LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Pesquisa na Alemanha consegue chegar a suposto paciente zero da Covid-19 no país

20 de maio de 2020 0

A essa altura do campeonato todo mundo já sabe que um dos maiores problemas da Covid-19, causada pelo novo coronavírus, é sua fácil disseminação, em ambientes abertos ou fechados. Por isso mesmo, além da recomendação de isolamento social, estados e municípios têm exigido o uso de máscaras de proteção quando os cidadãos saem de casa.

Um estudo na Alemanha vem para reforçar isso: pesquisadores da Universidade de Colônia, do mesmo país, teria chegado ao paciente zero da doença no país. Seria um chinês que visitou a cidade de Munique à trabalho, e provavelmente passou a doença para 16 pessoas.

Dessas, uma teria sido infectada enquanto o visitante ainda estava na fase assintomática, e outros 4 na fase dos primeiros sintomas. Os outros foram contaminados quando a doença já estava mais manifestada no portador.


Esse tipo de rastreamento ajuda autoridades a enxergarem a situação de forma mais ampla, com o mapeamento de potenciais infectados e o controle da sua mobilidade, reduzindo o número de potenciais novos casos. Porém, cientistas afirmam que isso não é suficiente para contenção global a longo prazo da Covid-19, até porque muitos países possuem uma densidade populacional colossal. Some ainda o número de portadores assintomáticos, que muitas vezes podem passar despercebidos nesse tipo de rastreamento.

A Coreia do Sul, que conseguiu reagir rapidamente à pandemia, conseguiu mais uma vez controlar o retorno descontrolado da doença ao identificar que um novo foco havia sido gerado por professores de uma rede de academias de dança. Oito profissionais foram responsáveis por iniciarem uma cadeia de infecção que resultou em 112 novos pacientes da doença. 60 foram alunos infectados diretamente pelos instrutores, 38 a partir desses alunos infectados, e o restante é de outros profissionais ou conhecidos que estiveram em contato com esses professores.

Vale lembrar, vacinas já são testadas a nível global. Algumas soam promissoras, e se forem confirmadas como solução para o combate ao novo coronavírus após testes clínicos, é bastante provável que todos os esforços se voltem para o escalonamento imediado da sua produção.

E você, está tomando todos os cuidados necessários durante essa pandemia? Conte para a gente nos comentários!


0

Comentários

Pesquisa na Alemanha consegue chegar a suposto paciente zero da Covid-19 no país
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 25.598 mortes em 411.821 casos confirmados | Relatório diário da Covid-19

Samsung

Dividindo com a TSMC! Samsung fabricará GPUs básicas de 7 nanômetros para a Nvidia

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Maio 2020

Tech

De Peste Antonina à Covid-19: pandemias que abalaram o mundo | Detetive TudoCelular