LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Android One no Brasil e outros "segredinhos" do Google revelados

08 de junho de 2018 14

Além de nossa presença no Auditório Ibirapuera para acompanhar as novidades do Google para o Brasil, a titã da tecnologia também nos convidou a visitar seu escritório em São Paulo.

Depois de um almoço com os jornalistas, uma mesa redonda com a equipe diretamente ligada ao Android Go respondeu a algumas perguntas sobre a novidade em solo verde e amarelo.

Participaram:

  • Arpit Midha – Gerente de Produto do Android Go.
  • Flávio Ferreira – diretor de parcerias de Android para a América Latina.

Eles contaram alguns “segredinhos” – detalhes que não foram falados em palco – da versão light do Android, e compartilhamos com você a seguir.

Android One vem ao Brasil

Android One é um programa do Google que antecede até mesmo a versão Go.

No início, ambos os projetos tinham características similares: levar um sistema fluido a dispositivos menos afortunados, tecnicamente falando.

Com o tempo, no entanto, Android One se tornou uma iniciativa cuja promessa é levar a experiência Google a aparelhos de mais marcas, não se limitando ao Nexus ou Pixel.

Android Go impede a chegada do Android One no Brasil?

Durante a sessão de perguntas e respostas, Flávio Ferreira confirmou duas coisas:

  • Intrinsecamente Android Go não tem correlação com o Android One;
  • Google já está trabalhando para trazer o Android One ao Brasil.

Em outras palavras, a ansiedade pela estreia da novidade em território tupiniquim só tende a crescer.

Infelizmente, por outro lado, nenhuma data específica foi oferecida pela empresa.

Mais fabricantes trabalham com o Android Go

No momento, cerca de 100 fabricantes já são parceiras do Google na produção de aparelhos com o Android Go.

Em contrapartida, apenas três marcas fizeram parte do lançamento da edição compacta do Oreo em território nacional.

Outros nomes já estão na fila para lançar?

Já. Embora não tenha citado quais, especificamente, eles confirmaram que outras estreias vão acontecer nos próximos meses.

Com preços partindo de R$ 300, a ideia é ajudar quem vai comprar seu primeiro smartphone, bem como baratear a atualização de quem possui um aparelho não otimizado.

A esperança para o evento da Motorola, que também foi realizado nesta semana, era a chegada do One Power no mercado nacional, também desfrutando da suavidade do Android One, o que não aconteceu.

Gigantes como Samsung, LG, Sony e a própria Lenovo são aguardadas na categoria em 2018.

Android sempre terá duas versões?

Android Oreo tem o Android Oreo Go. Android P terá o Android P Go. Mas será que vai ser assim para sempre?

Provavelmente.

Perguntamos se o plano não era tornar a versão principal do Android tão leve e rápida quanto o Android Go, então Arpit Midha tomou a palavra para responder.

Sempre haverá peças mais baratas no mercado. As necessidades mudam de acordo com o cliente. É injusto cobrar mais de quem precisa apenas de funções mais básicas. E eles querem, principalmente, que esses recursos funcionem bem.

Progressivamente, as descobertas importantes feitas pelo time do Android Go também servem para o Android principal.

Ambas as edições ficam mais velozes e estáveis conforme o tempo, porém há uma carência vitalícia em enxugar as funções menos primordiais para otimizar a experiência em produtos acessíveis.

E a segurança? Vocês planejam um "kill switch"?

Midha afirmou que o Google Play Protect já é o suficiente. Ele permite bloquear o dispositivo à distância por meio da conta Google.

Nada obstante, o chefe de engenharia aceitou o feedback sobre o kill switch, função que desabilita um eletrônico à distância, assunto alvo de polêmica nos EUA.

Feature phones são o alvo do Android Go?

A venda dos feature phones, os celulares que não são smart, pode ser afetada pelo lançamento do Android Go no Brasil, mas não é o o foco da plataforma. Introduzir o cliente no mundo dos telefones inteligentes, sim.

Android Go suporta o Google Pay?

Sim. Os modelos que contam com o chip NFC são compatíveis com o Google Pay. Contudo, muitos modelos ausentam a peça para chegarem às prateleiras por um valor mais atraente.

E aí, Android Go é sucesso?

Oferecer um preço baixo, experiência fluida e garantia de atualização? Estamos dentro.

Android Go tem tudo para ser sucesso no Brasil, um país emergente que vendeu 10 milhões de aparelhos de entrada apenas em 2017.

Imagem: fomos convidados pelo Google a visitar seu escritório em São Paulo.

Juntando isso à previsão de mais fabricantes participarem, o brasileiro terá uma oportunidade de ouro, investindo seu precioso dinheiro em uma solução mais estável e segura.

Google, consolidada com suas sócias no mercado nacional, trouxe o que muitos ansiavam: o verdadeiro ápice do custo-benefício.

O jornalista foi convidado ao Google For Brasil e ao escritório da companhia em São Paulo. Deixamos aqui os agradecimentos à equipe do Google.


14

Comentários

Android One no Brasil e outros "segredinhos" do Google revelados
  • Tudo Celular, procura, se já não tem por aqui, sobre Monet da Google. A Google acabou de ativar uma cabo submarino com nada menos 64 TB de banda por segundo. Tem aquele cabo submarino de 70 TB do Brasil, Europa e Africa que será ativado em 2019. A MS com certeza vai trazer mais para o Brasil.
    Já começo a ficar mais animado com um futuro com a Nuvem dominando tudo. Inclusive jogos em stream.

      • Sonho da Google enfim começar a vender seus Pixels por essas terras ermas

        • O problema maior é só o preço cobrado, e ter mínimo de 16GB e 1 de RAM, pois tem empresas lançando com Android Go aparelhos com 512 de RAM

          • É mesmo bom q haja versões diferentes_uma para celulares de entrada,e,outro para mais caros.Nos computadores tem edições home;starter;pró,é por aí vai;principalmente se isso for para garantir a segurança e otimização do OS é melhor distribuição de atualizações.Google trabalhou bem.

              • Vejamos se será a Quantum quem vai estrear o Android One aqui no Brasil, ou se será uma OEM multinacional e tradicional mesmo quem fará isso por aqui.

                • Google deveria fazer um acordo tipo Huawei/Positivo para vender o Pixel.
                  Muita gente na net reclama que poucos países recebem o produto.

                    • Xiaomi de volta!

                        • Isso parecia mais simples quando as parceiras envolvidas no projeto eram Samsung, Asus, LG, Motorola ou Huawei.
                          Com a HTC, as coisas ficam bem mais complicadas.

                            • O problema é a empresa bancar os custos de despacho na aduana.... um belo exemplo da nossa "burrocracia"

                                • Uma ótima opção tbm seria um Pixel intermediário/premium para países emergentes como o Brasil. Foi o que a Microsoft fez com os Lumias, e apesar do descaso da própria, olha o sucesso que estava sendo.

                                    • a Google não faria isso... tiraria ela do mercado como TOP, voltado prara paises ricos e não para paises emergentes, a não ser começarem a investir nas empresas "nanicas" nos mercados locais, oferecendo todo o aporte tecnológico para desenvolver, como a positivo e a Multilaser fazem. Um detalhe, é mais fácil a Multilaser fazer essa parceria por causa do mercado Global em que já possui, ficando evidente que a parceria é interessante, mas como escrevi no inicio da minha postagem, fora de cogitação pela Google!

                                  Android

                                  TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

                                  Android

                                  TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular

                                  Android

                                  TOP 10 smartphones intermediários com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

                                  Android

                                  TOP 10 smartphones intermediários com melhor autonomia | Guia do TudoCelular