LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Galaxy S21: novo rumor aponta que Exynos 2100 vai ter melhoria de 35% na autonomia

30 de dezembro de 2020 59

Atualização: (30/12/2020) - Por JS

E parece que a linha Galaxy S21 vai chegar em janeiro com muitas melhorias em relação a autonomia energética, algo que se torna altamente positivo para o público, já que rumores apontam para que tal ganho faça o Exynos 2100 se destacar positivamente em relação ao Exynos 990, que está presente nos topos de linha desse ano.

Uma nova especulação deixa claro que o chipset pode ter uma amplificação no desempenho de 35% em relação ao antecessor, fazendo com que o carro-chefe da Samsung consiga entregar resultados de administração da bateria ainda melhores, criando um diferencial importante para a nova geração.

A informação tem como base um vazamento publicado pelo usuário Anthony no Twitter, onde deixou claro que o aparelho com o Exynos 2100 vai ter um ganho de bateria entre 25% e 35%, comparando com o modelo atual. Ele não deixou claro qual vai ser o dispositivo da linha que vai receber tal melhoria, deixando a ser especulado os celulares S21, S21 Plus e S21 Ultra, que vai ter a maior capacidade energética entre os três.

Porém, caso 25% seja o ganho mínimo entre os três modelos, isso significa que já ter um crescimento considerável em relação ao S20, algo que deixará os usuários do aparelho ainda mais animados em relação ao que vai ser implementado na próxima linha de flagships.

Post original: (11/12/20)

Ainda pendente de apresentação por parte da Samsung (algo que deve acontecer na semana que vem), o Exynos 2100 é considerado o substituto direto do já conhecido Exynos 990, devendo ser visto primeiro na linha Galaxy S21, linha Note e mais.

Obviamente, a promessa de lançamento de um novo chipset sempre gera curiosidade e questionamento sobre as otimizações feitas e a comparação com concorrentes diretos e também com a geração anterior, algo que já tivemos uma possível primeira prévia com a revelação de que ele pode ser mais potente que o esperado.

Em adição a isso, hoje temos o surgimento de possíveis detalhes quanto ao consumo energético do novo chipset da Samsung, graças a uma publicação feita pelo nosso já conhecido vazador de sempre, Ice Universe, através de sua conta oficial no Twitter.

Segundo a publicação, que pode ser conferida abaixo, um teste de performance realizado com o Galaxy S20 Ultra e Galaxy S21 Ultra revelou que as otimizações de bateria conseguiram fazer que o chipset novo tenha consumido 22% de sua bateria para executar, ao passo que a geração anterior precisou de mais que o dobro (55%).

Um ponto digno de se observar por aqui é que, ao menos por enquanto, rumores apontam que o S21 Ultra terá os mesmos 5.000 mAh vistos na geração anterior, o que significa portanto dizer que os resultados em questão são efetivamente relacionados apenas a otimização do chipset (e possivelmente, de uma ajuda do software).

Em se confirmando esse rumor, a Samsung certamente terá alguns pontos extras entre seus usuários, especialmente em mercados que recebem a variante em questão, o que inclui normalmente o Brasil.


59

Comentários

Galaxy S21: novo rumor aponta que Exynos 2100 vai ter melhoria de 35% na autonomia
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020