LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

5G e parabólicas: MCTIC não descarta mudança de frequência das TVs por satélite

01 de novembro de 2019 7

O Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) ainda não decidiu qual medida será tomada para evitar que haja interferências da rede 5G na parabólica. No entanto, segundo o secretário de telecomunicações da Pasta, Vitor Menezes, não está descartada uma mudança de frequência da TV por satélite (TVRO).

Em entrevista ao site Tele.Síntese, disse que é possível uma migração das parabólicas – atualmente na Banda C – para a Banda Ku. A intenção seria preparar o caminho para outros leilões no futuro.

Imagem: Reprodução

O entendimento de Menezes é que, com um gasto um pouco maior neste momento, vai valer a pena ter o espectro livre para as frequências serem vendidas. Por outro lado, a mudança imediata também permitiria que empresas regionais e pequenas consigam comprar pequenos lotes, para o 5G ter início no interior, conforme a nova proposta do conselheiro Vicente Aquino, da Anatel.

Contudo, o MCTIC ainda pretende esperar o término de todos os testes de interferência, feitos com o suporte do CPqD, para ver se é possível que o 5G na faixa de 3,5 GHz e aa TVRO consigam conviver sem maiores problemas. A previsão para o leilão da rede móvel de quinta geração no Brasil é para o segundo semestre de 2020.

Lei Geral de Telecomunicações

Enquanto aguarda o desenrolar da chegada do 5G ao país, o Ministério tem priorizado a regulamentação da nova Lei Geral de Telecomunicações (13.879/19). Vale lembrar que a legislação foi aprovada no Senado por unanimidade, no começo de outubro.

Você é favorável à mudança de espectro das parabólicas para a chegada do 5G? Diga para a gente!


7

Comentários

5G e parabólicas: MCTIC não descarta mudança de frequência das TVs por satélite

Para aliviar a falta do WhatsApp, TIM remove custo de envio de SMS

Limite de banda larga: saiba o que NET, Tim, Vivo e Oi oferecem para clientes no Brasil

MWC 2016: toda a feira em quase 10 minutos e consideração final

São Paulo recebe ônibus com internet 4G. Testamos e o resultado foi ótimo