LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Quatro câmeras pra quê?! Galaxy A9 fica abaixo do S7 Edge no DxOMark

15 de abril de 2019 23

Anunciado em janeiro no Brasil com preço de flagship (na época, R$ 3200, e hoje com preços a partir de R$ 1499), o Galaxy A9 foi o primeiro smartphone com quatro câmeras traseiras a aparecer em nosso mercado. O alto preço e a novidade nas lentes gerou a curiosidade de como as câmeras se sairiam.

E foi exatamente o que fez o DxOMark, conhecido ranking que analisa as câmeras de smarthones. E o resultado não foi dos mais animadores. A pontuação geral do dispositivo foi de 86 pontos, numa incômoda 34ª posição, atrás de dispositivos como o Zenfone 5, o Google Pixel (primeira geração), o Xiaomi Mi Note 3 e até mesmo o Galaxy S7 Edge, lançado em 2016. O líder é o recém-lançado Huawei P30 Pro.

Para atribuir as notas, os engenheiros do DxOMark capturam e avaliam mais de 1500 imagens e 2 horas de vídeo em ambientes de laboratório controlados, cenas externas e internas naturais, utilizando as configurações padrão da câmera.

A Samsung utilizou no Galaxy A9 uma configuração de câmera quádrupla traseira, com a principal de 24MP com abertura f/1.7, câmera telefoto para zoom ótico de 2x, câmera wide-angle de 120º com 8MP e f/2.4 e uma de profundidade de 5MP com f/2.2, que trabalha com a câmera principal para aplicar efeitos de profundidade de campo e desfocar os fundos.

Ranking DxOMark

De modo geral, o ranking destaca que a câmera do Galaxy A9 é boa para imagens estáticas, além de ter um balanço de brancos preciso tanto no interior como no exterior; e captura um bom nível de detalhe quando o zoom é usado ao ar livre.

O lado negativo fica por conta do ruído de iluminação visível em todas as condições de teste. Mesmo imagens filmadas à luz do dia possuem ruído visível, com granulações. Quando comparadas ao iPhone 8, de 2017, é possível ver o alcance dinâmico limitado da câmera da Samsung, que perde detalhes das sombras e dos realces em cenas de alto contraste.

O Galaxy A9 mantém o equilíbrio de branco correto e a renderização de cor ao ar livre. Porém, em condições interna, as cores parecem com baixa saturação. Os engenheiros observaram também dispersão de cor com pequenos blocos de cor aparecendo ao lado ou ao redor de alguns objetos coloridos.

No aspecto textura, a pontuação do smartphone da Sammy é apenas razoável, com 62 pontos, com as condições de baixa luz puxando a nota para baixo. O autofoco é avaliado como 'geralmente preciso, embora lento', demorando quase um segundo para focar em muitos casos.

Imagens do zoom do Galaxy A9 (Fotos: DxOMark)

Há críticas ainda sobre o flash, que tem subexposição, mas apresenta resultados 'reproduzíveis', mas o processamento é considerado ruim, com perda de detalhes e com a adição de um tom alaranjado ao utilizar flash e luz adicional.

O DxoMark analisou também as condições de zoom óptico e digital, e mais decepções. Os resultados são bons ao ar livre, mas não impressionam em ambientes fechados, com perda perceptível de detalhes em qualquer foto tirada em laboratório. Para piorar, o efeito bokeh não foi natural e, em alguns casos, a câmera desfoca a parte errada da imagem.

Imagens do efeito bokeh do Galaxy A9 (Fotos: DxOMark)

Essas falhas deram ao efeito bokeh nota 30, cinco pontos acima das notas obtidas a smartphones de nível básico, e muito abaixo da nota obtida pelo líder Huawei P30 Pro, também com câmera quádrupla.

Na gravação de vídeo, as críticas continuaram. Na visão do DxOMark, as imagens captadas pelo Galaxy A9 "sofrem de baixa faixa dinâmica e baixa renderização de cores, com cores mal saturadas. Além disso, o AF é lento e propenso tanto ao ajuste na direção errada quanto ao overshooting antes de encontrar o alvo".

Confira o hands-on do Galaxy A9 feito pelo TudoCelular:

Mais Notícias
O Samsung Galaxy A9 está disponível na Carrefour por R$ 1.949. O custo-benefício é médio e esse é o melhor modelo nessa faixa de preço. Para ver as outras 48 ofertas clique aqui.
(atualizado em 24 de abril de 2019, às 13:14)

23

Comentários

Quatro câmeras pra quê?! Galaxy A9 fica abaixo do S7 Edge no DxOMark
Android

Melhores smartphones: TOP 10 do TudoCelular para você | Abril 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular