LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

MediaTek Dimensity 2000 e Snapdragon 898: vazam mais detalhes dos novos processadores

20 de outubro de 2021 181

Atualização (20/10/21) - HA

Nos últimos meses, várias informações têm vazado a respeito dos novos processadores da MediaTek e da Qualcomm que vão ser rivais no setor dos próximos flagships e agora, graças ao informante Digital Chat Station na rede social chiensa Weibo, temos mais detalhes — além de um reforço de rumores anteriores — sobre cada uma dessas plataformas.

(Imagem: Weibo/ Reprodução

Segundo a postagem, o Snapdragon 898 será fabricado pela Samsung usando seu processo em 4 nm e o chip terá uma CPU octa-core — consistindo em um núcleo principal baseado em Cortex-X2 com frequência de 3 GHz, ao lado de três núcleos de desempenho Cortex-A710 rodando a 2,5 GHz. Já os núcleos baseados em Cortex-A510 com eficiência energética terão clock de 1,79 GHz, enquanto espera-se um bom potencial gráfico com a GPU Adreno 730.

Já no caso do Dimensity 2000, ele deve apresentar uma configuração idêntica, mas o cluster de três núcleos de desempenho trabalharia com uma frequência de 2,85 GHz — consideravelmente maior que o do Snapdragon 898. Há rumores de que a GPU seja a Mali-G710 MC10. Vale notar também que o chip da MediaTek será fabricado no processo em 4 nm da TSMC.

Atualização (08/10/21) - HA

Os chipsets Dimensity da Mediatek tradicionalmente têm se saído bem nos segmentos acessível e de média gama. A empresa já havia declarado sua intenção de avançar no segmento de alta tecnologia, e um novo vazamento sugere que o novo processador carro-chefe do ano que vem tem potencial.

O informante Digital Chat Station acaba de vazar especificações que parecem ser o próximo chipset Dimensity, que deve ser produzido pela TSMC em 4 nm e uma CPU octa-core tri-cluster.


A novidade deve ter um núcleo Cortex-X2 a 3Ghz, três núcleos Cortex-A710 para tarefas médias e quatro núcleos Cortex-A510 para tarefas de consumo de energia. Esta seria a primeira vez que a Mediatek adotou o CPU Cortex X, já que ignorou o Cortex-X1 para seu atual Dimensity 1200. Portanto, isso deve colocá-lo praticamente em pé de igualdade com o sucessor do Snapdragon 888 e o Exynos 2100 na arena da CPU — rumor anterior já apontavam até que ele superaria o Snapdragon 898 (a ver).

O informante aponta ainda que o novo processador oferecerá uma GPU Arm Mali-G710 MC10. Esta é a mais recente GPU de alto nível da Arm para smartphone, continuando de onde o Mali-G78 parou. A Arm afirmou anteriormente que o Mali-G710 ofereceu um aumento de desempenho e eficiência de 20% em relação ao Mali-G78.

Este componente deve ser visivelmente mais poderoso que o do Dimensity 1200 — que usa uma GPU Mali-G77 MP9 mais antiga. Ele deve ficar, então, em pé de igualdade com o Exynos 2100 na melhor das hipóteses, já que o chip Samsung acompanha uma GPU Mali-G78 MP14.

Atualização (04/10/2021) - EB

No início de setembro noticiamos que o MediaTek deve lançar o Dimensity 2000 com 4nm no início de 2022 com especificações superiores as do Snapdragon 888. Hoje temos novas informações chegando a partir de um relatório vindo da China, que afirma que o novo chip deve ser até 25% mais energeticamente eficiente que o Snapdragon 898 que será anunciado pela Qualcomm.

O mesmo relato ainda diz que o Dimensity 2000 deve ser um processador de altíssimo desempenho, se tornando uma ótima opção para celulares topo de linha.

O chip ainda deve utilizar arquitetura ARM V9, o que deve garantir esse aumento de desempenho na nova geração que deve ser fornecida até o fim deste ano para as fabricantes.


Falando dos núcleos da CPU teremos os novos Cortex X2, o que deve fazer o chip exceder os 900.000 pontos em benchmarks, talvez até mesmo ultrapassando a marca de 1 milhão pela primeira vez.

O relato ainda afirma que a GPU do Dimensity 2000 será mais poderosa que a do Snapdragon 888 e equivalente a do Dimensity 1200. A CPU Cortex X2 deve superar a Cortex X1 do Snapdragon 888 em 17% com consumo de energia reduzido em 10%.

Entretanto, apesar disso, devemos levar as novas informações com cautela, afinal o Snapdragon 898 também deve chegar com muitas melhorias com a litografia de 4nm da TSMC. Sendo assim, devemos esperar que ela solucione o problema de aquecimento que alguns aparelhos com chip da Qualcomm apresentaram.

Atualização (08/09/2021) - FM

MediaTek Dimensity 2000: chipset de 4nm deve estrear no início de 2022 e superar Snapdragon 888

No último domingo (08), noticiamos que o Dimensity 2000, futuro processador top de linha da MediaTek, será fabricado com o processo de 4 nanômetros da TSMC, se tornando o primeiro chipset a ser produzido em massa com a nova litografia da fabricante taiwanesa.

A plataforma deve ser apresentada oficialmente no fim do ano, e de acordo com novos rumores, os primeiros smartphones equipados com esse hardware baseado na arquitetura ARMv9 devem ser lançados no início do próximo ano.


Segundo as fontes, a MediaTek distribuiu chips de amostragem para empresas parceiras realizarem testes internos com a plataforma, indicando que seu estágio de desenvolvimento está suficientemente amadurecido para esperarmos os primeiros lançamentos em meados do primeiro semestre de 2022.

O Dimensity 2000 adotará a nova geração da arquitetura híbrida da Arm (empresa), implementando núcleos Cortex-X2 que devem trazer ganhos de até 17% em desempenho geral e redução de 10% de consumo de energia. Esse conjunto deve fazer com que a performance do chipset seja superior ao Snapdragon 888, ainda com arquitetura ARMv8.

Espera-se que o novo processador seja expressivamente mais caro que a atual plataforma flagship — o Dimensity 1200 — e eleve a faixa de preços dos atuais smartphones com 5G a cerca de 3 mil yuans, isto é, R$ 2.427. Conforme especulado, o chipset custará US$ 80 (~R$ 418).

A MediaTek, distante de trabalhar às sombras da Qualcomm, deve expandir sua liderança no mercado global de chips para smartphones de atuais 38% de participação no mercado com o Dimensity 2000, mas já deve estar programando o desenvolvimento com a litografia de 3 nanômetros que deverá trazer ainda mais avanços aos tops de linha.

Atualização (05/09/2021) por LL

Previsto para o fim do ano, Dimensity 2000 pode usar processo TSMC de 4nm e superar Snapdragon 888

O futuro processador Dimensity 2000 já está sendo testado por algumas fabricantes de smartphone e usará processo de 4nm da TSMC, de acordo com novo rumor. Essa aposta da MediaTek para o mercado de chipsets pode superar o Qualcomm Snapdragon 888 em desempenho, algo que está dentro dos planos da fabricante taiwanesa para 2022.

O MediaTek Dimensity 2000 deve ser lançado no final deste ano. No entanto, como as marcas de celular só devem renovar as linhas no próximo ano, só devemos ver modelos compostos por esse processador em 2022.

Segundo o leaker Digital Chat Station, o novo chipset da MediaTek terá um consumo de bateria estável e especificações de hardware competitivas. A ideia é ir para a ofensiva no mercado de processadores e bater de frente com a Qualcomm, que já se prepara para lançar o Snapdragon 898.

Supõe-se que a CPU do Dimensity 2000 deve ser a mesma que a Qualcomm pretende utilizar no Snapdragon 898 ou até mesmo mais poderosa. Já a GPU pode ser mais potente que a empregada no Snapdragon 888, e seu consumo de bateria terá melhor performance.

Quais suas expectativas sobre o Dimensity 2000? Acha que a MediaTek vai competir bem com a Qualcomm?


A MediaTek vem trabalhando arduamente para aprimorar seus processadores móveis e conseguir se equiparar com a Qualcomm, sua principal rival nesse segmento de chips para smartphones. O objetivo da empresa é apresentar um SoC com desempenho satisfatório e consumo energético balanceado, fator que há alguns anos era um dos principais problemas dessa plataforma.

Previsto para chegar ao mercado ainda neste ano, o Dimensity 2000 pode superar o Snapdragon 888 em questão de performance, chipset que até o momento é o mais atual da Qualcomm e equipa diversos celulares topos de linha, como o Mi 11 Ultra, por exemplo.

Os vazamentos também sugerem que o Dimensity 2000 pode custar menos do que seu rival, sendo comercializado por cerca de 3.000 yuans e entregando uma melhor relação custo-benefício para as fabricantes. Embora os rumores pareçam animadores, vale ressaltar que em breve veremos o Snapdragon 898, geração que trará ainda mais melhorias e uma litografia menor se comparado com a versão atual.

Apesar da MediaTek estar desenvolvendo processadores de 3 nm, acredita-se que o Dimensity 2000 virá com uma litografia de 5 nm, assim como o Exynos 2100 — que está presente no Galaxy S21 Ultra — ou o próprio SD 888.

Caso de fato seja anunciado no final deste ano, por enquanto ainda não veremos aparelhos com o próximo SoC da MediaTek, visto que as marcas renovarão suas linhas apenas em 2022.

Atualização (30/07/2021) - HA

Na indústria dos processadores para dispositivos móveis, a competição não para. No cenário atual, o Snapdragon, da Qualcomm, o Dimensity, da MediaTek, e o Exynos, da Samsung, mantêm uma luta acirrada para ver quem se sobressai em termos de tecnologia.

O reconhecimento dos chips 5G (Dimensity) da MediaTek pelos fabricantes chineses tem garantido à empresa a liderança. No segundo trimestre de 2021, a receita da fabricante taiwanesa quase dobrou. No entanto, a MediaTek ficava atrás da Qualcomm no mercado mundial.

Agora, com o Dimensity 2000 de 4 nm que deve chegar no final deste ano, a empresa deve chegar com tudo no mercado dos top de linha, chegando a smartphones que devem custar mais de 5.000 yuans (cerca de R$ 3.900).


Antes, na era do 3G e 4G, os chips da MediaTek eram mais usados ​​no mercado de smartphones mais baratos. A maioria dos celulares que custam mais de 3.000 yuans (R$ 2300) usa principalmente os processadores Snapdragon da Qualcomm.

Na época em que o 5G chega com tudo, com a atual série Dimensity 1200, o preço dos smartphones baseados em chip MediaTek 5G também fica entre 2.000 yuans (R$ 1500) e 3.000 yuans.

O Dimensity 2000 deve ficar pau a pau com o Snapdragon 898, ainda a ser anunciando oficialmente pela Snapdragon, que também usa um processo de 4 nm, mas da TSMC. O super core da CPU também é Cortex-X2 enquanto a GPU é atualizada para A79. Enquanto isso, os rumores apontam que a Qualcomm deve chegar com um X2 Super Core com frequência de 3,09GHz.

Cabe esperarmos novos detalhes e acompanhar o passo a passo dessa disputa! E você, como analisa essa perspectiva? Deixe seu comentário!

Matéria original (18/01/2021)

Nos últimos meses, temos visto por aqui algumas notícias que apontam para a chegada de novos processadores e chipsets que se beneficiarão das novas possibilidades de produção, o que incluiu a chegada, por exemplo, do Exynos 2100 e do Snapdragon 888, ambos com 5 nm.

Obviamente, a presença de ambas as empresas já com a nova produção de 5 nm estimula que a tecnologia seja adotada para outras fabricantes de SoC e ao que parece, a próxima a adotar a litografia em questão será a MediaTek, com a chegada do especulado Dimensity 2000.

Segundo rumores levantados pelo já conhecido vazador "Digital Chat Station" na rede social chinesa Weibo, a marca pode trazer já no começo do ano que vem o Dimensity 2000, sendo esse o primeiro da linha a trazer produção em 5 nm, superando o Dimensity 1200 (de 6 nm) e as gerações anteriores que foram desenvolvidas em 7 nm.

Ainda de acordo com o suposto roadmap divulgado por ele, as marcas Oppo e vivo devem se beneficiar inicialmente da novidade, sendo provável que nos meses seguintes, as outras parceiras da marca também lancem aparelhos com essa nova versão de SoC embarcado.


Uma das potenciais marcas que não é citada no rumor, mas que possivelmente aproveitará a parceria com a MediaTek é a Honor que, após ter sido vendida pela Huawei, deve começar a apostar em trazer SoCs de outras empresas, diminuindo assim a dependência do Kirin, da HiSilicon.

A expectativa (obviamente ainda não confirmada) é que o Dimensity 2000 traga embarcada a próxima geração de núcleos Cortex-X (alegadamente Cortex-X2), combinado com núcleos Cortex-A79 e GPU Mali-G79, o que depende ainda da confirmação desses núcleos e GPU pela Arm.


181

Comentários

MediaTek Dimensity 2000 e Snapdragon 898: vazam mais detalhes dos novos processadores
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas