LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Redmi Note 7: novas imagens mostram poder do sensor de 48MP em várias condições de luz

11 de janeiro de 2019 7

Recém anunciado, em um movimento que tornou a transformou o nome Redmi em marca, o Redmi Note 7 impressiona pelo acabamento e pelo preço baixo. Mas o ponto que mais chama a atenção no smartphone é seu conjunto de câmeras traseiras, uma delas de 48MP.

O sensor que equipa a câmera traseira é um Samsung ISOCELL GM1 Ultra Clear com um tamanho de 1/2 polegada, que esta no mesmo nível do sensor Sony IMX586 usado no Huawei Nova 4.

Os pixels altos fornecem melhor desempenho para os produtos Samsung GM1, que adota o arranjo de pixels Quad Bayer, que pode combinar quatro pixels de 0,8 μm em uma tecnologia de quatro em quatro pixels (pixel binning). Um pixel grande de 1,6 μm (a foto de saída se torna 12MP) aumenta a quantidade de luz que entra na câmera.

O blog chinês MyDrivers capturou imagens com o Redmi 7 Pro em diferentes condições de luz para mostrar como esses sensores se comportam. Já havíamos mostrado o poder das câmeras do dispositivo anteriormente.

Há algumas limitações no hardware samsung ISOCELL GM1, o que fez com que algumas imagens fossem capturadas utilizando o modo profissional. O modo de inteligência artificial sem HDR é ativado quando o sensor de 12MP é utilizado.


Na imagem acima, vemos duas fotos da xícara de café do Starbucks. Na imagem feita pelo sensor de 48 MP, a fonte no recipiente fica mais clara, e perde nitidez no sensor de 12 MP, o que mostra que a lente maior dá mais atenção aos detalhes.

Combinando dados brutos de quatro pixels em um, a saída efetiva é uma quantidade maior de luz capturada, enquanto reduz o ruído gerado. Sem realmente aumentar artificialmente o “sinal” (quantidade de luz percebida pelo sensor, geralmente feita aumentando o ISO), a imagem resultante é muito mais brilhante quando o binning Pixel é usado simplesmente por causa da combinação de quatro dados de pixel em um.

O que as imagens mostram é que a câmera do Redmi Note 7 pode ser considerada a melhor em sua categoria, produzindo boa fotos sob a luz do dia, além de possuir um modo de AI na câmera amigável: quando o hardware percebe que a cena está contra a luz, oferece automaticamente as opções de Backlight e Sketch.

Veja outras imagens:

Especificações técnicas
  • Tela IPS LCD de 6,3 polegadas com resolução Full HD+
  • Entalhe em formato de gota
  • Proporção 19,5:9 com aproveitamento de tela de 81,4%
  • Processador Snapdragon 660 com oito núcleos
  • Câmera traseira dupla:
    • Sensor principal de 48 MP, abertura f/1.8 e foco PDAF
    • Sensor secundário de profundidade com 5 MP e f/2.4
  • Câmera frontal de 13 MP
  • 3 GB, 4 GB ou 6 GB de memória RAM
  • 32 GB ou 64 GB de armazenamento interno
  • Bateria de 4.000 mAh com Quick Charge 4
  • Dimensões de 159,2 x 75,2 x 7,1 mm

7

Comentários

Redmi Note 7: novas imagens mostram poder do sensor de 48MP em várias condições de luz

OnePlus 6 e Redmi Note 5 entram na lista dos 15 aparelhos mais radioativos

Huawei no Brasil fará diferença? Positivo fecha trimestre no vermelho

Samsung Galaxy J7 Pro ou Motorola Moto G5S Plus? Comparativo TudoCelular ajuda a escolher

Ranking TudoCelular: gráficos com todos os testes de desempenho e autonomia até junho