LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Detetive TudoCelular: descubra como evitar ter seu WhatsApp clonado com base em caso real

10 de dezembro de 2019 2

Ninguém está livre de problemas de segurança na internet. E o WhatsApp é um dos meios de preferência dos cibercriminosos fazer vítimas, como já foi abordado em outras oportunidades por este espaço.

A coluna Detetive TudoCelular desta terça-feira (10) relata um caso real de clonagem do WhatsApp ocorrido na última semana com o repórter deste site, Dante Baptista, e mostra como é possível evitar qualquer ameaça do tipo, além dos procedimentos que você deve realizar se já tiver sido vítima de uma situação semelhante.

Entenda o caso

Hacker estuda a vítima

Na última quinta-feira (5), enquanto voltava de um evento, Dante recebeu um telefonema do hacker, que se passou por assessor de uma pessoa já conhecida pelo repórter – ou seja, o criminoso havia estudado a vítima antes de aplicar o golpe.

O bandido, então, convidou o jornalista a participar de um evento de final de ano, como já é de costume no cotidiano da profissão. Contudo, ao perceber a distração da vítima naquele momento, simulou que havia mandado um código por SMS, o qual devia ser passado a ele naquele momento, para confirmar a presença. Quando, na verdade, era a ativação do WhatsApp.

“No meio da conversa, ele percebeu que eu estava distraído e prestando pouca atenção na conversa. Me pediu para ler uma mensagem que tinha enviado por SMS com um código que, segundo ele, seria a confirmação da presença no evento. Eu só li o código para ele e não reparei que era do WhatsApp.”


Dante Baptista

Segunda parte: fazer mais vítimas

Sem perceber que se tratava de uma mensagem de confirmação para acesso ao WhatsApp, Dante passou o código ao hacker. O cibercriminoso, já com acesso à conta do repórter, ativou a autenticação em duas etapas – para impedir a recuperação imediata da conta – e começou a abordar contatos do jornalista no mensageiro, a fim de fazer mais vítimas.

“Não deu nem dois minutos que percebi que tinha caído no golpe, e ele já estava falando com os meus contatos.”

O hacker havia mandado mensagens aos amigos de Dante como se fosse ele, com a mensagem de que precisava de dinheiro para realizar um pagamento, mas havia ultrapassado sua quantidade de transferências no dia. Além de mandar uma captura de tema que mostraria uma mensagem de limite excedido. O cibercriminoso pediu R$ 1.290 e conseguiu fazer outra vítima entre os contatos.


Como evitar ter o WhatsApp clonado?

Por mais que você acredite que esteja protegido, ninguém está livre de ter sua segurança digital ameaçada por hackers. Portanto, todos os cuidados devem ser tomados para evitar qualquer investida de bandidos nas suas contas.

Uma delas é ativar a verificação em duas etapas (saiba como utilizar o recurso aqui), nas configurações do app – não à toa, foi exatamente uma das primeiras ações do criminoso no exemplo acima, para evitar perder o acesso à conta da vítima. Esse recurso insere uma camada a mais de proteção e sugere o cadastro de um PIN de seis dígitos.

Desta maneira, além do código de ativação mandado para a linha por SMS, é necessário ainda inserir esse PIN – que é apenas seu – para ter acesso ao mensageiro por outro aparelho. Ele também é solicitado em outras duas situações: na próxima abertura do WhatsApp após o seu cadastro; e no primeiro acesso ao aplicativo diariamente.

Fui clonado. E agora?

Um dos primeiros passos, caso você tenha seu WhatsApp clonado, é entrar em contato com o mensageiro pelo e-mail support@whatsapp.com e informar que teve seu acesso roubado e quer a desativação da sua conta. O aplicativo irá “congelar” o acesso, mas manterá seu perfil inteiro, apesar de impedir que seus contatos mandem uma mensagem.

Na sequência, é importante ligar na sua operadora e solicitar a desabilitação temporária da sua linha de celular. Assim, o cibercriminoso não terá como entrar em mais informações pessoais suas.

É importante ainda se dirigir a uma delegacia de polícia e registrar um Boletim de Ocorrência (B.O.). Outro ponto consiste em sempre desconfiar de tudo, principalmente quando se tratar de um desconhecido, ou mesmo caso você não tenha a certeza de que a pessoa com quem fala não é um criminoso.

O jornalista Dante Baptista também fez um vídeo para contar diretamente a sua experiência e deixar uma mensagem de cuidado. Assista a seguir:

E aí, você já passou por uma situação semelhante ou conhece alguém que foi vítima de uma clonagem de WhatsApp? Relate também sua história para a gente no espaço abaixo!

Agradeço ao amigo Dante Baptista por aceitar a publicação de sua história, como forma de passar a experiência para evitar que mais vítimas sejam feitas!

ATUALIZAÇÃO 13/12/19: Nesta sexta-feira (13), Dante conseguiu recuperar sua conta no WhatsApp. Ele explicou quais são os passos para reativar a conta. O mensageiro entende que, se não foi você que habilitou a verificação em dois fatores, é possível restaurar logo após o primeiro código de confirmação.

Para isso, basta seguir este caminho, na tela "Confirmação em duas etapas" : Esqueceu o PIN? > Restaurar conta > Restaurar conta > Restaurar conta.


2

Comentários

Detetive TudoCelular: descubra como evitar ter seu WhatsApp clonado com base em caso real
  • Meu amigo foi vítima disso semana passada.. mas no caso dele não houve a ligação, no dele acredito eu q tenha sido alguém de dentro da operadora que habilitou o número dele num chip virgem e como não tava ativado a verificação de dois fatores o criminoso tomou acesso ao WhatsApp dele, o criminoso me mandou msg pelo WhatsApp do meu amigo me pedindo dinheiro mas eu não cai no golpe..
    E é preocupante, pq hj em dia o uso do telefone é um dos principais meios pra redefiniçoes das mais diversas coisas.. de redes sociais a conta no banco..

      • Minha dúvida é se o E-sim solucionaria esse problema de habilitarem seu número num chip virgem e dar golpes se passando pelos reais donos do numero

        Samsung

        Mais nada a esconder! Manual de usuário do Galaxy Watch 3 confirma todos os detalhes

        Tech

        Coronavírus: Brasil chega a 92.475 mortes em 2.662.485 casos confirmados | Relatório diário

        Android

        Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review

        Google

        Nearby Share: "AirDrop do Google" começa a chegar aos usuários Android em versão beta