LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Facebook negocia com Austrália e volta a permitir compartilhamento de notícias

23 de fevereiro de 2021 9

Atualização (23/02/21) - JB

Após proibir o compartilhamento de notícias e até mesmo excluir algumas páginas, o Facebook anunciou nesta semana que a medida será revertida. De acordo com a rede social, as conversas com o governo australiano foram produtivas e uma emenda será adicionada ao polêmico projeto de lei que obriga as big techs a pagarem pela divulgação de notícias.

Após mais discussões, estamos satisfeitos que o governo australiano concordou com uma série de mudanças e garantias que atendem às nossas principais preocupações

O vice-presidente de parcerias de notícias, Campbell Brown, ainda comentou um trecho que foi negociado com o governo:

Daqui para frente, o governo esclareceu que manteremos a capacidade de decidir quais notícias aparecem no Facebook. Isso serve para evitar que sejamos automaticamente sujeitos a entrar em uma negociação forçada. Chegamos a um acordo que nos permitirá apoiar os editores que escolhermos, incluindo empresas pequenas e locais.


Fontes no governo australiano afirmam que o posicionamento do Facebook pode servir de exemplo para outras gigantes de tecnologia. No entanto, a fiscalização deve continuar durante dois meses para observar quais contribuições a empresa de Mark Zuckerberg dará ao mercado local de mídia.

Apesar do Facebook ter entrado em acordo - quase que forçado - com o governo, a proibição do compartilhamento de notícias chamou a atenção de muitos países. Um exemplo disso é que o Canadá também quer aprovar uma lei semelhante a da Austrália.

Texto original (18/02/21)

Enquanto o Google continua ameaçando deixar a Austrália, o Facebook protagonizou um episódio ainda mais curioso nesta semana. Isso porque a rede social acabou bloqueando uma série de páginas no país para se adequar a uma nova lei aprovada pelo parlamento.

Redes sociais, buscadores e outros serviços de internet agora devem negociar com a imprensa australiana para compartilhar seus links. A lei busca criar uma espécie de compensação para os produtores de notícias.

No entanto, o que mais chamou a atenção na ação do Facebook é que a rede social bloqueou a página do governo australiano, de entidades de caridade e ouras ONGs. O ponto mais curioso é que o Facebook chegou a tirar do ar a sua própria página por alguns minutos.

Veja abaixo que a rede social agora restringe o compartilhamento de notícias. O aviso aparece antes mesmo da publicação no feed:


Comentando o deslize, um porta-voz do Facebook disse que o texto da lei australiana ainda é muito vago. Mesmo assim, a rede social acabou implementando uma série de restrições para se adequar a lei:

As páginas governamentais e não noticiosas não devem ser afetadas pelo anúncio de hoje. As ações que estamos tomando se concentram em restringir editores, jornais e pessoas na Austrália de compartilhar ou visualizar o conteúdo de notícias australianas e internacional. Como a lei não fornece uma orientação clara sobre a definição de conteúdo noticioso, adotamos uma definição ampla a fim de respeitar a lei. No entanto, reverteremos todas as páginas que foram afetadas inadvertidamente.

Após reconhecer o erro, o Facebook restaurou todas as páginas que tinham sido bloqueadas. No entanto, a disputa entre empresas de tecnologia e o governo australiano continua. O Google chegou a dizer no Senado que está pronto para encerrar os seus serviços de busca no país.

Faceboook

Desenvolvedor: Facebook

Grátis - oferece compras no app

Tamanho: Varia de acordo com o dispositivo


9

Comentários

Facebook negocia com Austrália e volta a permitir compartilhamento de notícias
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020