LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

TikTok pede desculpas por banir vídeo que trazia perseguição chinesa a muçulmanos

28 de novembro de 2019 0

Com um crescimento acelerado no número de usuários, o TikTok tem chamado a atenção do governo dos Estados Unidos na guerra comercial que promove contra a China. Isso porque uma investigação descobriu que o aplicativo tem algumas diretrizes que foram pensadas para banir conteúdo que não agrade a Pequim.

Agora, para piorar ainda mais a situação, o TikTok teve que pedir desculpas por banir um vídeo que mostrava a perseguição que a China promove contra muçulmanos uigures. De acordo com o usuário getmefamousplzsir, a rede social também excluiu permanentemente a sua conta.

Com a repercussão negativa do caso, a ByteDance, empresa que comanda o TikTok, se posicionou publicamente afirmando que o vídeo não violava nenhuma regra ou política da plataforma. Por isso, a empresa pediu "sinceras desculpas ao usuário".


Na sua carta, o TikTok também disse que o banimento do usuário "foi um erro humano". Mesmo assim, a companhia afirma que o fato do usuário ter duas contas vinculadas ao mesmo dispositivo pode ter ocasionado o problema.

Isso porque a conta anterior também foi banida por postar conteúdo relacionado a Osama Bin Laden, sendo que a rede social não permite que dispositivos associados a contas banidas voltem a usar seu aplicativo:

Gostaríamos de pedir desculpas ao usuário pelo erro de nossa parte nesta manhã. Além disso, estamos contatando a pessoa diretamente para informá-la de que decidimos revogar o banimento do seu dispositivo. Nossa abordagem de moderação de dispositivos associados a uma conta banida foi projetada para proteger contra a propagação de comportamentos maliciosos coordenados - e é claro que essa não era a intenção aqui. Este usuário pode acessar novamente sua conta ativa (@getmefamouspartthree) no dispositivo que estava usando anteriormente.

Com a rede social se posicionando sobre o assunto, o vídeo polêmico já voltou a ser exibido e a quantidade de visualizações passa dos 1,5 milhão. O TikTok também promete revisar suas políticas e práticas de moderação para evitar problemas semelhantes no futuro.

Tiktok

Desenvolvedor: musical.ly Inc.

Grátis- oferece compras no app

Tamanho: Variade acordo com o dispositivo


0

Comentários

TikTok pede desculpas por banir vídeo que trazia perseguição chinesa a muçulmanos
Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Fevereiro 2020

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor desempenho | Guia do TudoCelular

Android

TOP 10 smartphones de elite com melhor autonomia | Guia do TudoCelular