LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus: Universidade de Oxford anuncia retomada dos testes com a vacina

12 de setembro de 2020 0

Após paralisar os testes por alguns dias, a Universidade de Oxford anunciou neste sábado a retomada da avaliação da vacina contra o novo coronavírus (Covid-19). A pesquisa está sendo desenvolvida em parceria com a farmacêutica AstraZeneca.

Em comunicado disponibilizado à imprensa, a universidade também aproveitou a oportunidade para reforçar que a paralisação dos estudos pode acontecer a qualquer momento, mesmo que a vacina esteja na fase 3:

Globalmente, cerca de 18.000 indivíduos receberam as vacinas do estudo como parte do ensaio. Em grandes ensaios como este, espera-se que alguns participantes não se sintam bem e cada caso deve ser avaliado cuidadosamente para garantir uma avaliação cuidadosa da segurança.

Imagem: Dado Ruvic / Reuters

A universidade ainda destacou em seu comunicado que o estudo independente concluiu que a vacina é segura e que os testes podem ser retomados:

Não podemos divulgar informações médicas sobre a doença por razões de confidencialidade dos participantes. Estamos comprometidos com a segurança dos nossos participantes nos níveis mais altos da condução do estudo, e continuaremos a monitorar de perto a segurança.

A Anvisa também divulgou nota confirmando que já foi informada sobre a retomada dos testes no Reino Unido, mas comentou que ainda aguarda uma comunicação oficial da autoridade sanitária do país.

Para que a reativação do estudo clínico ocorra no Brasil, a Anvisa espera receber nos próximos dias o peticionamento da empresa AstraZeneca. Na prática, o laboratório precisa protocolar o pedido de nova anuência para que o estudo da vacina de Oxford possa ser retomado no país [...] A Anvisa reitera que está comprometida com a celeridade na análise de todos os dados. Ao mesmo tempo, trabalha para garantir a segurança dos participantes do estudo clínico no Brasil.

Por enquanto, ainda não há data para retorno dos testes no Brasil. Mesmo assim, a Anvisa ressalta que não há relatos de reações adversas em pacientes brasileiros:

No Brasil, não há relato de eventos adversos graves em voluntários. A Anvisa já está em contato com o laboratório AstraZeneca para o acesso à totalidade das informações e interlocução com outras autoridades de medicamentos no mundo.


0

Comentários

Coronavírus: Universidade de Oxford anuncia retomada dos testes com a vacina
Tech

Coronavírus: Brasil chega a 140.537 mortes em 4.689.613 casos confirmados | Relatório diário

Android

Melhor celular ou smartphone: TOP 10 para você comprar | Setembro 2020

LG

Moto G8 Plus vs LG K51S: mais câmeras fazem fotos melhores? | Comparativo

Android

Novo Tracker 2021: app e WiFi a bordo fazem diferença? | Análise / Review