LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus: nova variante da COVID-19 pode ser 30% mais letal, diz Reino Unido

22 de janeiro de 2021 33

Uma nova variante do coronavírus descoberta no Reino Unido em dezembro de 2020 pode ser muito mais perigosa do que se imaginava. É o que afirmou Patrick Vallance, conselheiro científico do governo do Governo do Reino Unido em uma conferência com Boris Johnson. Segundo ele, suspeita-se que essa variante possa ser 30% mais letal que as demais já conhecidas.

A mutação nomeada como B117 está preocupando o Reino Unido pois, de acordo com o pronunciamento, pessoas com 60 anos ou mais são ainda mais vulneráveis.

Estatísticas do Grupo Consultivo de Ameaças de Vírus Respiratórios Novos e Emergentes do Reino Unido (Nervtag) apontam que a letalidade das mutações anteriores era de 10 a cada 1000 infectados na casa dos 60 anos e agora com o diagnóstico de B117 ela subiu para 13 a 14 mortes, representando um salto de 30 a 40% nos óbitos.


Vallence alerta que este ainda é um estudo preliminar, nas suas palavras:

Ainda há muita incerteza, há muito trabalho que precisa acontecer, e eu recomendo evitar apenas escolher o número mais alto e presumir que ele está correto. Eu não acredito nem um pouco que seja o caso.

Dessa forma, o ideal é aguardar por mais estudos futuros, mas se tivéssemos que adotar um número para essa estatística, seria de 30%, além do fator de contágio, que é entre 30% e 70% maior na B117 independente da idade do indivíduo.

Podemos ainda concluir que é preciso cuidado, afinal se essa nova variante é mais contagiosa, ela pode lotar leitos de hospitais ainda mais rapidamente, causando mais cenários como os vistos em Manaus nos últimos dias, onde diversas pessoas morreram por falta de estrutura e leitos para tratamento da COVID-19.

A única esperança comprovada até o momento seriam as vacinas, onde a desenvolvida pela Pfizer em conjunto com a BioNTech já se mostrou eficaz em combater a variante B117 do coronavírus em testes preliminares.

Saiba mais


33

Comentários

Coronavírus: nova variante da COVID-19 pode ser 30% mais letal, diz Reino Unido
  • Existe sim seu ignorante repeteco da midia.

      • Tartaro / Antonio P30 agora de volta como MinasBrasil. Conta novinha.
        Figura.

        • Incorreto. Perguntem a um intensivista de sua confiança.

            • Amigo, percebo que você é bastante seguro sobre a eficácia da terapia da Hcq, azitro, zinco e etc. Então faça o seguinte, crie uma força tarefa com pessoas que compartilham da mesma convicção e vá a uma unidade Hospitalar exclusiva pra covid e se ofereçam como voluntários, na certeza de que caso se contaminem estão seguro com o pack terapêutico.
              Atitude e Força, Lhe dou o maior apoio.

              • Para quem tiver interesse, eis as palavras vindas da fonte:
                https:/ /www.newsmax.com/t/newsmax/article/1006806/16

                • De 1% para 1,3%. Isso em.pacientes acima de 60, com comorbidades.
                  A solução inteligente seria a proteção dos vulneráveis (as pessoas com maior risco), não a destruição da sociedade.
                  Mas...isso não seria favorável aos interesses econômicos no comando.
                  Os mestres marioneteiros usam a pandemia como forma de manipular e controlar a ordem social a favor de uma redistribuição de riqueza que os favoreça, aumentando ainda mais a desigualdade econômica.

                    • "solução inteligente"... o mundo inteiro é burro ao adotar o lookdown, só o senhor Myrddral é o dotado da mais suprema inteligência %uD83D%uDE4F louvado seja. quanta sabedoria em um só "humano", minha nossa! (enfia o isolamento parcial e ineficiente no teocool!). "ancap ataca a desigualdade econômica, entenda o caso" kkkkkkkkkk tu é muito engraçado %uD83D%uDE02%uD83D%uDE02

                        • Quem já concluiu que o lockdown é uma estratégia sub-óptima é a própria OMS, e múltiplos governos que mudaram de idéia. Errar é normal, persistir no erro é ruim. Além de causar um mal pior que o vírus em si para a sociedade como um todo, ainda por cima criou condições perfeitas para sua propagação (pessoas aglomeradas em cubículo, respirando o mesmo ar). Alguns dos países (e estados americanos) com os locdowns mais rígidos tem os maiores índices de óbito por milhão, enquanto outros que não fizeram tem índices mais baixos. São dados concretos.
                          Infelizmente as estratégias tem sido sim, contraproducentes, até porque os que estão no comando não são os mais qualificados. Não precisa ser gênio para entender que ao reduzir o número de ônibus circulando haverá maior aglomeração dentro dos que restaram, nem para entender que ao restringir horários de funcionamento de estabelecimentos apenas fazemos os horários restantes ter mais pessoas. São coisas óbvias, e que devem ser questionadas. "Autoridades" não são deuses.

                        • falou muito, mas falou m&rd@. descansa, militante.

                            • "Não tenho como contestar lógica...não tenho argumentos...vou chamar de algo! Já sei, militante. Nem sei bem o que é, nem sei se milita, mas vou chamar. Isso esconde meu desconhecimento...eu acho"
                              Não, não esconde. Terei o maior prazer em debater contigo. Seus argumentos e contrapontos serão bem-vindos.
                              No aguardo.

                                • normalmente não respondo a arrogância de conspiracionistas safados, mas vamo lá.
                                  pra começar tu coloca como fonte um site de extrema direita (negacionistas?) ignorando que o TC deixou no rodapé 2 fontes: Olhar Digital e The Guardian, e o último diz "que os estudiosos CONCLUÍRAM o vírus ser de 30-90% mais letal". mas tu não leu né, porque tu só quer tumultuar, como um belo de um @rr0mb@d0 que és. se quer falar de fonte leia a matéria do The Sun (https://www.thesun.co.uk/news/politics/13821631/new-covid-19-variant-more-deadly/) que foi publicada bem antes do Newsmax. eu não debato com sujeito desonesto, obrigado pelo convite f.d.p!

                                    • Debate de alta qualidade. Argumento pouco, parto para o xingamento. Clássico.
                                      A diferença entre as fontes é que uma inclui as falas completas e não extrapola uma conclusão por conta própria. Por isso é importante ler várias fontes, com diferentes vieses.
                                      Qual seu critério para classificar um site como extrema direita? Quais as métricas objetivas para tanto? Quais as métricas para classificar um site como extrema esquerda? O The Guardian não se encaixaria?
                                      Me interessam as palavras ditas pelo primeiro-ministro Boris Johnson e pelos seus peritos, que são muito categóricos em afirmar que não há conclusão ainda sobre a possibilidade dessa variante ser mais letal. Ou não leu, ou não entendeu.
                                      A frase "there is considerable remaining uncertainty." dos peritos é bem clara.
                                      Se um jornal ou site resolveu tirar suas próprias conclusões, sendo sua fala diferente das fontes originais, não a considero de validade primordial.
                                      Seria interessante se lesse o artigo, pois isso agregaria informações à você. Se e quando o fizer e desejar comentar, será interessante.
                                      No aguardo.

                              • pessoal este aqui é o antoniop30 o tartaro que foi banido mas ja fez uma conta novinha

                                • Podem falar o que for, mas é preciso restringir mais a circulação de pessoas e continuar a vacinação. Israel tá fazendo isso e tá dando certo.

                                  Android

                                  Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

                                  Android

                                  Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

                                  Android

                                  Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

                                  Android

                                  Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020