LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Huawei Mate 50 pode ser lançado em julho com Snapdragon 8 Gen 1 e mais

27 de abril de 2022 68

Atualização (27/04/2022) por LL

Os rumores sobre a série Huawei Mate 50 continuam a gerar discussões sobre a aguardada novidade, embora a empresa não tenha confirmado detalhes. A mais nova especulação vem de um conhecido vazador na rede social chinesa Weibo (via HuaweiCentral).

Segundo o leaker, o lançamento dos novos smartphones está confirmado para acontecer em julho deste ano. Ele ainda afirmou que a linha Mate 50 trará novidades em seu sistema e melhorias nas câmeras.

Espera-se que os novos Mate 50 inaugurem o sistema HarmonyOS 3.0 e conte com um modelo 5G equipado com o chip Qualcomm Snapdragon 8 Gen 1, ao menos no mercado internacional, enquanto a China terá versões com o Kirin 9000.

Indo mais além, a Huawei pode lançar uma caixa móvel 5G junto à linha Mate 50. Tal dispositivo seria uma espécie de capa protetora capaz de habilitar aparelhos 4G para funcionar com 5G.

Quais são as suas expectativas em relação à linha Huawei Mate 50? Conte nos comentários!

Embora muitos rumores indiquem que a Huawei pode acabar lançando um modelo com 5G dentro da linha Mate 50, novas fontes informam que nada ainda foi acertado para o público global. Por isso, só há um caminho para a chinesa: apresentar aparelhos com conexão apenas 4G.

Apesar desse problema fruto das sanções dos Estados Unidos, a Huawei deve entregar aos seus consumidores o processador Snapdragon 8 Gen 1 fora da China. Por outro lado, como ainda há estoque de Kirin 9000 disponível, o aparelho chinês utilizará esse chipset.

Como o SoC proprietário da companhia tem modem 5G integrado, apenas o modelo chinês contará com suporte para a rede de quinta geração.

Por enquanto, a Huawei não comenta os rumores envolvendo a linha Mate 50, mas tudo indica que o lançamento dos aparelhos deve acontecer entre os meses de junho e julho.

Isso porque a fabricante quer usar os dispositivos para apresentar o HarmonyOS 3.0.


Atualização (25/01/2022) - LR

Huawei Mate 50 pode ter versão 5G, SD 8 Gen 1 e ser lançado em junho; confira mais rumores

Ainda sem previsão de lançamento e dispondo exclusivamente de rumores, a linha Huawei Mate 50 e Mate 50 Pro deve ser oficializada nos próximos meses e será a grande aposta da fabricante chinesa para o mercado de celulares neste ano, rivalizando com grandes concorrentes como a Xiaomi e Samsung apesar das sanções comerciais impostas pelos Estados Unidos.

Conforme preveem os vazamentos, o Mate 50 deve ser equipado com uma tela LTPO de alta resolução e tamanho entre 6,28 e 6,38 polegadas, informação que ainda não está clara, mas que se for confirmada representará uma notória diminuição no display se comparado com a última geração.

De acordo com renderizações, o design traseiro deve ser semelhante ao que encontramos no Huawei Mate 40 incluindo um conjunto triplo de câmeras dispostos sobre uma moldura circular. A principal alteração no visual está na parte frontal do smartphone, que pode migrar o sensor de selfie para a região central no topo.

Renderizações do Huawei Mate 50. (Imagem: Reprodução).

Quanto ao hardware interno, especulações apontam para duas variante equipadas com os processadores Kirin 9000 e Snapdragon 8 Gen 1 4G, versão escolhida em decorrência da impossibilidade da fabricante de investir no segmento de conectividade 5G em empresas norte-americanas, fator que coloca os aparelhos da empresa atrás de seus concorrentes.

Apesar desse entrave, a gigante chinesa deve disponibilizar o suporte à rede 5G em seu chipset próprio, no entanto a disponibilidade de variantes com esse componente ainda é uma incógnita.

Antes de os Estados Unidos imporem sanções a Huawei, a companhia lançou duas linhas de flagships em um ano. A série P foi lançada primeiro, seguida pela Mate. Modelos da segunda foram os primeiros a receber um novo processador top de linha e melhorias na tela, câmera e outras inovações.

Em setembro de 2021, um rumor sugeriu que a companhia pode lançar em breve novo celular equipado com o chipset Kirin 9000.

No último ano, a companhia foi forçada a abandonar o lançamento da série Huawei Mate 50 e a adiou para 2022. Um conceito do Huawei Mate 50 foi revelado e lembra bastante o Huawei Mate 40. Ela conta com tela curva de OLED e bordas finais, além de uma câmera em furo.


A traseira do Huawei Mate 50 deve contar com um círculo preto com três sensores de imagem e um flash em LED no centro. É esperado que eles sejam ultra-wide e e tenha zoom periscópico de 5x. Como a parceria com a Leica foi encerrada, a câmera não virá com a marca da companhia alemã.


Segundo o Gizchina, as imagens são de uma fonte confíável e devem apenas conter algumas mudanças mínimas na versão final.

No momento, a companhia testa o Huawei Mate 50 com o chip Kirin 9000 5G e a plataforma Snapdragon 8 Gen 1 da Qualcomm. Para o sistema operacional, o celular deve contar com o HarmonyOS 3.0.

A previsão é que a linha seja oficializada em junho ou julho de 2022.

Na semana passada, o Huawei MateBook D14 SE foi lançado com Intel i5 de 11ª geração, 8 GB de RAM e mais.

Atualização (13/1/2022) - HA

Ao contrário de informações anteriores, um novo rumor aponta que os aparelhos Huawei Mate 50 em teste terão conectividade 5G, em vez de só aparelhos limitados à rede 4G. Eles serão equipados com os chipsets HiSilicon Kirin 9000 e Qualcomm Snapdragon 8 Gen 1. A notícia foi publicada pelo informante Juchang Pictures Fans, na rede social Weibo.

Há indícios de que eles podem chegar ainda em junho ao mercado, e essa notícia vem demonstrar como a Huawei tem se empenhado para continuar desenvolvendo seus aparelhos apesar das sanções internacionais.


Ainda não há muito mais informações sobre a nova série, mas o chefe global de negócios de consumo da empresa, Derek Yu, confirmou que haverá um novo dispositivo Mate que poderá ser lançado este ano. Ele deve se referir, naturalmente, à série Mate 50, mas ainda é necessária uma confirmação oficial.

Atualização (03/01/2022) - LR

A linha 'Mate', da Huawei, é bastante conhecida por ser lançada com a geração mais recente do sistema operacional da empresa e trazer um hardware potente e diversas variantes, sendo uma das apostas da marca para competir com outras fabricantes no segmento de aparelhos topos de linha.

Rumores anteriores previam a chegada o Huawei Mate 50 no primeiro trimestre deste ano, porém novas especulações reiteram a chance da linha ser oficializada apenas no final do primeiro semestre de 2022.

Segundo vazamentos, o sistema operacional HarmonyOS 3.0 será anunciado em junho deste ano durante uma conferência realizada pela desenvolvedora, evento que além da nova versão do software da Huawei também deve servir para apresentar ao mundo o Mate 50, smartphone que pode ser o primeiro a executar a nova versão da interface.

Renderização do Huawei Mate 50. (Foto: Reprodução).

Essa suposição é corroborada pelo comentário feito no final de 2021 por Derek Yu, presidente dos negócios de consumo da Huawei na Europa e Canadá, que afirmou que a marca lançará neste ano um novo modelo da linha Mate, porém o executivo não concedeu detalhes sobre a ficha técnica ou nome.

Apesar da falta de informações oficiais, especulações sugerem que o Huawei Mate 50 terá a mesma tela com tecnologia LTPO que equipa o iPhone 13, bem como suporte para taxa de atualização de até 120 Hz e duas variantes com processadores distintos, sendo uma equipada com o Snapdragon 8 Gen 1 e a outra com o Kirin 990.

A Huawei lançará a nova geração da família “Mate” de celulares tops de linha em 2022, segundo Derek Yu, presidente dos negócios de consumo da Huawei na Europa e Canadá. O executivo afirmou nesta manhã que o Huawei Mate 50 já está pronto para chegar ao mercado, mas não forneceu uma data de lançamento específica.

O Huawei Mate 50 deve estrear no mercado em versões equipadas com “chipset de última geração da Qualcomm”, isto é, o Snapdragon 8 Gen 1, além do HiSilicon Kirin 990, segundo os últimos rumores, porém as variantes com soluções da fabricante norte-americana não devem ter acesso à conectividade 5G, assim como o Huawei P50.

(Imagem: Reprodução)

Ainda há poucas informações conhecidas sobre o Mate 50, mas vale lembrar que seu antecessor, o Mate 40, ostentava uma tela OLED de 6,5 polegadas com resolução FHD+ e taxa de atualização de 90 Hz, além de câmeras triplas representadas por um sensor de 50 MP.

Yu menciona também o lançamento de um novo smartphone dobrável, possivelmente o Huawei Mate V, que rivalizará diretamente com o Samsung Galaxy Z Flip 3. Há várias especulações sobre esse foldable, que teve novas renderizações vazadas no início da manhã desta segunda-feira (06).

Por ora, seu lançamento no próximo ano é a única informação oficial que temos sobre o Huawei Mate 50, portanto, todas as especulações sobre esse aparelho devem ser tratadas no campo de rumores até que a fabricante chinesa revele mais detalhes e, então, anuncie a nova geração junto ao celular dobrável.

Atualização (18/11/2021) - EB

Huawei Mate 50 deve chegar no início de 2022 com chips Snapdragon 898 e Kirin 990

Já vimos recentemente que o Huawei Mate 50 e o Mate V devem ser anunciados com Snapdragon 898 no início de 2022 e hoje mais uma fonte do portal IT Home indicou novamente que o Mate 50 deve chegar com chips da Qualcomm e Kirin da própria chinesa.

A fonte diz que as novas informações sobre o Huawei Mate 50 foram reveladas por Yu Chengdong, CEO do Huawei Consumer Business Group em um anúncio interno. Dessa forma, o Mate 50 será lançado no início de 2022 em duas versões com chips Kirin 990 e Snapdragon 898, mas apenas com conexão 4G no chip da Qualcomm.


O relato ainda diz que a Huawei decidiu lançar o aparelho com Kirin 990 após ficar sem estoques do chip Kirin 9000 5G de 5nm por conta das sanções dos EUA. Sendo assim, podemos ver as versões nomeadas como Mate 50 5G com chip Kirin e Mate 50 4G com chip Snapdragon no lançamento.

Por fim, também é mencionado que a Huawei está fazendo grandes progressos no desenvolvimento de novos chips do zero, podendo atingir a litografia de 28nm em 2022 e a de 14nm logo em seguida. Dessa forma, podemos esperar que chips próprios da Huawei cheguem ao mercado nos próximos anos enquanto ela aprimora suas tecnologias sem depender de patentes americanas.

Atualização (3/11/2021) - HA

Huawei Mate 50 com Snapdragon 898 e Mate V devem chegar no começo de 2022, diz rumor

No momento, a Huawei está trabalhando em um smartphone de tela dobrável tipo flip chamado Mate V e que, junto do Huawei Mate 50, deve chegar ainda nos primeiro trimestre de 2022. O dobrável deve vir com HiSilicon Kirin 9000 e conectividade 4G.

A novidade vem do informante Digital Chat Station no Weibo, que falou mais sobre os dois smartphones. Segundo ele, a gigante de tecnologia está testando uma nova geração de dispositivos de tela dobrável com recurso de impressão digital sob a tela.


Além disso, esse display retrátil será feito com a mais recente tecnologia POL-LESS OLED com uma taxa de tela de quase 120Hz, e deve chegar em um dispositivo de próxima geração, provisoriamente chamado de Mate X3.

O informante também reforçou que o próximo Huawei Mate 50 deve equipar o mais recente processador Snapdragon 898 da Qualcomm. Este será feito com tecnologia de processo 4nm, mas com rede 4G, já que a empresa está com componentes 5G em falta.

Atualização (29/09/2021) - LR

Ainda longe de ser oficializado, o Huawei Mate 50 teve nos últimos meses vários rumores divulgados indicando algumas funções que podem chegar com o próximo carro-chefe da empresa, além de instigar os usuários com prévias da possível ficha técnica do smartphone.

Segundo informações do portal Digital Chat Station, é esperado que a versão do Huawei Mate 50 equipada com o processador Snapdragon 898 4G — sem suporte à rede 5G, visto que a fabricante chinesa está impedida de usar essa tecnologia — seja lançado durante o segundo trimestre de 2022.

Logotipo da Huawei. (Foto: Reprodução).

Vazamentos anteriores indicavam que o lançamento seria feito apenas no mês de outubro, no entanto o rumor divulgado nesta semana contradiz essa informação e nos direciona para os meses de abril, maio e junho. Como era de se esperar, a Huawei não confirmou nenhum dos boatos que pairam sobre o Mate 50, sendo esperado que novos detalhes surjam em breve.

Até o momento temos indicação de que o aparelho pode contar com comunicação via satélite e usará a plataforma da Qualcomm, apesar de ser provável que a marca anuncie uma variante com o processador Kirin.

Recentemente, rumores apontaram que a próxima geração de iPhones vai chegar com comunicação via satélite. Parece que essa movimentação não é exclusiva da Apple, mas também de outras fabricantes.

Agora, novos rumores indicam que a chinesa Huawei também está trabalhando em um sistema de mensagens SMS via satélite integrado ao iMessage. Com o novidade, o usuário vai poder enviar mensagens mesmo em um local que não haja sinal de celular disponível.

A informação é do site Weibo, que afirma ter conversado com um informante da fabricante que teve acesso a um relatório em que citava que o novo modelo top de linha Mate 50 viria com o sistema de comunicação via satélite.

Inclusive, o fato da Huawei estar trabalhando nessa nova função teria feito com o que as projeções de lançamento do Mate 50 fossem adiadas. A expectativa é de que a nova linha de smartphones seja lançada no primeiro semestre de 2022.


O suporte a comunicação via satélite parece ser uma tendência entre as fabricantes. Outros modelos da Huawei também devem vir com a nova tecnologia. Aparelhos como o P50 e o tablet MatePad equipados com HarmonyOS 2.1 estão entre os cotados.

O recurso Beidou SMS faz parte do sistema de navegação por satélite e é usado em muitos setores diferentes, incluindo prevenção de incêndios florestais, monitoramento de energia e transporte.

E aí, está ansioso pela chegada do modelo da Huawei? Conta pra gente nos comentários logo abaixo!

Atualização (26/08/2021) por LL

Huawei Mate 50 deve ser lançado em versões com Snapdragon 898 e Kirin somente em 2022

Com as sanções impostas pelos Estados Unidos, a Huawei tem enfrentado dificuldades para se manter no mercado global de smartphones e lançar novos produtos.

A empresa registrou queda de 29% na receita durante o primeiro trimestre deste ano, mas ainda assim não pretende fechar a divisão de celulares. O que pode acontecer, porém, é o adiamento de lançamentos flagship como o da linha Mate 50, que só deve chegar no ano que vem, e a continuação do investimento na produção do Kirin, o processador próprio da marca.

De acordo com novos relatórios, a linha Huawei Mate 50 pode ser apresentada no segundo trimestre de 2022. A série deve chegar com suporte para a tecnologia 5G, mas existirão variantes 4G. Além disso, embora rumores tenham apontado que tais novidades chegariam com o processador Qualcomm Snapdragon 898, é possível que a Huawei lance variações com o Kirin.

A estratégia da Huawei, segundo rumores veiculados pelo Gizmochina, parece ter mudado por conta das atuais circunstâncias e, como a linha Mate 50 deve chegar no ano que vem, certamente não teremos uma atualização da série P50, que foi lançada há não muito tempo atrás.

O Huawei P50 só deve ganhar um sucessor em 2023.

A Huawei lançou recentemente a linha P50 com especificações poderosas, câmeras de última geração e o inédito Snapdragon 888 4G. A novidade permite que os smartphones sejam vendidos fora da China, e faz com que a companhia consiga contornar a escassez de chips Kirin.

Agora, de acordo com informações vazadas na China, a Huawei deve manter a sua parceria com a Qualcomm para a linha Mate 50. Assim como outras fontes, o novo rumor indica que a fabricante não está disposta a abandonar o mercado de smartphones.

Por isso, os novos integrantes da família Mate 50 serão lançados com o Snapdragon 898, mas como a Qualcomm não pode vender chips 5G para a Huawei, tudo indica que esse processador também será apenas 4G.

Fontes que possuem acesso aos planos da Qualcomm informam que a empresa está tendo dificuldades de produzir o novo chipset com modem 5G integrado. Por isso, há chances da companhia simplesmente lançar o 898 com 4G de forma antecipada em parceria com a Huawei.

Por enquanto, nem a Huawei e tampouco a Qualcomm comentaram o assunto. Assim, salientamos que tudo precisa ser considerado como sendo apenas mais um rumor do mercado.

Huawei e Qualcomm continuam parcerias, apesar do veto dos EUA ao 5G para a chinesa.

Atualização (21/06/2021) - EB

Não é o fim: Huawei Mate 50 não será o último celular da série, diz leaker

Rumores recentes sobre um possível atraso no lançamento do Huawei Mate 50 fizeram alguns fãs da marca cogitarem que a série teria o seu fim, o que seria uma má notícia para muitos deles. Agora um leaker chinês indica que este não é o caso, pelo menos não por enquanto.

A informação vem de uma conta do Weibo, onde foi dito que o lançamento do Huawei Mate 50 pode realmente atrasar, mas isso não marcaria o fim dela.

A série P50 está chegando, espere até que a série P50 esteja pronta.

Imagem: GizmoChina

A Huawei também já fez questão de tranquilizar os seus fãs, dizendo que o cronograma de lançamento já está planejado, mas ainda não revelou quando o Mate 50 deve chegar às vitrines em três versões: o Huawei Mate 50, Mate 50 Pro e 50 Pro Plus.

Falando tem termos de especificações devemos encontrar celulares com os processadores Kirin 9000E e 9000, com até 5 sensores principais traseiros, sendo um deles provavelmente o Sony IMX800. Além disso, o Huawei Mate 50 Pro Plus deve ter uma lente líquida em um deles, o que traria ainda mais versatilidade e melhorias em fotografia.

Por fim, a linha Huawei Mate 50 deve chegar com baterias variando entre 4.200 e 4.300mAh com carregamento rápido de 66W e wireless de 55W. As telas devem ter curvas mais discretas no Mate 50 e chegar a ser totalmente curvada nas bordas do modelo mais poderoso.

Atualização (16/06/2021) - EB

Fim de estoque: Huawei Mate 50 pode ter lançamento adiado por falta de chips Kirin

Em janeiro noticiamos que a Huawei poderia utilizar a sua reserva de chips Kirin para o lançamento dos novos Huawei P50 e Mate 50 neste ano. Entretanto, agora um relatório de uma mídia chinesa aponta que o Mate 50 não deve estrear este ano devido à falta de chips.

As informações são do LatePost, que afirma que o Mate 50 deve ter o lançamento adiado por tempo indeterminado. A mudança reflete um impacto direto das sanções dos EUA sobre a chinesa, que a impossibilitaram que receber suprimentos da TSMC, uma das maiores fornecedoras do mundo de semicondutores.


Além disso, é dito que a Huawei não deseja continuar utilizando o mesmo processador lançado em 2020, o que provavelmente a deixaria atrás das concorrentes em desempenho. Apesar disso, a chinesa já confirmou que o Huawei P50 deve ser lançado neste ano.

É possível que a fabricante esteja planejando lançar o novo Mate 50 com um chip Kirin de 3nm, que já está sendo projetado pela Huawei e deve chegar ao mercado em 2022, entretanto isto ainda não foi confirmado pela chinesa, então o ideal é aguardar por mais confirmações da chinesa.

Matéria original (21/01/2021)

Huawei P50 e Mate 50: chinesa deve utilizar estoque reserva de chips Kirin 9000 em lançamentos

Já vimos algumas imagens mostrando o Huawei P50 que pode ter 5 câmeras traseiras e chegar em 3 versões distintas, possivelmente todas elas com o Kirin 9000, o processador mais poderoso da chinesa. Entretanto, fontes agora apontam que tanto o P50 quanto o Mate 50 já contam com um estoque privilegiado do chip para garantir o atendimento à demanda inicial por eles.

É mencionado que o Huawei P50 e o Mate 50 contarão com um estoque de menos de 9 milhões de unidades do Kirin 9000, dessa forma eles podem ser lançados com um estoque inicial limitado, como já ocorreu com o Mate 40, que esgotou poucos segundos após ter a primeira venda liberada devido à baixa disponibilidade.

Huawei Mate 40

Esse cuidado inicial se deve ao fato de que os modelos top de linha são realmente icônicos para uma fabricante, dessa forma a Huawei deve preferir manter seus aparelhos a venda por um período maior liberando estoques aos poucos, garantindo a disponibilidade em mais países.

Vale lembrar que essa escassez foi provocada principalmente pelo banimento da Huawei no governo de Donald Trump nos EUA, que agora está sob o comando de Joe Biden, que pode alterar o rumo dessa história ou não nas próximas semanas.

Além disso, é importante mencionar que o Kirin 9000 é o grande trunfo da Huawei, afinal ele já superou até mesmo o Snapdragon 888 em um teste de benchmark.

Por fim, vale dizer que a Huawei parece estar cada vez mais focada no ramo de Internet das Coisas integrando cada vez mais dispositivos inteligentes para uso doméstico com o HarmonyOS 2.0, que já foi oficializado para smartphones e até mesmo a Midea já anunciou novos eletrodomésticos com o sistema operacional da Huawei.

Saiba mais

O Huawei P50 ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar clique aqui.

68

Comentários

Huawei Mate 50 pode ser lançado em julho com Snapdragon 8 Gen 1 e mais
Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Asus

ASUS lança novo celular gamer ROG Phone 5s e 5s Pro no Brasil; confira os preços

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas