LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Oppo e vivo reduzem investimentos na Índia em meio a crise diplomática com a China

03 de julho de 2020 4

Ao que tudo indica, a disputa entre China e Índia está longe do fim. Isso porque as tensões entre Nova Déli e Pequim obrigou as fabricantes Oppo e vivo a suspender todos os seus investimentos previstos para o mercado indiano.

A situação ficou ainda mais desconfortável após autoridades indianas começarem a barrar a importação de peças essenciais para a montagem de smartphones. O caso mais grave é o da Apple, uma vez que a gigante de Cupertino teve que paralisar todas as suas fábricas no país.

De acordo com alguns analistas do mercado, o bloqueio do TikTok e de outros aplicativos chineses é só a "ponta do Iceberg". Tudo indica que a Índia agora deve começar a dificultar a vida das fabricantes chinesas em seu território.


Apesar do mercado indiano ser dominado pela Xiaomi, Oppo e vivo já são considerados dois grandes players no segmento dos smartphones. Por isso, a tensão crescente tem tornado o cenário ainda mais instável para essas empresas.

Alguns executivos foram consultados sob a condição de anonimato e todos acreditam que o melhor a fazer agora é atender a demanda reprimida pela crise do novo coronavírus (Covid-19). Os planos para construção de novas fábricas devem continuar "em espera".

A vivo vinha anunciando um investimento de 7.500 bilhões de rupias (aproximadamente 1 bilhão de dólares) para montar uma fábrica local, que é o maior investimento de qualquer OEM na região. Já a Oppo também pretendia investir 500 milhões de dólares na produção indiana. Contudo, o cenário atual deixou as empresas de "mãos atadas".

Por enquanto, o governo indiano não se manifestou sobre a retenção de peças oriundas da China. De toda forma, o país tem a intenção de penalizar empresas chinesas após a morte de 20 soldados na fronteira do Himalaia.


4

Comentários

Oppo e vivo reduzem investimentos na Índia em meio a crise diplomática com a China
Samsung

Mais nada a esconder! Manual de usuário do Galaxy Watch 3 confirma todos os detalhes

Tech

Coronavírus: Brasil chega a 92.475 mortes em 2.662.485 casos confirmados | Relatório diário

Android

Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review

Google

Nearby Share: "AirDrop do Google" começa a chegar aos usuários Android em versão beta