LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Com menor diferença, Exynos 1000 da Samsung ainda deve perder para Snapdragon 875 em 2021

27 de agosto de 2020 24

Embora a grande aposta da Samsung em seus próprios chipsets da linha Exynos seja louvável, ainda há muito trabalho a fazer para que a empresa possa chegar em pé de igualdade com o principal chipset concorrente, que continua sendo muito mais otimizado para Android.

Segundo o leaker Ice Universe, a nova plataforma Exynos 1000 que vai dar poder ao Galaxy S21 deve reduzir a diferença entre o modelo da Qualcomm, mas ainda vai ficar abaixo da performance exemplar do Snapdragon 875.

É esperado que o novo Galaxy S21 mescle elementos de design do S20 e Note 20.

Também é dito que em 2022 a Samsung deve adotar GPUs da AMD em seu processador principal, e que ao mesmo tempo a Qualcomm realizará uma "atualização significativa" para a GPU Adreno 7.

Segundo as informações obtidas até agora, a performance do Exynos 1000 com modelo de número S5E9840 não vai ser a mais poderosa do mercado, mas é esperado que exista um melhor gerenciamento no consumo de bateria.

Embora seja relativamente cedo para falar de muitos detalhes, é esperado que os rumores a respeito da próxima plataforma da Samsung ganhem cada vez mais informações durante o final do último trimestre deste ano, já que a Samsung deve anunciar a linha Galaxy S21 entre fevereiro e março do ano que vem.


24

Comentários

Com menor diferença, Exynos 1000 da Samsung ainda deve perder para Snapdragon 875 em 2021
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 137.272 mortes em 4.558.068 casos confirmados | Relatório diário

LG

Moto G8 Plus vs LG K51S: mais câmeras fazem fotos melhores? | Comparativo

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Agosto 2020

Android

Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review