LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus: Reino Unido aprova uso emergencial da vacina de Oxford; imunização começa em janeiro

30 de dezembro de 2020 0

Confirmando as expectativas, a vacina de Oxford finalmente recebeu a aprovação do Reino Unido para uso emergencial. O governo aceitou a recomendação da MHRA - Medicines and Healthcare products Regulatory Agency para utilizar o imunizante, que já apresentou 100% de eficácia contra casos graves da COVID-19.

No Reino Unido, uma campanha de vacinação com o imunizante da Pfizer já está em andamento desde 8 de dezembro, o que ajudou a reduzir o número de casos após a detecção de uma nova mutação do coronavírus que é até 70% mais contagiosa.

O novo imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca certamente representa um grande passo no combate à COVID-19. Matt Hancock, Secretário de Saúde do Reino Unido comentou:

Este é um momento para celebrar a inovação britânica. Fomos responsáveis pela descoberta do primeiro tratamento a reduzir a mortalidade por Covid-19, e esta vacina estará disponível a alguns dos países mais pobres do mundo com baixo custo, ajudando a proteger um número incontável de pessoas desta doença horrível.


De acordo com Hancock, a campanha de vacinação com a vacina de Oxford será iniciada em 4 de janeiro, com doses suficientes para imunizar toda a população adulta do país.

A vacina pode ser aplicada em duas doses com intervalo de 12 dias entre elas, mas o JCVI, o Comitê Integrado para Vacinação e Imunização do Reino Unido, irá priorizar a aplicação em toda a população de risco ao invés de priorizar a distribuição da segunda dose no intervalo programado após analisar estudos onde as duas vacinas foram utilizadas em conjunto para imunizar grupos de pessoas.

Segundo o JCVI, essa estratégia permitirá que os benefícios das duas vacinas sejam potencializados para garantir uma proteção ainda mais aprimorada, reduzindo o número de vítimas do coronavírus no país. Mesmo assim, o JCVI ainda afirmou que garantirá a aplicação da segunda dose para toda a população.

Além disso, o imunizante de Oxford tem algumas vantagens em comparação com a vacina da Pfizer, como uma facilidade maior para a logística, já que ele não precisa de refrigeração específica, sendo conservado entre 8º e 2ºC enquanto que a concorrente precisa ser mantida em pelo menos -70ºC.

Outra vantagem é que a vacina de Oxford tem um custo menor por dose, que é de aproximadamente US$ 4 ou R$ 21 em conversão direta.

Saiba mais


0

Comentários

Coronavírus: Reino Unido aprova uso emergencial da vacina de Oxford; imunização começa em janeiro
Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020

Android

O melhor celular para comprar de presente no Natal 2020

Especiais

Nada de Black Fraude! Ferramenta do TudoCelular desvenda ofertas falsas