LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus: Ministério da Saúde amplia uso da cloroquina para casos leves de COVID-19

20 de maio de 2020 36

O coronavírus tem feito cada vez mais vítimas no Brasil, segundo os números oficiais já são mais de 17.971 mortes e 271.628 infectados. Um dos medicamentos que tem surgido por mais tempo nas notícias é a hidroxicloroquina, que a partir de agora deve ser utilizada de forma diferenciada segundo um novo protocolo do Ministério da Saúde e do Governo Federal.

Isso porque o ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, assinou um novo protocolo para uso da substância em casos leves de coronavírus. A medida chama atenção porque não há comprovações de que ela seja eficaz no combate ao COVID-19. Além disso, uma pesquisa com pacientes em Manaus foi interrompida após 11 pessoas morrerem pelo uso do medicamento.

De acordo com o novo protocolo, ela poderá ser utilizada desde o primeiro dia dos sintomas de coronavírus. Veja o cronograma que será utilizado a partir de agora:


Apesar de tudo, já era esperado que essa atitude fosse tomada, afinal, Nelson Teich foi demitido por não concordar com diversas opiniões do presidente Jair Bolsonaro, dentre elas está o uso da hidroxicloroquina. O presidente se manifestou no Twitter sobre a liberação do medicamento:

O protocolo anterior era o publicado por Luiz Henrique Mandetta, ex-ministro da Saúde que deixou o cargo em 16 de abril. Nesta terça-feira, 19, Marcos Espinal, diretor do Departamento de Doenças Transmissíveis da Organização Pan-Americana da Saúde, Opas, ainda declarou que não há qualquer evidência científica de que a hidroxicloroquina seja, de fato, eficaz contra o coronavírus, dessa forma, não recomendou o uso da substância para tratamento da doença.

Ainda ontem, Jair Bolsonaro participou de uma transmissão ao vivo no Blog do Magno. Durante a live ele afirmou que tem uma "caixinha" de hidroxicloroquina guardada caso a sua mãe, de 93 anos, precise do tratamento algum dia. Além disso, ainda citou que Donald Trump está fazendo uso do medicamento de forma preventiva e por fim fez uma brincadeira:

"Quem é de direita, toma cloroquina. Quem é de esquerda, toma Tubaína."

A piada foi feita no momento em que o Brasil bateu um triste recorde: 1.179 mortes pelo coronavírus em um único dia e, como já dissemos, nosso país já alcançou a infeliz estatística de 17.971 vítimas pelo COVID-19.


36

Comentários

Coronavírus: Ministério da Saúde amplia uso da cloroquina para casos leves de COVID-19
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 24.512 mortes em 391.222 casos confirmados | Relatório diário da Covid-19

Samsung

Dividindo com a TSMC! Samsung fabricará GPUs básicas de 7 nanômetros para a Nvidia

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Maio 2020

Tech

De Peste Antonina à Covid-19: pandemias que abalaram o mundo | Detetive TudoCelular