LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

CamScanner retorna a Play Store e oferece "recompensa" a usuários afetados por malware

06 de setembro de 2019 23

Atualização (06/09/19) - JB

O aplicativo CamScanner está de volta a Play Store. A novidade foi anunciada nesta sexta-feira (6) no Twitter oficial da desenvolvedora da ferramenta. Para quem não se lembra, o app foi banido pelo Google após a Kaspersky alertar sobre a presença de um malware no seu código.

Relatos de diversos usuários apontavam que o CamScanner baixava uma ferramenta maliciosa que lotava o smartphone de anúncios. Agora, os fornecedores do aplicativo afirmam que vão fiscalizar de forma mais abrangente toda a sua biblioteca de publicidade.

Além disso, em busca de se retratar com os usuários, a empresa promete uma recompensa - não especificada - para quem baixar a nova versão do app. No entanto, ainda há casos onde o CamScanner é indicado como prejudicial pela Play Store, mas isso é algo que deve mudar nas próximas horas.


Texto original (28/08/19)

Após a publicação de uma série de reclamações, o Google removeu da Play Store o aplicativo "CamScanner - Phone PDF Creator". De acordo com a empresa de segurança Kaspersky, a ferramenta estava infectada com um malware que era instalado automaticamente em smartphones.

Por isso, a companhia recomenda que todos os usuários que tenham o aplicativo instalado em seu dispositivo façam a exclusão o mais rápido possível. Isso porque os desenvolvedores implementaram uma biblioteca de publicidade que começou a instalar um trojan nos celulares das vítimas.

Assim, essa ferramenta maliciosa carregava diversos anúncios invasivos, desonestos e até fazia com que o usuário assinasse serviços sem o seu consentimento. Como resultado, a nota do aplicativo caiu na Play Store e a aba de comentários ficou lotada de reclamações:

Com mais de 100 milhões de downloads na loja do Android, o aplicativo agora não é mais listado pelo Google. No entanto, os desenvolvedores afirmaram que o problema já foi resolvido com uma nova atualização, algo que ainda não é possível verificar.

Isso porque o aplicativo precisará ser aprovado novamente para entrar na Play Store. A INTSIG - desenvolvedora chinesa do app - aparenta ser uma empresa séria e nunca teve problemas com malware, vírus e outras ferramentas maliciosas anteriormente.

Por isso, a Kaspersky afirma que a empresa pode ter cometido algum equívoco ao atualizar o banco de dados do aplicativo, uma vez que a biblioteca maliciosa já foi encontrada pré-instalada em smartphones chineses.


23

Comentários

CamScanner retorna a Play Store e oferece "recompensa" a usuários afetados por malware
Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Agosto 2019

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular