LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Precisava? Facebook tenta emplacar dispositivos Portal com segunda geração a preços mais acessíveis

18 de setembro de 2019 2

Mesmo que ninguém tenha pedido o Facebook está lançando a segunda geração do Portal, seu dispositivo doméstico com assistente pessoal embutido, que permite chamadas de vídeo com contatos, além de acesso a serviços de streaming.

Os novos modelos chegam mais baratos: o Portal Mini, por exemplo, tem oito polegadas e chega por US$ 129, enquanto o modelo de 10 polegadas, chamado apenas de Portal, custará US$ 179.

Uma terceira versão, a Portal TV, nada mais é que um acessório com câmera e microfone que vai acoplado à sua TV, dando a ela capacidades para usar os recursos do Portal. O preço é de US$ 159.

A principal novidade da segunda geração é que ela se integra ao WhatsApp, e com isso é capaz de fornecer chamadas de vídeo ou voz com pessoas da sua lista diretamente pelo dispositivo. Uma parceria com a Amazon também está garantindo a presença da Alexa, além do Amazon Prime Video.

O Facebook também está expandindo a disponibilidade dos produtos, que até então eram comercializados apenas nos Estados Unidos e Canadá. Pela primeira vez eles estarão disponíveis na Austrália e Nova Zelândia.


Com uma presença de mercado muito tímida ainda não é possível saber o porquê de Mark Zuckerberg tentar fazer o Portal acontecer. Essa divisão de produtos não aparece nos relatórios financeiros da companhia, reforçando rumores de que traz mais prejuízo do que receitas.

Para quem não confia muito no Facebook mas tem curiosidade pelo produto, a boa notícia é que todos os modelos do Portal agora contam com um switch que desativa as câmeras dos dispositivos. Assim, mesmo que um possível invasor obtenha acesso ao eletrônico, ele não conseguirá ver nada já que a lente só poderá ser reativada através de um mecanismo manual.

Apesar das novidades, fato é que o Portal tem um árduo caminho pela frente se quiser competir com soluções mais abrangentes e completas da indústria de casas inteligentes. Será que assim como no mercado de softwares a empresa de Mark Zuckerberg irá prosperar?

E você, o que achou dos novos modelos do Portal? Conte para a gente nos comentários!


2

Comentários

Precisava? Facebook tenta emplacar dispositivos Portal com segunda geração a preços mais acessíveis
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 553 mortes em 12.056 casos confirmados | Relatório diário da Covid-19

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Abril 2020

Economia e mercado

Coronavírus: como diferenciar doenças como resfriados, rinite e mais da COVID-19

Android

Top 10! Melhor aplicativo ou canal de saúde para se exercitar em casa | Guia do TudoCelular