LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Samsung Galaxy Note 10 deve trazer um respeitável Exynos com a mesma base do Snapdragon 865

11 de junho de 2019 7

As fábricas de processadores da Samsung perderam um ciclo de produção do carro-chefe da família Snapdragon série 8, mas sua nova e superior litografia ultravioleta extrema (EUV) conquistou os corações do time da Qualcomm para o nascimento do Snapdragon 865, ao que tudo indica.

A mídia coreana está relatando que a Samsung segue em negociações com a Qualcomm para produzir o Snpadragon 865 de próxima geração com base de 7 nanômetros e EUV, e a produção deve começar no final deste ano.

Enquanto a Samsung ignorou a primeira geração de 7nm que a TSMC trabalhou no A12 da Apple e Snapdragon 855, ela supostamente apostou no novo processo de produção, algo que valeu a pena, levando em conta que a Nvidia e agora a Qualcomm aparecem como os primeiros clientes.

O chefe da divisão de semicondutores da Samsung classificou a tecnologia EUV como “desafiadora” durante uma conferência de imprensa trimestral, mas mencionou que a empresa espera se tornar uma líder nesta categoria. Esta tecnologia ajuda a estabelecer os pequenos transistores próximos uns dos outros com menos despesas do que antes.

Processadores feitos com a segunda geração de litografia EUV de 7nm podem ser produzido smais facilmente agora, com melhores rendimentos, e com um menor número de camadas necessárias para a produção, o que torna o trabalho mais barato de fazer em uma escala média.

Snapdragon 865 – e como fica o suporte ao 5G?

Uma questão importante. Algumas das principais fontes do cenário tecnológico indicam que o Snapdragon 865 será produzido em duas versões: a primeira, com um modem 5G e outra sem – o que provavelmente significa que o modem X55 da Qualcomm ainda não será integrado.

O Snapdragon 855 que está nos celulares atuais precisa de dois componentes para suportar a conectividade 5G e, mesmo que o Snapdragon 865 precise de apenas um – o modem X55 –, ainda não podemos afirmar com plena convicção que ele será um chipset verdadeiramente pronto para a quinta geração de telefonia móvel.

Samsung Galaxy Note 10 e a nova família Exynos

E falando sobre processadores e uma nova geração carregando o nome da Samsung, a família Exynos não pode ficar de fora desta questão.

Um novo relatório com o nome do Galaxy Note 10 veio à tona nesta semana, dizendo que o chipset Exynos que vai alimentar o próximo integrante da linha Galaxy Note trará a mesma base do Snapdragon 865, isto é, essencialmente a mesma tecnologia da Qualcomm.

A fonte sugere que o time da Samsung já começou a produção de um novo chipset Exynos que irá para o próximo celular de alto nível da marca, e a razão aparentemente é com o processo de 7nm EUV, tornando-se o segundo chip desse tipo após o atual modem X50 5G da Qualcomm.

O Exynos 9820 que está na família Galaxy S10 brasileira é feito com um processo de 8nm, mas o Note 10 pode ser o primeiro celular com a tecnologia EUV.

Lembrando que estes rumores ainda podem ser desmentidos (ou não) quanto o Galaxy Note 10 for apresentando ao mundo oficialmente em agosto.

O Samsung Galaxy Note 10 está disponível na Submarino por R$ 3.499. O custo-benefício é médio mas esse é o melhor modelo nessa faixa de preço. Para ver as outras 12 ofertas clique aqui.
(atualizado em 14 de agosto de 2020, às 20:12)

7

Comentários

Samsung Galaxy Note 10 deve trazer um respeitável Exynos com a mesma base do Snapdragon 865
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 106.523 mortes em 3.275.520 casos confirmados | Relatório diário

LG

Moto G8 Plus vs LG K51S: mais câmeras fazem fotos melhores? | Comparativo

Android

Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review

Google

Nearby Share: "AirDrop do Google" começa a chegar aos usuários Android em versão beta