LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Apple, Google, Microsoft e outras são acusadas de financiar trabalho infantil na África

16 de dezembro de 2019 4

A IRAdvocates abriu um processo nos Estados Unidos no qual acusa 14 gigantes da tecnologia de financiar o trabalho infantil na República Democrática do Congo (RDC). Na lista, foram citadas como réus: Apple, Alphabet (Google), Dell, Microsoft, Tesla e outras.

De acordo com o processo, todas as empresas citadas compram cobalto da mineradora Doe. Atualmente, o mineral é essencial para a fabricação de baterias de íons de lítio e as maiores reservas do mundo estão localizadas na RDC.

Citando evidências colhidas em algumas minas, os advogados afirmam que essas companhias de tecnologia ajudam na perpetuação do trabalho escravo e infantil na República Democrática do Congo. Isso porque a Doe tem um histórico de usar menores em suas minas, sendo que algumas crianças morreram em desabamentos recentes.


Em outros casos, muitas crianças acabam adquirindo doenças ou até mesmo ficando incapacitadas pelo resto da vida. No texto do processo, os advogados afirmam:

As crianças pequenas que exploram o cobalto para os réus estão sendo forçadas a trabalhar em empregos em tempo integral, em situações extremamente perigosas, em detrimento de sua educação e futuro. Elas também estão sendo mutiladas e mortas regularmente por colapsos de túneis e em outros riscos comuns à mineração de cobalto na RDC.

Além disso, eles acusam as companhias de negligência por não fiscalizar as minas de cobalto:

O cobalto é um componente essencial de toda bateria recarregável de íons de lítio e está presente em todos os aparelhos fabricados pelos réus, além de todas as outras empresas de tecnologia e carros elétricos do mundo. Isso provocou a última onda de exploração cruel alimentada por ganância, corrupção e indiferença a uma população de pessoas congolesas impotentes e famintas.

O processo busca que a justiça dos EUA condene as empresas a custear uma série de ações que acabem com a exploração infantil na RDC:

As empresas precisam financiar cuidados médicos adequados aos menores, arcar com despesas de educação e remediar os impactos ambientais da mineração de cobalto

Até o momento, as empresas citadas não quiseram se manifestar oficialmente sobre o assunto.


4

Comentários

Apple, Google, Microsoft e outras são acusadas de financiar trabalho infantil na África
  • ME VEIO A LEMBRANÇA DO TRISTE E REAL FILME... ( DIAMANTE DE SANGUE ). Com Leonardo Di Caprio... COISA HORROROSA DE SE VER %uD83E%uDD10%uD83E%uDD10%uD83E%uDD10%uD83D%uDE25%u D83D%uDE25%uD83D%uDE25%uD83D%uDE2D%uD83D%uDE2D%uD8 3D%uDE2D%uD83D%uDE2D.

      • Todos nós sabemos dessa verdade, mas algum de nós ou mesmo esses advogados vão deixar de comprar iPhones ou deixar de usar programas da Google ou Microsoft? Claro que não, vamos condenando as empresas mas continuando a usufruir de tudo o que eles vendem... As grandes empresas têm telhados de vidro bem como nós temos na nossa casa, cheia desses produtos...

          • Pro pessoal que fica descendo a lenha na China %uD83D%uDE0F

              • Isto não é novidade...

                  Segurança

                  CES 2022: evento será presencial e exigirá comprovante de vacinação para participantes

                  Android

                  Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

                  Android

                  Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

                  Android

                  Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular