LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus: vacina de Oxford apresenta até 90% de eficácia contra COVID-19

23 de novembro de 2020 2

Enquanto infectologistas de São Paulo alertam para uma segunda onda de COVID-19 no país, os esforços para disponibilizar vacinas seguem intensos. Estamos falando dessa vez da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, em parceria com o laboratório AstraZeneca, que já apresentou uma eficácia de 90% na terceira fase de testes.

Os resultados são de análises provisórias da terceira e última fase de testes que foram disponibilizados hoje. Os testes foram sendo realizados no Brasil e no Reino Unido em mais de 23 mil pessoas e apontaram que a vacina tem uma eficácia média de 70,4%. O primeiro teste apresentou 62% de eficácia ao administrar duas doses com intervalo de 30 dias, já quando a primeira dose foi reduzida pela metade esse valor subiu para 90%.

A BBC News ainda informa que dentre aqueles que receberam a vacina, apenas 30 contraíram o coronavírus, enquanto que entre os usuários do placebo, esse número saltou para 101 pessoas infectadas. Vale dizer, no entanto, que nenhum deles precisou de internação, visto que nenhum caso grave foi relatado.

A vacina de Oxford tem um percentual menor de eficácia se compararmos com a da Pfizer que tem 95% ou ainda com a chinesa Coronavac, que tem 97% de eficácia. Entretanto ela tem uma vantagem interessante: o manuseio e o transporte, visto que ela pode ser refrigerada em temperaturas normais ao contrário da desenvolvida pela Pfizer, que precisa ficar a pelo menos -70ºC de acordo com a BBC News.

Outro ponto interessante é que cientistas preveem que a utilização de meia dose na primeira aplicação da vacina permitirá que muito mais pessoas sejam imunizadas.

No momento a terceira fase de testes já foi finalizada e os resultados estão sendo processados enquanto o laboratório e a Universidade de Oxford já se preparam para submeter a vacina à aprovação regulatória, onde se tudo correr bem, o lançamento da imunização deve ser realizado nas próximas semanas.

A expectativa é que três bilhões de doses sejam fabricadas somente pelo AstraZeneca e elas sejam distribuídas em todo o mundo, além disso 100 milhões delas devem ser produzidas diretamente no Brasil pela Fiocruz.

Saiba mais


2

Comentários

Coronavírus: vacina de Oxford apresenta até 90% de eficácia contra COVID-19
Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020

Android

O melhor celular para comprar de presente no Natal 2020

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas