LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

NASA simula queda de asteroide e acidentalmente destrói Nova York para salvar Denver

10 de maio de 2019 2

A NASA realizou nesta semana uma simulação com o objetivo de impedir que um asteroide atingisse a Terra. No entanto, a coisa saiu do controle e tomou um rumo um tanto infeliz. Isso porque durante o processo um fragmento se rompeu e acabou atingindo a cidade de Nova York.

A simulação ocorreu durante a Conferência de Defesa Planetária e a ideia era observar se nós estaríamos preparados para lidar com essa situação que pode se concretizar algum dia. Durante os testes, o asteroide de 500 a 850 pés (140 a 260 metros) de largura estava a caminho da Terra e iria atingir a cidade de Denver, no Colorado.

Para evitar a catástrofe, os pesquisadores tentaram desviar o asteroide com "impactos cinéticos" - lançando itens contra ele. No entanto, ao invés de desviá-lo do nosso planeta, isso colocou o objeto em "rota de colisão" com a Terra. Como resultado, a simulação revelou que um fragmento de 50 a 80 metros chegaria ao Central Park, em Nova York.


No fim da simulação, o pedaço do asteroide explodiu 1,5 km acima da cidade. Isso produziu um impacto semelhante a uma explosão de uma bomba nuclear e destruiu grande parte de Manhattan, Brooklyn, Bronx, Queens e alguns pontos da vizinha Nova Jersey.

Por isso, enquanto enfrentava a destruição completa, a cidade foi evacuada. De acordo com os cientistas, a simulação poderia escolher qualquer lugar dos Estados Unidos para ser o alvo do asteroide, mas nenhum era tão interessante quanto Nova York.

Para tranquilizar o público, os pesquisadores disseram que na vida real as chances de um asteroide atingir o "coração de Nova York" são muito pequenas. Isso se levarmos em consideração o tamanho da Terra e a quantidade de água e espaço desabitado.

Mesmo assim, a NASA ressalta que a simulação é importante para "ajudar os principais tomadores de decisão a praticar um impacto real de asteroide". Os pesquisadores também reafirmam que atualmente não há nenhum objeto conhecido com probabilidade de atingir a Terra no futuro (ufa!).


2

Comentários

NASA simula queda de asteroide e acidentalmente destrói Nova York para salvar Denver
Android

Melhores smartphones: TOP 5 do TudoCelular para você | Abril 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular