, mesma quantidade de RAM. Você poderia esperar empate em desempenho, mas é aqui onde a MIUI coloca tudo a perder. Em nosso teste de velocidade focado no multitarefas vimos o M3 levar quase o dobro do tempo. O gerenciamento de RAM é tão ruim que ele acabou recarregando todos os apps e jogos.

E benchmarks? Como aqui é avaliado apenas o poder bruto de cada hardware e os dois possuem muito em comum, vimos praticamente um empate. No AnTuTu a diferença foi tão pequena que nem vale a pena ser considerado. E jogos?

Temos a mesma GPU nos dois, mas o Poco tem resolução superior e isso pesa no desempenho em jogos. A verdade é que nenhum impressiona em games pesados, sendo voltados mais para jogadores casuais, porém o M3 apresenta engasgos mais constantes por ter que lidar com mais pixels.

Damos vitória para o Moto G9 Power em desempenho.

Bateria
Quanto maior o tempo, melhor (exceto recarga)

Bateria de 6.000 mAh dos dois lados, será que temos um empate? O Poco M3 tem mais pixels para alimentar, mas sua tela é menor. O resultado é que o modelo da Xiaomi rende um pouco a mais. A diferença é pequena e o que importa é que ambos entregam carga para mais de um dia. Mesmo com uso mais pesado dificilmente terá que recarregar a bateria mais de uma vez no dia.

A Xiaomi até levaria a vitória se não fosse pelo tempo de recarga mais demorado. O Motorola demora 2 horas para encher completamente sua bateria, enquanto o Poco leva quase 1 hora a mais. No final das contas, podemos declarar um empate.

Ponto para os dois.

Câmeras

M3 e G9 Power possuem três câmeras na traseira com direito a uma dedicada para macros e outra para desfoque de cenário. A diferença fica apenas para a resolução da principal, sendo superior no modelo da Motorola. Isso quer dizer que o G9 Power registra melhores fotos? Em nitidez sim, mas nem sempre acerta nas cores.

O celular da Motorola tende para cores mais frias, enquanto o da Poco tende a capturar tons mais vibrantes. O problema é que o HDR nem sempre funciona como deveria no M3 e às vezes as fotos saem um pouco escuras. Em cenários com pouca luz é onde o G9 Power se destaca por ter melhor modo noturno.

A câmera macro tem resolução baixa em ambos, então não espere por fotos detalhadas. É uma pena que a Xiaomi não tenha investido em foco automático como fez em alguns intermediários da linha Redmi, isso ajudaria a chegar mais perto do que deseja fotografar. A de desfoque funciona bem em ambos, sofrendo um pouco menos no G9 Power em locais mais escuros.

A Motorola leva pequena vantagem em câmera.

Fotos tiradas com o Poco M3

Qual é melhor para selfies? Depende. O Moto G9 Power sofre com contraste em fotos ensolaradas, provavelmente por conta de HDR mal regulado. Neste ponto o Poco M3 leva a melhor com cores certas e próximas da realidade, mas por outro lado tem nitidez inferior. Já em cenários escuros é onde o Motorola leva vantagem com fotos mais nítidas e com menos ruídos. E qual tem melhor efeito de desfoque? Aqui vemos uma melhor separação de planos no M3.

Daremos um ponto a cada em selfies.

Fotos tiradas com o Moto G9 Power

Nenhum é capaz de gravar em 4K, o G9 Power se destaca por permitir filmar em Full HD a 60 fps, ter melhor estabilização e foco mais ágil, além de capturar áudio mais limpo. O ponto mais decepcionante na filmadora do Poco M3 está ao gravar vídeos com a frontal em locais escuros. A filmagem sai cheia de ruídos, sendo pior que alguns celulares de entrada que testamos.

Encerramos câmera com vitória para o G9 Power.

Preço

Poco M3 e Moto G9 Power podem ser encontrados na mesma faixa de preço, mas isso levando em consideração o modelo importado disponível via marketplace. Ou seja, você abrirá mão da garantia e ainda terá metade do armazenamento do rival. Com isso, não tem o que discutir, o da Motorola entrega melhor custo-benefício.

Encerramos o duelo com a última vitória para o G9 Power.

8.2 Hardware
8 Custo Benefício

Poco M3

Comparar Aviso de preço
7.4 Hardware
7.1 Custo Benefício

Motorola Moto G9 Power

Comparar Aviso de preço

Conclusão

Xiaomi já foi rainha do custo-benefício, mas atualmente vem perdendo para rivais nacionais. O Moto G9 Power vale mais o seu preço: você leva um celular com melhor tela, desempenho superior, que recarrega mais rápido, registra melhores fotos e vídeos, e ainda vem com muito armazenamento interno.

O Poco M3 é mais compacto e leve, tem emissor de infravermelho, som estéreo potente e sua bateria dura um pouco mais. Seu grande problema é a MIUI, que além de não tirar proveito do hardware ainda tem updates problemáticos. A Xiaomi precisa dar mais atenção ao seu software urgentemente ou vai ficar para trás. Não adianta ter bons celulares se o sistema é ruim, ou abandonado, ouviu dona Motorola?.

RESULTADO

Motorola Moto G9 Power: 8 PONTOS

  • Tela com brilho e contraste superior
  • Software menos problemático
  • Melhor desempenho
  • Menor tempo de recarga
  • Melhor conjunto de câmeras
  • Melhores selfies noturnas
  • Melhor filmadora
  • Mesmo preço com dobro de armazenamento

Poco M3: 4 PONTOS

  • Mais completo e compacto
  • Som estéreo de qualidade
  • Maior autonomia de bateria
  • Melhores selfies de dia
(atualizado em 22 de abril de 2021, às 15:14)

34

Comentários

POCO M3 vs Moto G9 Power: qual o melhor celular entre os gigantes de bateria? | Comparativo
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020