LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus: falha no teste PCR pode resultar falso-positivo em pacientes curados, diz cientista

08 de setembro de 2020 2

Uma pesquisa publicada em agosto pode criar mais suspeitas sobre os resultados de um dos testes mais utilizados para diagnosticar o coronavírus: PCR. Segundo o estudo comandando por Carl Heneghan, do Centro de Medicina Baseada em Evidências da Universidade de Oxford, o teste pode resultar em falsos-positivos em alguns pacientes que já estão curados da infecção.

O método chamado de "cultura viral" visa analisar fragmentos recolhidos do Sars-Cov-2 e identificar se os exames estão detectando vírus ativos com potencial infeccioso ou também os fragmentos de vírus "morto", que não oferecem risco.

Na pesquisa é dito que:

"Há evidências de uma relação entre o tempo da coleta de uma espécime, a severidade dos sintomas e as chances de alguém ser infeccioso.”

Dessa forma, o pesquisador diz que pacientes que já tiveram infecção pelo coronavírus e se curaram poderiam ter resultado positivos via PCR, caso o teste esteja identificando vírus inativos.


Heneghan afirma que essa falha no teste PCR pode explicar como a quantidade de infectados continua subindo em locais onde as internações seguem em queda.

O cientista ainda defende que os pacientes sejam informados dessa possibilidade ao realizar um teste em laboratório ou hospital, visto que um resultado positivo implica no isolamento total do infectado, o que pode ser desnecessário no caso de um falso-positivo.

Comunidade científica pede cautela

Por outro lado cientistas defendem que tais medidas sejam ponderadas, visto que a pesquisa somente levou em consideração o comportamento do vírus em laboratório, que pode ser diferente do apresentado no organismo humano.

Sendo assim, é provável que mais testes possam ser realizados antes de confirmar realmente um caso de coronavírus ou até mesmo uma reinfecção, como já foi comprovado possível em alguns países como Hong Kong.

Por enquanto as maiores esperanças são as vacinas, uma das mais promissoras é a CoronaVac da Sinovac Biotech, que terá produção e certificação aceleradas pela Anvisa no Brasil, já que ela tem apresentado bons resultados em pesquisas.


2

Comentários

Coronavírus: falha no teste PCR pode resultar falso-positivo em pacientes curados, diz cientista
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 142.921 mortes em 4.777.522 casos confirmados | Relatório diário

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Setembro 2020

LG

Moto G8 Plus vs LG K51S: mais câmeras fazem fotos melhores? | Comparativo

Android

Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review