LOADING...
Faça login e
comente
Usuário ou Email
Senha
Esqueceu sua senha?
Ou
Registrar e
publicar
Você está quase pronto! Agora definir o seu nome de usuário e senha.
Usuário
Email
Senha
Senha
» Anuncie » Envie uma dica Ei, você é um redator, programador ou web designer? Estamos contratando!

Coronavírus: pesquisa diz que 75% das crianças infectadas não apresentam sintomas iniciais

08 de abril de 2021 0

Uma das formas mais eficazes de se evitar o contágio pelo coronavírus é isolar infectados, entretanto é realmente difícil identificar os primeiros sintomas da COVID-19, ainda mais agora que uma pesquisa apontou que 75% das crianças infectadas não apresentam sintomas na fase inicial da doença.

O estudo liderado por pesquisadores dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA envolveu 1000 crianças. Nele, foi apontado que 75% das crianças somente apresentaram sintomas da doença após duas a cinco semanas depois de serem infectadas pelo Sars-CoV-2. O mais grave é que muitas delas ficaram tão doentes que precisaram ser hospitalizadas devido a Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica, SIM-P.

A SIM-P pode afetar múltiplos órgãos, principalmente o coração, levando os pacientes a estágios mais graves da doença que podem resultar em óbito. Apesar disso, o estudo diz que a maioria dos casos de SIM-P se mantém na forma mais leve ou assintomática.

Por outro lado, o estudo publicado na JAMA Pediatrics ainda diz que em 90% dos casos a SIM-P envolve pelo menos 4 órgãos dos pacientes, onde 58% deles necessitaram de tratamento em UTI. Metade dos pacientes com SIM-P desenvolveram pressão baixa, 31% tiveram disfunção cardíaca e 37% desenvolveram choque cardiogênico, que causa insuficiência cardíaca e respiratória.


Outro ponto para preocupação é que os testes indicaram que pacientes que não apresentam sintomas iniciais tendem a ter maiores complicações no sistema cardíaco, dessa forma isso indica que os médicos devem ficar ainda mais atentos no momento do diagnóstico. Uma ideia interessante é apelar para uso de relógios inteligentes, que podem auxiliar no diagnóstico prévio.

De acordo com o estudo, os pacientes com maior risco de desenvolver doenças cardíacas são os menores de 15 anos, sendo que os com menor risco são os menores de 5. Menores de 10 anos tem maior chance de desenvolver pressão baixa, inflamação do músculo arterial e choque cardiogênico. Todos os pacientes avaliados não possuíam doenças ou complicações antes da doença.

Por fim, é preciso ficar atento aos sintomas, que já foram listados pelo CDC anteriormente e podem indicar uma possível infecção, além de usar máscaras, lavar bem as mãos e usar álcool em gel.


0

Comentários

Coronavírus: pesquisa diz que 75% das crianças infectadas não apresentam sintomas iniciais
Android

Celular com a melhor bateria! Ranking TudoCelular com todos os testes de autonomia

Android

Celular mais rápido! Ranking TudoCelular com gráficos de todos os testes de desempenho

Android

Cyber Monday 2020 TudoCelular: as melhores promoções em celular

Android

Encontre ofertas e compare preços com o TudoCelular | Guia Black Friday 2020