LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Soro criado no RJ será produzido em larga escala para combater Covid-19 em infectados

24 de agosto de 2020 2

As vacinas para imunizar a população avançam, mas uma vez infectado com a doença, não há solução eficaz que possa resolver a vida de quem está com a Covid-19 atualmente.

Isso, porém, pode mudar em breve: já relatamos aqui no TudoCelular que o Instituto Vital Brazil (IVB) em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) trabalhavam em um estudo para obter um soro potente a partir do plasma de cavalos. E os frutos dessa pesquisa estão chegando.

Os primeiros resultados mostram que o caminho é seguro para obter um soro que possui de 20 a 50 vezes mais anticorpos para o novo coronavírus que o corpo humano em fase de recuperação da doença. O IVB é vinculado à Secretaria de Estado de Saúde, e quer colocar em prática esse produto que pode evitar mortes pela Covid-19.


Inclusive, na semana passada, agentes do órgão se reuniram com a Anvisa para a definição da produção em larga escala do soro. O Instituto Vital Brazil tem capacidade para fornecer 100 mil doses anuais do produto.

A distribuição, porém, só deverá acontecer de forma nacional daqui há alguns meses. Isso porque serão necessários pelo menos 60 dias para novos testes clínicos. Porém, em parceria com alguns hospitais, pacientes já infectados com quadros graves poderão participar da testagem do soro.

A notícia é extremamente positiva para o combate ao novo coronavírus, que até então depende da prevenção da população, através de medidas de distanciamento social. Mesmo as vacinas só surtirão efeitos em quem não estiver com a infecção ativa. O soro é a primeira resposta para aqueles pacientes em quadros médios ou graves da doença.

Vale lembrar, sobre vacinas a FioCruz tem a pretensão de iniciar a fabricação da solução de Oxford em larga escala a partir de abril de 2021, se a última fase de testes apontar mais uma vez a eficácia do produto.

E você, está otimista com as novidades da ciência para o fim da pandemia? Conte para a gente nos comentários!


2

Comentários

Soro criado no RJ será produzido em larga escala para combater Covid-19 em infectados
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 140.537 mortes em 4.689.613 casos confirmados | Relatório diário

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Setembro 2020

LG

Moto G8 Plus vs LG K51S: mais câmeras fazem fotos melhores? | Comparativo

Android

Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review